+55 41 3026.2610

Notícias Central Press

Estudantes catarinenses passam por avaliação de aprendizagem

Postado no dia: 6 de outubro de 2016
Estudantes catarinenses passam por avaliação de aprendizagem

  1. (Divulgação)

18 mil alunos de 20 municípios fazem avaliação de Língua Portuguesa e Matemática. Resultado apresentará oportunidades para o apoio mútuo das secretarias em prol do avanço na qualidade da educação

Os municípios da Grande Florianópolis dão a largada para a 1º meta do programa de Arranjo de Desenvolvimento da Educação (ADE). Em parceria com o Instituto Positivo e GRANFPOLIS (Associação dos Municípios da Grande Florianópolis), 20 municípios se organizaram para implantar a avaliação externa de larga escala nas disciplinas de Português e Matemática, que contemplou 18 mil alunos do 2º ao 5º ano do Ensino Fundamental. O objetivo é identificar as potencialidades e fragilidades do aprendizado para, posteriormente, desenvolver estratégias de colaboração para o avanço da educação no território.

“Esta foi a primeira avaliação de aprendizagem integrada que contribuirá para o avanço da educação do território da Grande Florianópolis. Dela, participaram 20 dos 22 municípios envolvidos no programa ADE”, afirma o líder do programa e secretário de Educação de Águas Morna, Mário Fernandes. Segundo ele, o resultado da avaliação será apresentado às secretarias de Educação em dezembro, e trará um cenário particular sobre a aprendizagem de cada município, bem como um cenário geral do território. “Os dados permitirão que os secretários de Educação e suas equipes avaliem e definam estratégias e alternativas para prestar suporte a professores e gestores escolares”, revela.

Homologado pelo MEC, e implantado em algumas regiões do país, o programa Arranjo de Desenvolvimento da Educação visa incentivar um grupo de municípios de um mesmo território a trabalhar juntos, com metas claras e planos viáveis, em benefício da educação do território. Lançado oficialmente em dezembro de 2015, em parceira com os municípios associados à GRANFPOLIS, o ADE já passou pelas fases de diagnóstico, construção do plano de ação e inicia a execução do plano de ação, com quatro metas. “A meta 1 prevê que até o final de 2017 o programa deve instituir, implementar e consolidar processo em larga escala, de “Avaliação Externa Territorial de Aprendizagem Escolar” abrangendo 100% dos municípios que compõem o Arranjo de Desenvolvimento da Educação do Instituto Positivo com a GRANFPOLIS”, esclarece o assessor de Educação da GRANFPOLIS, Antão David.

 

Sobre o ADE – O Arranjo de Desenvolvimento da Educação é um modelo de gestão homologado pelo MEC, o qual consta no Plano Nacional da Educação no artigo 7º, parágrafo 7º, conforme abaixo descrito: “Art. 7o A União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios atuarão em regime de colaboração, visando ao alcance das metas e à implementação das estratégias objeto deste Plano”. “§ 7o O fortalecimento do regime de colaboração entre os Municípios dar-se-á, inclusive, mediante a adoção de arranjos de desenvolvimento da educação.” O ADE tem proporcionado avanços significativos para a elaboração e realização de projetos que beneficiam a educação pública dos municípios participantes. Entre os benefícios do projeto, pode-se destacar a identificação dos desafios comuns no território, a troca de experiências intermunicipais, o acesso a programas e recursos públicos e privados e a efetivação de projetos conjuntos – sempre com foco na melhoria da qualidade da educação.

Sobre a GRANFPOLIS

A Associação dos Municípios da Região da Grande Florianópolis – GRANFPOLIS, foi fundada em 1969, visando promover o desenvolvimento integrado da Região. Atualmente, 22 municípios fazem parte da Associação (Águas Mornas, Alfredo Wagner, Angelina, Anitápolis, Antônio Carlos, Biguaçu, Canelinha, Florianópolis, Garopaba, Governador Celso Ramos, Leoberto Leal, Major Gercino, Nova Trento, Palhoça, Paulo Lopes, Rancho Queimado, Santo Amaro da Imperatriz, São Bonifácio, São João Batista, São José, São Pedro de Alcântara e Tijucas).

Sobre o Instituto Positivo

Alinhado à estratégia de sustentabilidade e em consonância com a principal vocação do Grupo Positivo, o Instituto Positivo tem a Educação como foco prioritário. Ele articula e promove iniciativas que contribuam para o aumento da qualidade da educação básica do país, direcionando os seus investimentos para ações sustentáveis e estruturantes. O IP atua por meio de três frentes:Fortalecimento da Gestão Municipal para a Educação, Produção e Disseminação de Conhecimento e Mobilização Social Estruturada.

Todas as notícias