BCTMP mais moderna no mundo entra em operação no Brasil

BCTMP, fornecida pela Valmet, integra Projeto Puma II da Klabin em Ortigueira (PR)

A mais moderna planta de polpa químiotermomecânica branqueada (BCTMP), fornecida pela Valmet, entrou em operação no Projeto Puma II da Klabin, em Ortigueira (PR). “A partida da planta representa um grande marco. Esta é a planta de HT-BCTMP mais moderna do mundo. Ela possui características como baixos custos operacionais, alta flexibilidade e confiabilidade de processos, com excelente qualidade de polpa e alto bulk para produção de papel-cartão e irá suportar a Klabin nos seus objetivos, deixando todo o time Valmet muito orgulhoso”, comenta Felippe Rosa, Gerente de Vendas de Celulose e Energia, Tecnologias de Processamento de Fibras, Valmet América do Sul.

A planta de HT-BCTMP possui um moderno sistema de pré-aquecimento de fibras utilizando altas temperaturas, de 150ºC a 180°C, o mais recente em operação pela Valmet globalmente, que possibilita flexibilidade na qualidade da polpa produzida, atendendo as propriedades requeridas pelo cliente. As altas temperaturas intensificam o amolecimento da lignina em comparação aos sistemas convencionais, de 90ºC a 150°C, permitindo que as fibras sejam separadas com maior facilidade. O resultado é uma polpa com fibras mais intactas, baixíssimo teor de impurezas, maior volume de polpa e, como a separação das fibras tem maior eficácia, um consumo total de energia reduzido.

A Valmet forneceu para essa fase do Projeto Puma II, além da planta de HT-BCTMP em operação desde junho, a nova máquina para a produção de papel-cartão revestido, a MP28, e a mais atual linha de fibras (polpa marrom), que inclui o sistema de Cozimento Contínuo G3, o segundo entregue neste cliente. Configurando, dessa forma, um completo sistema projetado para produzir uma ampla variedade de cartões com maior resistência e alta qualidade, direcionados, principalmente, aos segmentos de alimentos e bebidas e para o crescente setor de food service, com espaço previsto para produzir cartões biorrevestidos no futuro.

A nova máquina de papel-cartão revestido, MP28, inova também ao estar alinhada às premissas da indústria 4.0, utilizando tecnologia de ponta, as principais soluções de automação e de Internet Industrial da Valmet para gerenciar e analisar o sistema em tempo real.

A segunda fase do Projeto Puma II tem como objetivo produzir 460 mil toneladas ano de cartões de alta qualidade, com tecnologia de ponta voltada a alta produtividade e a utilização sustentável de recursos, ao consumir menos água, matéria-prima, energia e tinta para produzir a mesma quantidade de produto.

Informações técnicas sobre o escopo da planta de HT-BCTMP e da Linha de Fibras

A nova linha de HT-BCTMP, com capacidade de 400 ton./dia, possui um sistema de impregnação, duas etapas de refinação, a primeira em alta consistência através do refinador HC RGP-268, e a segunda, em baixa consistência através dos refinadores LC OptiFiner RF-5, três etapas de lavagem e uma de depuração com tecnologia Delta Screen. Essa linha foi projetada para oferecer alto rendimento, baixo consumo de energia e excelente qualidade de polpa, atendendo assim às demandas da nova máquina de papel.

A Linha de Fibras consiste em uma planta flexível capaz de produzir tanto celulose marrom de fibra curta de eucalipto quanto celulose marrom de fibra longa de pinus. A capacidade projetada para a celulose de eucalipto é de 1.000 ton./dia, enquanto a capacidade para celulose de pinus é de 800 ton./dia. A linha de fibras também inclui novo sistema de cozimento contínuo G3, equipado com a tecnologia ImpBin para vaporização e impregnação dos cavacos de madeira. Esse sistema de dois vasos oferece excelente qualidade de polpa, com baixíssimo teor de rejeitos. Operando em conjunto, há o sistema de refinação de média consistência que contém os refinadores in-line EVO-46, na descarga do digestor, e os refinadores RGP-262, na posição de deshivers. Além disso, há refinadores cônicos de baixa consistência Conflo para refino de rejeitos. Adicionalmente, a etapa de lavagem utiliza a tecnologia de prensas Valmet TwinRoll TRPE, que oferece fácil manutenção, alta eficiência de lavagem, baixo consumo de energia e alta disponibilidade.

O sistema de cozimento G3, a Linha de Fibras, e a planta de BCTMP também estão equipados com Valmet Training Simulators para aumentar a eficiência e minimizar riscos nas operações. Somado a isso, aproximadamente 2.400 válvulas das marcas Neles, Jamesbury e Neles Easyflow, que fazem parte da oferta da Valmet, foram entregues ao projeto e garantirão a confiabilidade da nova linha.

Sobre a Valmet

A Valmet é uma desenvolvedora e fornecedora líder global de tecnologias de processo, automação e serviços para as indústrias de celulose, papel e energia. Com soluções de automação, válvulas e controladores de fluxo, a Valmet atende uma base ainda mais ampla de indústrias de processo, visando ser campeã global no atendimento dos seus clientes. Com mais de 17 mil profissionais, a Valmet conta com mais de 220 anos de história industrial e tem como missão converter recursos renováveis em resultados sustentáveis. Em 2022, a empresa Neles Corporation foi incorporada pela Valmet. A Valmet América do Sul opera com unidades em Araucária (PR), Sorocaba (SP), Belo Horizonte (MG), Imperatriz (MA) e Concepción, Antofagasta e Santiago, no Chile. Mais informações: www.valmet.com.br.

Sobre a Klabin 

Maior produtora e exportadora de papéis para embalagens e de soluções sustentáveis em embalagens de papel do Brasil, a Klabin desponta como empresa inovadora, única do País a oferecer ao mercado uma solução em celuloses de fibra curta, fibra longa e fluff, além de ser líder nos mercados de embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e papel-cartão. Fundada em 1899, possui 22 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina, responsáveis por uma capacidade produtiva anual de 4,7 milhões de toneladas de celulose de mercado e papéis.

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da B3, e em 2020 passou a integrar o Índice Dow Jones de Sustentabilidade, com participação na carteira Índice Mundial. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.    

Share:

Latest posts

Luara Mandelli é um exemplo de atleta que tem conseguido participar de campeonatos graças aos seus patrocínios, como o da ClearCorrect Créditos: Lorenzo Bazo
Patrocínios impulsionam sonhos olímpicos
Parintins (1)
Do sertanejo à comédia, Teatro Positivo divulga programação de março
3670c-20210320-0112 (1)
Iluminação de interiores: conforto visual e sofisticação em cada detalhe

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

Luara Mandelli é um exemplo de atleta que tem conseguido participar de campeonatos graças aos seus patrocínios, como o da ClearCorrect Créditos: Lorenzo Bazo
Patrocínios impulsionam sonhos olímpicos
Mesmo com muita garra e persistência, apoio de empresas é fator determinante para diversos atletas brasileiros É...
Saiba mais >
Parintins (1)
Do sertanejo à comédia, Teatro Positivo divulga programação de março
Além dos shows e peças teatrais, Teatro recebe espetáculos do tradicional Festival de Curitiba espetáculos...
Saiba mais >
3670c-20210320-0112 (1)
Iluminação de interiores: conforto visual e sofisticação em cada detalhe
Arquiteta da A.Yoshii dá dicas sobre o uso da iluminação para transformar ambientes e criar verdadeiras...
Saiba mais >
©2021 Ebraim Martini
Em busca de um carro por assinatura? Confira dicas para não errar na escolha do plano
Com opções contratuais de 12, 18 e 24 meses e franquias de 500 a 2 mil quilômetros por mês, especialista...
Saiba mais >