+55 41 3026.2610

NOTÍCIAS CENTRAL PRESS

Municípios conveniados ao Sistema de Ensino Aprende Brasil iniciam o ano letivo com nova coleção, que destaca obras de literatura nacional

O Sistema de Ensino Aprende Brasil acaba de lançar o novo material didático para a Educação Infantil, a ser utilizado a partir do ano letivo de 2020. A nova coleção, para o G1 e G2, que subsidia o trabalho de professores que atendem a faixa etária do zero aos 2 anos e 11 meses, é composta por recursos pedagógicos destinados aos docentes, bebês e família – e chama atenção, principalmente, por incluir obras literárias no conjunto. 

“A adoção do material didático na Educação Infantil é um diferencial porque a utilização não é considerada obrigatória pelo MEC e, por isso, as escolas municipais raramente têm esse material para utilizar com as crianças”, conta Damila Bonato, gerente de marketing e produto do Aprende Brasil. “Nós não abrimos mão de contemplar livros literários para enriquecer ainda mais o material e despertar o interesse pela leitura desde cedo. As histórias são contadas quase completamente por meio de ilustrações, o que dá margem para a imaginação e a criatividade, tanto do professor, quanto da família, ao trabalhar o conteúdo com os bebês”, explica. 

Os livros de literatura infantil no material de 2020 são “O Balão”, de Daniel Cabral, e “Dia de Sol na Fazenda”, de Bia Villela, para o G1; e “É muito pouco”, de Márcia Leite, e “O Encontro”, de Michele Iacocca, para o G2. Todos eles acompanham uma proposta de trabalho para o professor. 

Ter ou não material didático para o Ensino Infantil é uma escolha da escola ou do município. “A discussão deve ser muito mais sobre a qualidade do material adotado do que se deve adotar ou não”, comenta a pedagoga Aline Pinto, autora e editora dos materiais do G1 e G2 do Aprende Brasil. Segundo ela, um bom material didático, tanto para a Educação Infantil, quanto para outras etapas do ensino, é um material formativo e não só informativo. “Nesse sentido, o material pode ser bem-vindo na Educação Infantil quando ele não engessa o trabalho do professor, mas contribui para a formação dele; quando amplia repertórios e, principalmente, quando dá espaço para a interação e as brincadeiras, que são os eixos estruturantes da Educação Infantil”, diz.

No novo kit, são encontrados materiais que atendem às demandas em sala de aula, assim como o desenvolvimento psicomotor do bebê e a comunicação entre escola e família, com registro de atividades e materiais que estimulam os sentidos. Conheça a lista completa:

• uma maleta do professor;
• um livro Diálogos Formativos do professor, que é um recurso para apoiar a formação continuada do professor, com inspirações e dicas sobre o cotidiano da creche, a documentação pedagógica, entre outras informações;
• um Livro de Recadinhos, que se constitui em um recurso de comunicação entre creche e família;
• um Livro de Trajetórias, usado para documentar as brincadeiras, interações e experimentações propostas com aos pequenos;
• um Álbum do Bebê, no qual podem ser registradas algumas das importantes experimentações dos bebês, para que possam ser compartilhadas, comemoradas, preservadas e relembradas com o passar dos anos. Ele é dividido em duas partes, uma destinada aos registros que podem ser feitos pelos familiares e a outra reservada aos registros dos professores. Essas partes se unem, convidando os responsáveis para uma prática compartilhada e integrada. Em suas páginas, além de espaços para os registros, há dicas para promover o desenvolvimento de bebês felizes e saudáveis;
• um CD com músicas, narração de histórias, sons, etc.;
• dois volumes do Livro de Vivências, com dicas para organização dos espaços na creche, orientações para a troca de fraldas, banho, alimentação e sono dos bebês e crianças bem pequenas, sugestões de percursos didáticos, entre outros temas;
• um Cartaz de Chamada do professor;
• um Metro de Crescimento;

Pranchetas de Experimentação destacáveis para professor e criança, usadas de acordo com as sequências didáticas propostas no Livro de Vivências, com espaço para o registro do nome da criança e da data da produção;

um kit de materiais de diversas texturas (lixa, tecidos, plásticos-bolha, lâminas de PVC, tela, cartão metalizado, adesivos e papelão ondulado), que possibilita a descoberta de novas sensações, a vivência de novas experiências e, consequentemente, a construção de novas aprendizagens pelas crianças;

Livros de literatura infantil -“O balão” e “Dia de sol na fazenda” para o G1, e “É muito pouco” e “O encontro”, para o G2.

Sobre o Aprende Brasil

O Sistema de Ensino Aprende Brasil oferece às redes municipais de Educação uma série de recursos, entre eles: avaliações, sistema de monitoramento, ambiente virtual de aprendizagem, assessoria pedagógica e formação continuada aos professores, além de material didático integrado e diferenciado, que contribuem para o melhor aprendizado dos alunos da Educação Infantil aos anos finais do Ensino Fundamental. Atualmente, o Aprende Brasil atende 243.000 alunos em 199 municípios brasileiros. Saiba mais em http://sistemaaprendebrasil.com.br/.

Educação Infantil ganha novo material didático em 2020

Educação Infantil ganha novo material didático em 2020

Municípios conveniados ao Sistema de Ensino Aprende Brasil iniciam...
Saiba mais
Moinho de trigo paranaense conquista recertificação internacional

Moinho de trigo paranaense conquista recertificação internacional

Herança Holandesa celebra resultados da auditoria de recertificação da...
Saiba mais
Editora Positivo lança “Nas mãos de Benedita”, de Carlos Dala Stella

Editora Positivo lança “Nas mãos de Benedita”, de Carlos Dala Stella

Neste sábado, dia 7 de dezembro, a Editora Positivo...
Saiba mais
Unium completa dois anos e celebra consolidação da marca no agronegócio brasileiro

Unium completa dois anos e celebra consolidação da marca no agronegócio brasileiro

Com quase cinco mil cooperados, intercooperação integra negócios e...
Saiba mais
Opinião: Os mortos

Opinião: Os mortos

A morte virou um tabu. Logo ela, a maior...
Saiba mais
Parecido com açaí, fruto de palmeira juçara é alternativa de renda no Paraná

Parecido com açaí, fruto de palmeira juçara é alternativa de renda no Paraná

Com extração sustentável, polpa do fruto pode ser comercializada...
Saiba mais
Sicredi destaca impacto positivo do segmento no Dia Internacional das Cooperativas de Crédito

Sicredi destaca impacto positivo do segmento no Dia Internacional das Cooperativas de Crédito

Comemoração neste ano tem como tema “Serviço Local. Alcance...
Saiba mais
Marcas que integram a Unium participam do Agroleite 2019

Marcas que integram a Unium participam do Agroleite 2019

Evento tradicional segue até dia 17 de agosto em...
Saiba mais
Embaixada holandesa participa de Encontro do Agronegócio no Paraná

Embaixada holandesa participa de Encontro do Agronegócio no Paraná

Na próxima segunda-feira (12), o Salão do Memorial da...
Saiba mais
TCE revela irregularidades no Detran-PR

TCE revela irregularidades no Detran-PR

Auditoria pede suspensão de edital por direcionamento Uma espécie...
Saiba mais
Educadores levam neurociência para a sala de aula

Educadores levam neurociência para a sala de aula

Porto Alegre sedia evento nacional de Educação, no dia...
Saiba mais
“O Fantástico Mundo Marinho” atrai 65 mil pessoas em primeira semana

“O Fantástico Mundo Marinho” atrai 65 mil pessoas em primeira semana

Exposição gratuita promovida pelo Palladium Curitiba desperta a curiosidade...
Saiba mais
Dia dos Namorados movimenta shoppings curitibanos

Dia dos Namorados movimenta shoppings curitibanos

Lojistas dão dicas de presentes para agradar à pessoa...
Saiba mais
Ministério da Cidadania e Clássicos Positivo trazem Boston Philharmonic Youth Orchestra a Curitiba

Ministério da Cidadania e Clássicos Positivo trazem Boston Philharmonic Youth Orchestra a Curitiba

Com regência de Benjamin Zander, orquestra faz apresentação única...
Saiba mais
Maior e-commerce de pantufas do Brasil inaugura loja em Curitiba

Maior e-commerce de pantufas do Brasil inaugura loja em Curitiba

Primeiro ponto físico da loja Pantufas.com abre nesta sexta-feira...
Saiba mais
Domínio de outro idioma pode elevar salários

Domínio de outro idioma pode elevar salários

Apesar disso, apenas 5% da população brasileira fala uma...
Saiba mais