+55 41 3026.2610

Notícias Central Press

Programa de voluntariado proporciona conhecimento e contato com a natureza

Postado no dia: 18 de Janeiro de 2018
Programa de voluntariado proporciona conhecimento e contato com a natureza
  1. Voluntárias participam de ações realizadas na Reserva Natural Salto Morato (Divulgação)
  2. Selecionadas aproveitam também para conhecer melhor a Reserva (Divulgação)

Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza selecionou voluntários para trabalhar na Reserva Natural Salto Morato durante o período de férias de verão

 

Início de ano é a época que algumas pessoas estão de férias e com tempo livre. Neste caso, são muitas as opções do que fazer, como viajar, assistir a filmes, ler livros, descansar ou até fazer a diferença e realizar um trabalho voluntário.

Dedicar-se ao voluntariado pode ser uma experiência enriquecedora e são muitas as instituições que precisam dos mais diversos serviços, entre elas a Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, que mantém em uma de suas Reservas Naturais um programa que recebe voluntários há 20 anos. Neste período de verão, a Reserva Natural Salto Morato, localizada no litoral paranaense, recebeu mais uma vez um grupo de voluntários, cujo trabalho agrega conhecimento para os candidatos e traz melhorias para a unidade de conservação que ganha reforço nas ações de preservação da natureza e atendimento dos visitantes.

De acordo com o administrador da Reserva, Bruno Rosa Alves, o tempo mínimo para o voluntariado é de um mês. “Nesse período, o voluntário consegue conhecer e se adaptar à rotina de trabalho  e vivência no local. Além disso, tem tempo suficiente para compartilhar ideias e vivências, contribuindo para criar novas experiências e implementar melhorias às atividades na reserva”, explica. “Embora as paisagens naturais favoreçam o trabalho, as atividades exigem bastante dedicação e disposição desses voluntários”, conta Alves.

Recentemente, Aline Bacarini, Kymberllin Stanichesqui e Francielle Monteiro tiveram a oportunidade de conhecer a área protegida pela Fundação Grupo Boticário. Dentre as voluntárias selecionadas, uma delas soube do trabalho desenvolvido pela instituição por meio da Universidade e se interessou pela ideia de ganhar conhecimento na prática. “Na faculdade aprendemos a teoria de tudo, das Unidades de Conservação, do atendimento aos turistas, etc., mas vivenciar isso tudo é muito melhor. Poder ver esse outro lado da profissão é gratificante. Estou aqui desde o dia 17 de dezembro e já me sinto parte da Reserva. Desde que cheguei já pude acompanhar pesquisadores em saídas de campo, conhecer os serviços administrativos e recepcionar os turistas. Estou adorando”, conta a estudante de Turismo e Meio Ambiente, Kymberllin.

Para quem tiver interesse em ser um voluntário na Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, basta acessar o site e conferir as oportunidades.

 

Sobre a Fundação Grupo Boticário

A Fundação Grupo Boticário é fruto da inspiração de Miguel Krigsner, fundador de O Boticário e atual presidente do Conselho de Administração do Grupo Boticário. A instituição foi criada em 1990, dois anos antes da Rio-92 ou Cúpula da Terra, evento que foi um marco para a conservação ambiental mundial. A Fundação Grupo Boticário apoia ações de conservação da natureza em todo o Brasil, totalizando mais de 1.500 iniciativas apoiadas financeiramente. Protege 11 mil hectares de Mata Atlântica e Cerrado, por meio da criação e manutenção de duas reservas naturais. Atua para que a conservação da biodiversidade seja priorizada nos negócios e nas políticas públicas, além de contribuir para que a natureza sirva de inspiração ou seja parte da solução para diversos problemas da sociedade. Também promove ações de mobilização, sensibilização e comunicação inovadoras, que aproximam a natureza do cotidiano das pessoas.

Todas as notícias