Artigo: O desafio da liderança feminina e o caminho pela igualdade

Atualmente, as mulheres ocupam 38% dos cargos de liderança no Brasil, de acordo com pesquisa divulgada em março deste ano, realizada pela Grant Thornton. Em 2019, a mesma pesquisa apontou que o índice era de 25%. Apesar do crescimento, o número não acompanha a evolução do preparo e da qualificação profissional apresentada pelas mulheres do século 21. O fato é que temos muito a comemorar, mas ainda muitos desafios para realizarmos nosso papel com plenitude. Quando se trata de liderança feminina em espaços majoritariamente masculinos, o desafio se torna maior, já que ser liderado por uma mulher é algo novo – e assustador – para muitos homens.

Ainda dominado pelo gênero masculino, o setor da construção civil tem como desafio a gestão de pessoas, que vai do público interno ao externo, a fim de conseguir que a equipe mantenha o equilíbrio e a produção necessária com qualidade e no prazo. Se essa motivação não acontece, o impacto negativo na qualidade do produto ou serviço é certo, já que pessoas não são máquinas programadas. Para isso, precisamos estar atentas a todos ao mesmo tempo, como uma maestrina regendo uma orquestra, e perceber quando algo está errado para mudar pessoas e/ou processos e a execução mantenha-se como planejada. Sem dúvidas, nosso estilo reforça que o modelo do novo líder passou daquela figura rude e autoritária para um líder participativo que ajuda e une sua equipe.

Já ouviu falar de liderança democrática e humanizada? Pois bem, nesse sentido, a liderança feminina acaba sendo um grande diferencial, visto que temos um olhar mais focado no indivíduo e suas emoções. Por isso, por exemplo, tomamos muito mais cuidado ao darmos feedback sobre a realização de um trabalho e analisamos bem mais as situações antes de tomarmos alguma decisão importante. Contudo, ser a única mulher na gestão de uma equipe – quase que totalmente composta por homens – deixa evidente que ainda há necessidade de provar que somos capazes e que temos experiência para resolvermos as demandas. Então, ora temos que ser flexíveis, ora mais firmes que os próprios homens. Ou seja, muito jogo de cintura e resiliência.

No quesito planejamento e execução, com certeza, as mulheres se dedicam aos mínimos detalhes, apresentando dezenas de soluções e alternativas para um projeto, além de serem muito preocupadas com as normas e regras, seja da empresa ou da profissão. Diante de todos esses pontos, é sabido que, cada vez mais, temos mostrado a força e competência ao ocuparmos postos estratégicos dentro das empresas. Sendo assim, mulheres que estão começando a carreira veem como inspiração aquelas que alcançaram o patamar de liderança. Às mulheres que chegaram a cargos de alta gestão na construção civil, cabe a responsabilidade em engajar e incentivar outras mais a traçarem os mesmos caminhos. Nossa história está apenas começando.

Ivani Mariano é engenheira civil e gerente de obras da Yticon, em Londrina, construtora do Grupo A.Yoshii.

 

Sobre a Yticon Construção e Incorporação

A Yticon é uma construtora e incorporadora que atua há mais de doze anos nas cidades de Londrina, Maringá e Cambé, no Paraná, além de Presidente Prudente e Campinas, em São Paulo. A empresa do Grupo A.Yoshii desenvolve empreendimentos econômicos, localizados em regiões de potencial valorização, especialmente para quem quer conquistar o primeiro imóvel. A Yticon já construiu mais de 5,9 mil unidades, todas entregues rigorosamente no prazo, somando mais de 550 mil metros quadrados de área construída. Mais informações: www.yticon.com.br.

Sobre o Grupo A.Yoshii

Fundado há mais de 55 anos, o Grupo A.Yoshii já construiu mais de 2 milhões de metros quadrados do Sul ao Nordeste do Brasil, entre obras industriais, edifícios corporativos e residenciais, escolas, universidades, teatros e centros esportivos. É composto pela A.Yoshii Engenharia, com sólida atuação em construções de edifícios residenciais e comerciais de alto padrão em Londrina, Maringá, Curitiba e Campinas; pela Yticon Construção e Incorporação, que realiza empreendimentos econômicos, localizados em regiões de potencial valorização em municípios do Paraná; e pelo Instituto A.Yoshii, voltado para a inserção social e a democratização cultural. Além disso, atua em Obras Corporativas, atendendo grandes corporações em suas plantas industriais, nos mais variados segmentos da economia, como papel e celulose, alimentício, químico, agronegócio, energia, assim como usinas sucroalcooleiras, centros logísticos, plantas automobilísticas, entre outros. Mais informações: www.ayoshii.com.br.

Share:

Latest posts

Sicredi
Associados com cartões Sicredi têm acesso exclusivo à pré-venda da turnê PaGGodin, de Léo Santana
 Prati-Donaduzzi
Apoio e acolhimento: imigrantes e refugiados conquistam oportunidade de crescimento em empresas brasileiras
Estudo clínico realizado pela farmacêutica em parceria com a USP de Ribeirão Preto é o único em andamento no país Créditos: Prati-Donaduzzi
Canabidiol ganha mercado e chega a 4 anos de comercialização em farmácias, desde que foi lançado por farmacêutica que abriu setor no Brasil

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

Sicredi
Associados com cartões Sicredi têm acesso exclusivo à pré-venda da turnê PaGGodin, de Léo Santana
Além da compra antecipada, usuários do cartão contam com desconto especial de 20% na aquisição dos ingressos...
Saiba mais >
 Prati-Donaduzzi
Apoio e acolhimento: imigrantes e refugiados conquistam oportunidade de crescimento em empresas brasileiras
Número de trabalhadores estrangeiros no país saltou de 62 mil para 181 mil em uma década; jovem do Senegal...
Saiba mais >
Estudo clínico realizado pela farmacêutica em parceria com a USP de Ribeirão Preto é o único em andamento no país Créditos: Prati-Donaduzzi
Canabidiol ganha mercado e chega a 4 anos de comercialização em farmácias, desde que foi lançado por farmacêutica que abriu setor no Brasil
Incorporação no SUS deve ampliar acesso do medicamento à população; Prati-Donaduzzi investe em pesquisas...
Saiba mais >
Créditos: divulgação
Inscrições para Cursinho Solidário vão até o dia 25
Projeto oferece aulas gratuitas para vestibulandos As inscrições para o semiextensivo do Cursinho Solidário,...
Saiba mais >