Notícias
Imprimir
dezembro
31
Saúde e Qualidade de Vida | SUGESTÃO DE PAUTA

Especialista alerta sobre perigo dos fogos de artifício

A queima de fogos de artifício, espetáculo tradicional nas festas de fim de ano, pode causar acidentes graves, inclusive com amputação de membros. De acordo com a Associação Brasileira de Cirurgia da Mão (ABCM), uma em cada dez pessoas que manipula esse tipo de material explosivo sofre queimaduras, mutilações, lesões nos olhos e até surdez.

Para a médica Giana Silveira Giostri, ortopedista do Hospital VITA Batel e especialista em cirurgia da mão, para diminuir os índices de acidentes nesse período do ano, é preciso alertar a população sobre os perigos da “brincadeira”. Ela explica que a imprudência e a falta de informação são os principais motivos para esta alarmante incidência.

Além disso, esses acidentes devem ser socorridos de forma correta e ágil, para evitar seqüelas. “Primeiro, é necessário que a população se previna. Mas, em caso de acidente, a pessoa deve ser encaminhada para atendimento médico”, alerta a especialista em cirurgia da mão.

Alguns cuidados para aproveitar as festas de fim de ano com segurança:

  • Não segure os fogos de artifício com as mãos;
  • Prenda o rojão em uma armação, em uma cerca ou em um muro, e não fique próximo após acendê-lo;
  • Não tente acender os fogos que falharem;
  • Dispare os fogos somente ao ar livre, um de cada vez, e veja se não há substâncias inflamáveis ou redes elétricas nas proximidades;
  • Tenha sempre um recipiente de água por perto para colocar os foguetes já usados, ou aqueles que falharam, para não haver riscos de novas explosões;
  • Nunca associe bebida alcoólica ao uso de fogos;
  • Confira sempre o certificado de garantia dos fogos;
  • E, NÃO ESQUEÇA, mesmo com o certificado acidentes acontecem, especialmente, quando os fogos são manipulados sem cuidado.

SUGESTÃO DE ENTREVISTA: Ortopedistas dos Hospitais VITA, especialistas em cirurgia da mão.

Deixe uma resposta