+55 41 3026.2610

Notícias Central Press

Ações buscam reduzir disparidade de gênero no setor elétrico brasileiro

Postado no dia: 24 de outubro de 2017
Ações buscam reduzir disparidade de gênero no setor elétrico brasileiro

  1. Cintia de Carvalho Toledo, coordenadora do XXIV SNPTEE(Créditos: Luciana Sálvaro)

Mulheres ocupam menos que 20% das posições em empresas de energia, conforme DIEESE

O XXIV SNPTEE (Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica), que acontece até amanhã (25), em Curitiba (PR), traz um dado que impressiona: o número de participantes e o seu respectivo percentual de mulheres. Apenas 12% dos inscritos são do sexo feminino, o que reafirma a disparidade de gênero no setor elétrico brasileiro. Segundo pesquisa do DIEESE (2004), apesar de as mulheres terem conquistado mais espaço nas empresas de energia, a sua representatividade ainda é muito baixa: menos que 20% das posições são ocupadas por elas.

A redução da desigualdade de gênero é interesse das empresas que organizam e coordenam o SNPTEE este ano. Pela primeira vez, o seminário é coordenado por uma mulher, a engenheira Cintia de Carvalho Toledo. Ela ficou à frente de organização e viu a quantidade de inscrições alcançar o maior número desde 2009.

O tema também será trabalhado no I Fórum de Mulheres do Cigré-Brasil, que acontece amanhã (25), a partir do meio dia. A iniciativa partiu do presidente do Cigré, Josias Matos de Araujo, que decidiu incentivar o compartilhamento de relatos de trajetórias femininas no setor elétrico, contribuindo para uma maior integração entre gêneros e incentivar a participação de mulheres em fóruns técnicos do setor..

Sugestão de entrevistados:

  • Flavia Pompeu Serran – Secretária Executivo do Cigré-Brasil

  • Cintia de Carvalho Toledo – Coordenadora do XXIV SNPTEE

  • Josias Matos de Araujo – Presidente do Cigré-Brasil

SERVIÇO

XXIV SNPTEE (Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica) – I Fórum de Mulheres do Cigré

Data: 25 de outubro de 2017

Horário: das 12h00 às 13h50

Local: Expo Unimed Curitiba (Rua Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5.300 – Curitiba/PR)

Programação completa do evento e mais informações: www.xxivsnptee.com.br

Assessoria de imprensa: Central Press (41) 3026-2610 / centralpress@centralpress.com.br

Sobre o Cigré-Brasil

O Comitê Nacional Brasileiro de Produção e Transmissão de Energia Elétrica Cigré-Brasil – é uma sociedade civil, sem fins lucrativos, fundada em 1971, que tem por objetivo promover o intercâmbio e desenvolvimento técnico, tecnológico, e da engenharia no Brasil, no campo da produção de energia elétrica, de sua transmissão em alta tensão e distribuição. Abrange basicamente os aspectos elétricos e eletromecânicos da geração de energia elétrica; estudos, projetos, construção, operação e manutenção de linhas de transmissão, subestações e equipamentos ou sistemas associados; planejamento eletroenergético de sistemas, isolados ou interligados e sua operação e racionalização ou conservação de energia; telecomunicações, controle e proteção em sistemas elétricos; desenvolvimentos e aplicação de materiais, equipamentos e sistemas eletro energéticos; desenvolvimento e aplicação de métodos e técnicas destinadas à análise e desenvolvimento dos sistemas elétricos de potência; e aspectos de regulação e mercado de energia, geração distribuída, meio ambiente e tecnologia de informação.

Sobre a Companhia Paranaense de Energia (Copel)

A Companhia Paranaense de Energia (Copel) é uma empresa de economia mista com 62 anos de atuação nas áreas de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica, além de telecomunicações. A Copel atua em dez Estados brasileiros, mantendo e operando um robusto parque gerador e uma rede de transmissão em franca expansão. No ramo de distribuição de energia, a empresa atende aproximadamente 4,5 milhões de consumidores residenciais, comerciais e industriais no Paraná. Convidada pelo Cigré-Brasil, a Copel está organizando, pela quarta vez, o XXIV SNPTEE em Curitiba (PR).

Todas as notícias