Artigo: Como se tornar um CDO e conduzir a transformação digital nas organizações

[flgallery id=814 /]

Por Charles Hagler, diretor de Transformação Digital da TOTVS Consulting

A transformação digital está acontecendo em todas as esferas da sociedade e as empresas já sabem que precisam mudar para acompanhar essa transição e ingressar mais fortemente no mercado em que atuam. Um dos desafios enfrentados por elas é a definição do executivo que conduzirá esse processo. A escolha natural é o CIO, que já está ambientado com as novidades tecnológicas. No entanto, segundo o Gartner, um novo líder de TI está surgindo nas organizações, o Chief Digital Officer (CDO), e ele será o responsável por liderar essa transformação em 90% das empresas até 2019.

Um CIO pode se transformar em CDO desde que esteja preparado para superar os desafios associados à essa transição. Conheça quais são eles:
Organizar a casa e mantê-la funcionando – antes de mais nada, o CIO precisa manter a área de TI tradicional funcionando adequadamente, ou seja, cumprindo com as entregas esperadas pelo board da empresa. Apenas quando a parte tradicional da área de TI estiver operando bem e estável, o executivo terá como se dedicar aos desafios da jornada da transformação digital, que certamente exigirão muito estudo e dedicação da parte dele.
Conhecer as novas metodologias de negócio do mundo digital – os CIOs que desejarem liderar a transformação digital precisarão aprender a lidar com novas metodologias e conceitos, como Design Thinking, Scrum, DevOps, MVP, entre outras. Tais abordagens são importantes para garantir a inovação e agilidade essenciais necessárias para o mundo digital. Elas ajudam a repensar a real necessidade envolvida, colocando a experiência do cliente no centro do desenho e não apenas evoluir os processos. No entanto nem sempre elas são aplicáveis. Saber quando usar cada abordagem é fundamental. Algumas das etapas de um projeto de transformação podem exigir uma abordagem mais tradicional, enquanto outras precisam de metodologias digitais.
Saber priorizar as novas tecnologias – o mercado está repleto de novas tecnologias e fornecedores, a jornada de transformação digital de qualquer empresa contém um desafio enorme: conseguir se desvencilhar da poluição tecnológica para acertar na escolha das tecnologias do mundo digital que vão efetivamente resolver os desafios de transformação e gerar o maior impacto no negócio. É preciso estar atento a inovações tecnológicas como IoT, Big Data, mobilidade, Inteligência Artificial, e principalmente nos casos de sucesso das mesmas para saber aplica-las.
Encontrar e reter talentos do mundo digital – para realizar projetos de transformação, será necessário contar com um time apto a trabalhar com as novas ferramentas e conceitos do mundo digital. Pessoas que já estejam familiarizadas com esse novo mundo. Despertar interesse em profissionais com esse perfil é um desafio. Manter esses profissionais motivados em um ambiente corporativo tradicional é ainda mais difícil. Uma maneira de contornar esse problema é trabalhar com um conjunto de fornecedores, parceiros e startups, o que leva a um novo desafio: escolher o fornecedor mais adequado para cada caso e navegar nesse ecossistema, definindo quais projetos ou etapas fazer dentro de casa ou com um parceiro.
Ter visão do negócio – quanto melhor for o conhecimento e a proximidade da área de TI com as demandas do negócio, maior será a probabilidade dos profissionais adotarem uma postura de parceiro estratégico que ajudam a agregar valor à empresa. Em muitas organizações, os executivos que ocupam o cargo de liderança em tecnologia ainda são demasiadamente técnicos e reativos. O board precisa ter a certeza de que o profissional que liderará a transformação digital será capaz de atuar como um facilitador entre a visão de negócio e a implantação técnica, bem como envolver e conseguir navegar em diferentes áreas e com diferentes pessoas do ecossistema para orquestrar efetivamente essa transformação.
Para se manterem competitivas no mercado, as organizações precisam começar o quanto antes a jornada de transformação digital dos seus processos e seu negócio. E os CIOs que quiserem liderar essa transformação precisam se preparar para serem o protagonista da entrada de suas empresas no mundo digital.
 

Sobre a TOTVS

Provedora de soluções de negócios para empresas de todos os portes, atua com softwares de gestão, plataformas de produtividade e colaboração, hardware e consultoria, com liderança absoluta no mercado SMB na América Latina. Com mais de 50% de marketshare no Brasil, ocupa a 20ª posição de marca mais valiosa do país no ranking da Interbrand. A TOTVS está presente em 41 países com uma receita líquida de mais de R$ 2 bilhões. No Brasil, conta com 15 filiais, 52 franquias, 5 mil canais de distribuição e 10 centros de desenvolvimento. No exterior, conta com mais 7 filiais e 5 centros de desenvolvimento (Estados Unidos, México, China e Taiwan). Para mais informações, acesse o website www.totvs.com 

Share:

Latest posts

AYOSHII - SOLAIA - -Foto-Gerson-Lima-146
A.Yoshii premia imobiliárias parceiras pelo sucesso de vendas em Curitiba do novo empreendimento Solaia Garden
Foto: divulgação
Pesquisa revela impacto das redes sociais no desempenho escolar e no sono dos estudantes
Paulistão Feminino ganha em 2024 o sobrenome e apoio do Sicredi, mais longevo patrocinador da Federação Paulista de Futebol Créditos: Divulgação
Feito histórico: Paulistão Feminino ganha naming rights do Sicredi e tem premiação recorde em 2024

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

AYOSHII - SOLAIA - -Foto-Gerson-Lima-146
A.Yoshii premia imobiliárias parceiras pelo sucesso de vendas em Curitiba do novo empreendimento Solaia Garden
Imóveis de Primeira e Invictta Imóveis Especiais foram as vencedoras da noite A construtora A.Yoshii,...
Saiba mais >
Foto: divulgação
Pesquisa revela impacto das redes sociais no desempenho escolar e no sono dos estudantes
Estudo elaborado por aluno do Ensino Médio e UFPR ouviu cerca de mil alunos Uma pesquisa iniciada como...
Saiba mais >
Paulistão Feminino ganha em 2024 o sobrenome e apoio do Sicredi, mais longevo patrocinador da Federação Paulista de Futebol Créditos: Divulgação
Feito histórico: Paulistão Feminino ganha naming rights do Sicredi e tem premiação recorde em 2024
Com patrocínio da instituição financeira cooperativa, campeonato inicia em 21 de maio com onze clubes...
Saiba mais >
Sicredi
Sicredi dobra o valor arrecadado em movimento nacional para o Rio Grande do Sul e inicia nova mobilização
Instituição financeira cooperativa também atua na linha de frente de centros de distribuição de donativos,...
Saiba mais >