+55 41 3026.2610

Notícias Central Press

Antecipar restituição do Imposto de Renda é opção para fugir de juros altos

Postado no dia: 31 de março de 2016
Antecipar restituição do Imposto de Renda é opção para fugir de juros altos

Empréstimo substitui cheque especial e cartão de crédito, que estão entre os mais caros do mercado

O prazo para entregar a declaração de Imposto de Renda 2016 acaba no dia 29 de abril e a orientação de especialistas é não deixar para a última hora. Mais detalhada, a versão 2016 promete ser a mais trabalhosa até agora. “É prudente não deixar para última hora a declaração, pois neste ano é preciso ser mais detalhista e cauteloso com as informações”, orienta o gerente de Desenvolvimento de Crédito da Central Sicredi PR/SP/RJ, Gilson Farias.

Todo o trabalho exigido pela Receita Federal, no entanto, pode valer a pena na hora da restituição. O primeiro lote será pago no dia 15 de junho e o recebimento seguirá a ordem de entrega dos contribuintes. Ou seja, quanto antes for feita a declaração, sem erros ou omissões, antes será feita a restituição por parte do governo. Ao todo serão sete lotes mensais, de junho a dezembro, e os valores serão pagos somente se não houver inconsistências de acordo com a Receita Federal.

O valor da restituição vem em boa hora para quem está em dívida com o cartão de crédito ou cheque especial. De acordo com Jaqueline Bach, gerente de uma das agências do Sicredi em Curitiba, trocar uma dívida pela outra, nesse caso vale a pena. “O cheque especial e os cartões de crédito praticam os juros mais caros do mercado, atualmente em torno de 293,9% ao ano. Já a antecipação da restituição pode ser feita com taxas que giram em torno de 2% ao mês”, explica. Dessa forma, faz sentido quitar a pendência com a antecipação e reduzir consideravelmente o valor pago em juros.

Por ser uma instituição financeira cooperativa, o Sicredi oferece vantagens e benefícios diferenciados a seus cooperados. No caso do adiantamento da restituição de Imposto de Renda, a transação é isenta de IOF, taxa de 3% obrigatória em bancos tradicionais. “Além da isenção, nós conseguimos oferecer as taxas mais baixas do mercado para nossos associados, pois somos uma cooperativa. As taxas cobradas são revertidas para eles ao fim do ano fiscal em forma de sobras proporcionais ao capital investido”, analisa Jaqueline.

A modalidade de crédito também é uma boa opção para adquirir um bem à vista. “Como os juros sãos os mais baixos do mercado, a antecipação é uma maneira de comprar algo que teria que ser parcelado, por exemplo. Com o valor da restituição em mãos, o consumidor pode negociar um desconto para pagar à vista e sair na vantagem”, exemplifica Farias.
Sobre o Sicredi

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa com mais de 3.1 milhões de associados e 1.400 pontos de atendimentos, em 11 estados do País*. Organizado em um sistema com padrão operacional único, conta com 95 cooperativas de crédito filiadas, distribuídas em quatro Centrais Regionais, acionistas da Sicredi Participações S.A., uma Confederação, uma Fundação e um Banco Cooperativo que controla uma Corretora de Seguros, uma Administradora de Cartões e uma Administradora de Consórcios.

*Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Tocantins, Pará, Rondônia e Goiás.

Todas as notícias