+55 41 3026.2610

Notícias Central Press

Tecnologia permite grandes mudanças em Curitiba, cidade mais inteligente do País

Postado no dia: 2 de setembro de 2019
Tecnologia permite grandes mudanças em Curitiba, cidade mais inteligente do País

Líder em diferentes rankings, capital paranaense conta com serviços do Instituto das Cidades Inteligentes (ICI) para desenvolver e implantar novidades, como o aplicativo Curitiba 156

  1. Curitiba é uma das 21 cidades mais inteligentes do mundo, de acordo com Intelligent Community Forum 2019 (ICF)Créditos: Divulgação

Curitiba é uma das 21 cidades mais inteligentes do mundo, de acordo com o Intelligent Community Forum 2019 (ICF), que analisa como as comunidades usam a tecnologia para construir prosperidade, solucionar problemas sociais e enriquecer a qualidade de vida. Parte desse sucesso se deve a uma estrutura que nem sempre é palpável à população, mas permite a implementação de novidades e soluções para a comunidade.

De acordo com o diretor-presidente do Instituto das Cidades Inteligentes (ICI), Fabrício Zanini, a tecnologia é imprescindível até mesmo para a viabilização de serviços públicos de maneira prática. “Cidades inteligentes devem ser criativas, sustentáveis e fazer o uso da tecnologia para apoiar as soluções, tendo como foco principal o cidadão”, analisa. Entre as novidades desenvolvidas pelo ICI, em parceria com a Prefeitura de Curitiba, destacam-se os aplicativos Curitiba 156, Saúde Já, Curitiba App e Nota Curitibana, além de uma infraestrutura tecnológica que suporta as operações exigidas tanto pelo poder público municipal quanto pelo contribuinte.

O assessor de mercado do ICI, Amilto Francisquevis, avalia a importância da tecnologia na transformação das cidades. “Hoje, a tecnologia consegue mudar os padrões, as formas de se fazer negócio e os próprios negócios em si”, explica.

Não à toa, Curitiba foi selecionada pela Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) para o Programa de Cooperação Cidades Inteligentes, recebendo financiamento a fundo perdido para aportar em projetos das áreas de governança, mobilidade inteligente, além de soluções de análise e interpretação de dados. No ano passado, a capital paranaense ultrapassou São Paulo na lista elaborada pela Connected Smart Cities e se tornou a líder entre as cidades mais inteligentes e conectadas do País.

Francisquevis entende que, ao se posicionar na vanguarda da área de tecnologia e aplicando o seu uso no dia a dia dos moradores, Curitiba ganha pontos para atrair projetos e iniciativas que sejam vantajosas à cidade e à população. “Esses prêmios da área de cidades inteligentes abrangem diversas atividades e são reflexo de um trabalho desenvolvido há anos em uma parceria entre o ICI, a prefeitura e diversas entidades. As soluções tecnológicas do município são desenvolvidas e mantidas pelo nosso Instituto, que pensa diuturnamente em inovações para melhorar a vida das pessoas que escolheram Curitiba para viver”, ressalta o assessor.

Segmento em ascensão

Um estudo da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) prevê o investimento de R$ 346bilhões em tecnologias de transformação digital no País até 2022. O sucesso das medidas adotadas por Curitiba – e por outras prefeituras – faz com que essas iniciativas sejam promissoras tanto para a iniciativa privada quanto para a pública.

“Os investimentos devem ocorrer tanto por parte das empresas quanto dos contratantes. O governo precisa propiciar ao mercado possibilidades de parcerias”, destaca o presidente do ICI. De maneira geral, os negócios firmados entre a iniciativa privada e as administrações públicas eram mais “engessados”, mas estão se tornando cada vez mais frequentes e ágeis.

O próprio ICI desenvolve projetos em parceria com outras prefeituras, como a de Osasco (SP), Londrina (PR) e Almirante Tamandaré (PR), além de estabelecer relações institucionais para cooperação técnica no desenvolvimento da administração pública, como é o caso de Vila Nova de Gaia, em Portugal. “Por ter nascido com uma visão de parceria para atender à demanda da Prefeitura de Curitiba, temos uma grande experiência em desenvolvimento de soluções para a gestão municipal. Está sendo cada vez mais frequente estruturar equipes para atender projetos em outros municípios”, finaliza Zanini.

Sobre o ICI

O ICI – Instituto das Cidades Inteligentes é uma organização criada em 1998, com atuação em todo o território nacional, referência em pesquisa, integração, desenvolvimento e implementação de soluções completas de TIC para a gestão pública. Mais informações: www.ici.curitiba.org.br.

Todas as notícias