+55 41 3026.2610

NOTÍCIAS CENTRAL PRESS

  1. Terapia Hormonal pode auxiliar no tratamento dos sintomas relacionados à menopausa, como suor excessivo (ou fogachos) Créditos: Divulgação
  2. Hormônios podem ser administrados na forma de comprimidos, em gel ou ainda com adesivos Créditos: Divulgação

Queixas frequentes na época da menopausa, como ondas súbitas de calor e suor (fogachos, como são conhecidos), alterações de humor e de sono, além da diminuição no desejo sexual, podem limitar a rotina diária da mulher. A fase do climatério, quando a mulher começa a transição para um período não reprodutivo, faz com que alguns hormônios, como  o estrogênio e a progesterona, diminuam bruscamente sua produção – ocasionando alterações corporais e psicológicas. A Terapia Hormonal (TH), indicada por especialista, pode auxiliar e diminuir os efeitos que a falta do hormônio natural acarreta.

Entretanto, a reposição de hormônios não é um termo exclusivo para o período da menopausa ou andropausa. De acordo com a endocrinologista e vice-presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia – Regional Paraná (SBEM-PR), Gleyne Lopes Kujew Biagini, a reposição cabe a todas as doenças da área endocrinológica. ”A TH é a administração de medicamentos com uma ou várias ações hormonais, com a função de restabelecer o equilíbrio do funcionamento do organismo. É indicado para homens, mulheres ou crianças, sempre que uma ou mais glândulas apresentam funções em desacordo com a harmonia sistêmica. As que  possuem deficiência do hormônio do crescimento, por exemplo, ou pessoas que precisam repor a insulina no diabetes, também recebem reposição”, explica a médica.

O tratamento para mulheres no climatério consiste, na maioria das vezes, na reposição de estrogênio. Mulheres que tiveram infarto, doenças no fígado, câncer, derrame, tromboses ou mesmo as que tiveram a última menstruação há mais de sete anos, precisam de atenção especial, com avaliação multidisciplinar e acompanhamento frequente. Já nos homens, a reposição é feita com testosterona e as restrições valem para aqueles que são portadores de tumores, obesos e sedentários. “Cada caso deve ser avaliado e estudado para que seja possível encontrar a melhor solução”, sinaliza Gleyne.

Os hormônios podem ser administrados oralmente, na forma de comprimidos, em gel ou ainda com adesivos. “Especificamente no período de climatério, a melhor forma parece ser  a tópica [gel e adesivo], mas depende de uma discussão aberta com o paciente”, ressalta a médica. O tempo de uso depende da avaliação: o nível de deficiência e os benefícios da manutenção variam de paciente para paciente. Segundo a médica, não há idade ideal para começar o tratamento, mas, nas mulheres, é mais indicado é por volta dos 45 anos: “Não há comprovação científica de que a reposição hormonal após a menopausa prolongue a vida ou evite doenças. Os sintomas que levam à perda da qualidade de vida nessa época são os determinantes para o início do tratamento”. Nos homens também não há restrição de idade – o que determina o início é o diagnóstico. “Se for detectada deficiência de hormônio aos 13 anos, por exemplo, essa é a idade que deve-se  iniciar a TH”, completa Gleyne.

A determinação se há necessidade de reposição deve ser feita exclusivamente por um médico treinado na área de endocrinologia, seja um endocrinologista, urologista ou ginecologista. A avaliação do endocrinologista, entretanto, traz mais segurança ao paciente, visto que todas as glândulas do corpo serão avaliadas em conjunto. A indicação da TH, seguindo doses adequadas, com uma análise individual e do histórico familiar, traz riscos mínimos de complicações. Além da TH, a prática de exercícios físicos, acompanhada por profissionais da área, também contribuem para uma qualidade de vida melhor nesta fase.

 

Sobre a SBEM-PR

Fundada em setembro de 1957, a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia – Regional Paraná tem como objetivo promover a expansão da endocrinologia no Estado, valorizar a especialidade médica e esclarecer à população sobre as diversas doenças endócrinas e metabólicas. Com unidades em Curitiba, Cascavel, Maringá e Londrina, a instituição conta hoje com cerca de 200 sócios. Mais informações: www.sbempr.org.br.

Reposição hormonal: saiba a hora certa de começar

Reposição hormonal: saiba a hora certa de começar

Queixas frequentes na época da menopausa, como ondas súbitas...
Saiba mais
Maringá sedia simpósio sobre saúde e esporte

Maringá sedia simpósio sobre saúde e esporte

Evento de atualização em endocrinologia acontece dia 1º de...
Saiba mais
Uso de anabolizantes é problema de saúde pública

Uso de anabolizantes é problema de saúde pública

Campanha alerta sobre riscos do uso indiscriminado de substâncias...
Saiba mais
No Dia Nacional da Saúde, médicos alertam para a saúde masculina

No Dia Nacional da Saúde, médicos alertam para a saúde masculina

  Número de homens diabéticos aumentou 54% no Brasil...
Saiba mais
Médicos alertam sobre importância da vitamina D

Médicos alertam sobre importância da vitamina D

Em nível ideal, vitamina contribui na prevenção de doenças...
Saiba mais
Mitos e verdades sobre a tireoide são temas de campanha

Mitos e verdades sobre a tireoide são temas de campanha

Médicos esclarecem dúvidas da população em ação na Boca...
Saiba mais
Número de crianças e adolescentes obesos aumenta 11 vezes em 40 anos

Número de crianças e adolescentes obesos aumenta 11 vezes em 40 anos

O aumento nos índices de obesidade infantil no mundo...
Saiba mais
Mudança no diagnóstico do Diabetes pode ajudar no tratamento da doença

Mudança no diagnóstico do Diabetes pode ajudar no tratamento da doença

Prognóstico deve levar em conta idade, resistência à insulina...
Saiba mais
Alerta: mudanças nos hábitos são medidas urgentes para saúde dos brasileiros

Alerta: mudanças nos hábitos são medidas urgentes para saúde dos brasileiros

Obesidade e sedentarismo estão entre as principais causas do...
Saiba mais
Oscar acende discussão sobre gênero

Oscar acende discussão sobre gênero

Após anos de críticas sobre a “predominância branca e...
Saiba mais
Disforia de gênero é tema de simpósio médico

Disforia de gênero é tema de simpósio médico

Evento acontece neste sábado (3), em Londrina, sob organização...
Saiba mais