Artigo: Nova regra da aposentadoria

Por Lúcia Young, professora do curso de Ciências Contábeis da Universidade Positivo (UP)

A aposentadoria por idade é um benefício devido ao trabalhador, desde que comprove o mínimo de 180 meses de trabalho, bem como a idade mínima de 65 anos (homem) ou 60 anos (mulher). Já a aposentadoria por tempo de contribuição é um benefício devido ao cidadão que comprovar o tempo total de 35 anos de contribuição (homem) e 30 anos de contribuição (mulher).
A primeira informação é que essa nova forma é alternativa ao fator previdenciário e não obrigatória. Nessa forma de aposentadoria encontramos a regra 85/95 progressiva. É a forma de aposentadoria em que não há idade mínima a ser levada em consideração. Para fazer jus ao benefício, é necessário somar a idade do cidadão com o tempo de contribuição, computando o total de 95 anos (homem) e 85 anos (mulher) – até o fim de 2018.
Quanto ao tempo de contribuição, os segurados da Previdência Social precisam ter 30 anos de contribuição, no caso das mulheres, e 35 anos, no caso dos homens. Para efeito da carência, faz-se necessário ter 180 meses de contribuição. Cumprindo esses requisitos, o contribuinte terá direito de receber o benefício integral, sem ter de aplicar o fator previdenciário. Saliente-se que, no caso de utilizar o fator previdenciário, há obrigatoriedade de se levar em conta o tempo de contribuição para a previdência, a idade do segurado e, ainda, a expectativa de sobrevida do contribuinte ao se aposentar.
O fator previdenciário reduz o valor da aposentadoria para quem se aposentar precocemente. Essa regra foi estipulada pela Lei 13.183/2015, que prevê novos limites a partir de 31 de dezembro de 2018: para afastar o uso do fator previdenciário, a soma da idade e do tempo de contribuição terá de ser 86, se mulher, e 96, se homem. Caso a pessoa deseje se aposentar antes de completar a soma de pontos necessários, ela poderá fazê-lo, mas com aplicação do fator previdenciário e, portanto, potencial redução no valor do benefício.
Conclui-se que o fator de contribuição não acabou. Apenas esse novo sistema é uma forma de opção para que o fator não seja aplicado. Essa nova regra em nada altera para quem já se encontra aposentado. Muitos podem pensar em ingressar com ação de revisão da aposentadoria para migrar para o novo método, mas isso não é possível. Essas alterações estão sendo feitas no mundo todo em virtude do aumento da expectativa de vida.
Estudos mostram também que o índice de nascimentos está caindo e que a população está envelhecendo. Com isso, essa reforma é uma maneira de manter o sistema saudável. Porém, na contramão de países mais desenvolvidos como a Suíça (que tem um dos melhores sistemas de aposentaria do mundo), o Brasil quer padronizar a idade mínima para aposentadoria entre homens e mulheres.
Será que a legislação brasileira deixará de considerar que, além da diferença fisiológica, a mulher ainda sofre inúmeros preconceitos – a começar pelos valores salariais – e ainda faz jornada dupla, em casa e no trabalho? Será que a igualdade já atingiu os afazeres domésticos em todas as classes sociais? Se ainda não chegou na Suíça, quem dirá no Brasil.

Share:

Latest posts

27062022-324-
Orquestra Infantil Alegro (OIA) realiza concerto gratuito em maio
Para o gerente de Desenvolvimento de Negócios da Central Sicredi PR/SP/RJ, Gilson Farias, a interação promovida nas feiras permite desenvolver novos negócios e manter o relacionamento próximo Crédito: Leandro Carvalho/Sicredi
Agrishow 2024: Com aumento de 124% no volume de negócios, Sicredi reforça apoio ao agronegócio
Relatório sobre violências contra crianças e adolescentes traz dados coletados a partir de três bases oficiais: Sipia, Sinan e Disque 100 Créditos: Divulgação CMDI
Sete a cada dez notificações de violência sexual contra crianças e adolescentes registradas no Sinan têm a residência como cenário

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

27062022-324-
Orquestra Infantil Alegro (OIA) realiza concerto gratuito em maio
Realizado no auditório do Bloco Bege da Universidade Positivo, espetáculo tem peças de Villa-Lobos, Telemann...
Saiba mais >
Para o gerente de Desenvolvimento de Negócios da Central Sicredi PR/SP/RJ, Gilson Farias, a interação promovida nas feiras permite desenvolver novos negócios e manter o relacionamento próximo Crédito: Leandro Carvalho/Sicredi
Agrishow 2024: Com aumento de 124% no volume de negócios, Sicredi reforça apoio ao agronegócio
Patrocinadora oficial da feira, instituição financeira cooperativa registrou R$ 166,5 milhões em propostas...
Saiba mais >
Relatório sobre violências contra crianças e adolescentes traz dados coletados a partir de três bases oficiais: Sipia, Sinan e Disque 100 Créditos: Divulgação CMDI
Sete a cada dez notificações de violência sexual contra crianças e adolescentes registradas no Sinan têm a residência como cenário
Campanha Defenda-se aborda a criação de espaços seguros como estratégia de enfrentamento à violência...
Saiba mais >
Prati-Donaduzzi utiliza tecnologia de ponta e avaliações rigorosas para cumprir procedimentos de fabricação e controle de qualidade Créditos: Divulgação
Genéricos: em 25 anos, medicamentos mais baratos levaram para consumidores economia de R$ 300 bilhões
São mais de 4.300 produtos com registro na Anvisa, um crescimento de 20 vezes desde a criação da Lei...
Saiba mais >