5 assuntos que podem ser tema da redação do Enem

Entre os muitos conteúdos necessários durante a preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), é preciso reservar tempo para se debruçar também sobre a redação, que pode assegurar até mil pontos para os candidatos. Ir bem na redação é fundamental para quem pretende utilizar a nota do Enem para acessar a universidade. Por isso, além de escrever de forma clara e coesa, ter uma ideia de qual pode ser o tema cobrado pode ajudar a sair na frente dos demais candidatos.

Normalmente, o tema da redação do Enem tem alguma relação com a atualidade e/ou com situações-problema enfrentadas no país. Enquanto, em 2020, o tema foi “o estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira”, em 2021 o exame pediu que os estudantes escrevessem sobre “invisibilidade e Registro Civil”. De acordo com o professor de História e coordenador no núcleo de evolução de conteúdo do Sistema Positivo de Ensino, Norton Nicolazzi Junior, o objetivo da redação, em geral, é fazer com que os jovens reflitam sobre questões sociais brasileiras e apresentem possíveis soluções para elas. Ele aponta cinco possíveis temas para a redação do Enem em 2022. “Não se tratam de apostas, mas de temáticas muito pertinentes e relevantes, que possibilitarão o exercício de preparação dos estudantes, auxiliando na formação de repertório, que é tão importante para escrever um bom texto”, ressalta.

Sanitarismo e Saúde

Depois de dois anos de pandemia, temas relacionados à saúde das pessoas podem estar na mira dos organizadores do Enem. Afinal, em todo o país, a população foi profundamente afetada pelas consequências da covid-19 à saúde física e mental. Para Nicolazzi, aspectos como o agravamento dos casos de depressão em função da pandemia permitem uma abordagem atual e contextualizada, o que é um dos traços da redação do exame. “Além da pandemia, eu também trabalharia com os estudantes questões como a falta de acesso ao saneamento básico, o que é uma realidade ainda muito presente no Brasil”, completa.

Tecnologia

Outro tema que também pode ter relação com a pandemia é o uso de tecnologia para as aulas on-line, por exemplo. Mas, fora essa abordagem, também é possível falar de tecnologia em outros contextos. O acesso a novas tecnologias de informação e comunicação e os reflexos advindos de seu uso crescente possibilitam muitos caminhos, mas o professor destaca dois. “O primeiro é a relevância dos influenciadores digitais na sociedade e como eles afetam os padrões de consumo. O segundo é o uso das redes sociais para a disseminação de fake news.”

Ambientalismo

Quando o assunto é meio ambiente, há inúmeras possibilidades e maneiras de se escrever a respeito. Para o especialista, alguns pontos que podem ser cobrados na redação deste ano são a crise hídrica, que tem sido recorrente na sociedade brasileira, o uso de energias renováveis, a preservação ambiental e o agronegócio. Qualquer um desses pontos vai exigir que o estudante conheça o tema, se posicione a respeito dele e sugira soluções.

Educação

“O contexto pandêmico faz com que a gente ressuscite mais uma vez essa temática, porque ela possibilita assuntos como o homeschooling, a educação a distância, o ensino híbrido e a evasão escolar”, justifica Nicolazzi. Ele alerta que cada um desses subtemas pode ser problema ou solução, dependendo do ponto de vista do estudante. E essa é justamente a intenção da redação do Enem: fazer com que o candidato se posicione e defenda seu ponto de vista com argumentos sólidos.

Inclusão

Com a economia brasileira bastante abalada, discutir políticas de inclusão social ganha ainda mais relevância. “Vamos pensar o contexto que vivenciamos hoje, com a economia desgastada, polarização político-partidária, avanço de movimentos discriminatórios. É possível discutir, por exemplo, a inclusão das populações indígenas e quilombolas”, pontua. A inclusão também é uma temática em que o estudante pode aproveitar para ganhar pontos, visto que a redação do Enem exige que os candidatos respeitem os direitos humanos.

________________________

Sobre o Sistema Positivo de Ensino 

É o maior sistema voltado ao ensino particular no Brasil. Com um projeto sempre atual e inovador, ele oferece às escolas particulares diversos recursos que abrangem alunos, professores, gestores e também a família do aluno com conteúdo diferenciado. Para os estudantes, são ofertadas atividades integradas entre o livro didático e plataformas educacionais que o auxiliam na aprendizagem. Os professores recebem propostas de trabalho pedagógico focadas em diversos componentes, enquanto os gestores recebem recursos de apoio para a administração escolar, incluindo cursos e ferramentas que abordam temas voltados às áreas de pedagogia, marketing, finanças e questões jurídicas. A família participa do processo de aprendizagem do aluno recebendo conteúdo específico, que contempla revistas e webconferências voltadas à educação. 

Share:

Latest posts

Large-DSC3539-Edit-1-1
Shopping celebra Dia Mundial do Rock com programação para crianças
Instituto Positivo
Gestores da Educação do litoral paranaense recebem formação
Palladium
Palladium lança campanha de inverno com conchas exclusivas de brinde

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

Large-DSC3539-Edit-1-1
Shopping celebra Dia Mundial do Rock com programação para crianças
Palladium Curitiba promove diversas atrações musicais ao longo do dia Para comemorar o Dia Mundial...
Saiba mais >
Instituto Positivo
Gestores da Educação do litoral paranaense recebem formação
Projeto reúne coordenadores para melhorar a qualidade educacional No litoral paranaense, a Educação...
Saiba mais >
Palladium
Palladium lança campanha de inverno com conchas exclusivas de brinde
Conjunto de talheres faz parte da campanha colecionável O Palladium Curitiba celebra a chegada do inverno...
Saiba mais >
4031C-20240608-0228-2 - 1-
Zona leste de Londrina ganha novo empreendimento residencial
Sunny Downtown, da Construtora Yticon, conta com duas torres e fica ao lado do Boulevard Shopping A...
Saiba mais >