Carnaval 2023: Barroca Zona Sul fala sobre povo originário do Pantanal

Se a narrativa de que quem descobriu o Brasil foi Pedro Álvares Cabral, em 1500, é questionada há bastante tempo por historiadores, o motivo é dos mais fortes. Antes da chegada dos portugueses, já havia, por estas terras, civilizações inteiras, completas e complexas. Uma delas, os Guaicurus, é o tema do samba-enredo da paulista Barroca Zona Sul no Carnaval deste ano.

Menos famosos que outros povos originários, os Guaicurus viveram em regiões compreendidas entre Goiás, Mato Grosso e o Paraguai até o início do século XIX. Valentes, ficaram conhecidos por serem hábeis cavaleiros e por seus muitos embates com os portugueses e espanhóis pelo direito à terra que habitavam. Para a supervisora editorial da Conquista Solução Educacional, Sue Ellen Halmenschlager, trazer esses povos para a avenida é uma forma de reconhecer sua importância para a formação da sociedade brasileira como é conhecida hoje. “Muitas dessas culturas foram historicamente marginalizadas e excluídas em detrimento das culturas europeias e norte-americanas”, lembra.

A educadora explica que as matrizes indígenas são um patrimônio cultural brasileiro e, por isso, celebrá-las em suas diferentes características é reiterar a relevância dessas raízes para o Brasil. “As culturas dos povos originários são de uma riqueza e diversidade imensas. São muitos os exemplos de literatura, arte, jogos, brincadeiras, formas de viver e de pensar sobre o mundo e a existência humana com que eles nos presenteiam”, destaca. Essa mistura entre duas vertentes culturais tão significativas – a dos guaicurus e a do samba – será um dos destaques do desfile da Barroca Zona Sul.

Depois de três carnavais abordando temáticas afro, a Barroca chega a 2023 com uma proposta diferente. De acordo com texto divulgado pela escola, “os Guaicurus vieram dos índios Mbayás, sobreviventes da região do Chaco e de origem Inca. O povo Mbayá-Guaicuru se formou na região do Chaco pantaneiro durante as invasões do velho mundo para conquistar as terras Incas e, futuramente, as terras do Pantanal. Os Guaicurus defenderam a região de invasores espanhóis e portugueses e se tornaram exímios cavaleiros, derrotando todos aqueles que ousassem dominar suas terras”.

_____________________________________________

Sobre a Conquista Solução Educacional

A Conquista é uma solução educacional que oferece aos alunos da Educação Infantil, do Ensino Fundamental e do Ensino Médio uma proposta de educação que tem quatro pilares: a educação financeira, o empreendedorismo, a família e a educação socioemocional. Com diversos recursos, material didático completo e livros de Empreendedorismo e Educação Financeira, o objetivo da solução é ajudar, de forma consistente, os alunos no processo de aprendizagem e estimular o desenvolvimento de suas capacidades. Atualmente, mais de 2 mil escolas de todo o Brasil utilizam a solução. 

Share:

Latest posts

Large-DSC3539-Edit-1-1
Shopping celebra Dia Mundial do Rock com programação para crianças
Instituto Positivo
Gestores da Educação do litoral paranaense recebem formação
Palladium
Palladium lança campanha de inverno com conchas exclusivas de brinde

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

Large-DSC3539-Edit-1-1
Shopping celebra Dia Mundial do Rock com programação para crianças
Palladium Curitiba promove diversas atrações musicais ao longo do dia Para comemorar o Dia Mundial...
Saiba mais >
Instituto Positivo
Gestores da Educação do litoral paranaense recebem formação
Projeto reúne coordenadores para melhorar a qualidade educacional No litoral paranaense, a Educação...
Saiba mais >
Palladium
Palladium lança campanha de inverno com conchas exclusivas de brinde
Conjunto de talheres faz parte da campanha colecionável O Palladium Curitiba celebra a chegada do inverno...
Saiba mais >
4031C-20240608-0228-2 - 1-
Zona leste de Londrina ganha novo empreendimento residencial
Sunny Downtown, da Construtora Yticon, conta com duas torres e fica ao lado do Boulevard Shopping A...
Saiba mais >