Centenário do Athletico vira projeto com entrevistas disponíveis para reprodução

“CAP 100: Do Bairro à América” traz a história do time, dividida em dez décadas, em áudio e vídeo

Uma paixão que começou aos cinco anos de idade, ganhou forma ao longo do tempo e levou a estudante Kelly Finger a produzir um material especial sobre o centenário do Club Athletico Paranaense. O site CAP 100: Do Bairro à América, que faz parte de um trabalho de conclusão de curso (TCC) de Jornalismo da Universidade Positivo (UP), fica disponível a partir desta segunda-feira (25), véspera do aniversário do clube.

O site é resultado de um levantamento dos dados históricos e de entrevistas com personagens relevantes na trajetória do time. O material reúne depoimentos de Alfredo Gottardi Júnior, filho do goleiro Caju, Claro Américo Guimarães, neto de Joaquim Américo – ex-presidente do Internacional, um dos times que deram origem ao Athletico -, Lenita e Flávia Sicupira, respectivamente viúva e filha do ídolo do time, o jogador Pablo, os ex-jogadores Cocito e Diego Costa e o torcedor Garga, que pegou a luva do goleiro na final da Libertadores de 2005.

Também deram entrevistas o historiador Paulo Osni, o ex-governador Orlando Pessuti, o jornalista Sandro Moser, os torcedores Renato Cajueiro e Matheus Fugie, o diretor da Rede Furacão, Sérgio Tavares e outros nomes relevantes para a história do time. O site é composto por uma linha do tempo, dez vídeos e dez episódios de podcast, um para cada década do clube. São mais de 120 minutos de material em áudio, vídeo e imagem, que inclui fotos e capas de jornal de datas importantes.

Gaúcha de Itaqui (RS), com a família repleta de gremistas e colorados, Kelly precisou argumentar muito para conseguir torcer para o rubro-negro. Ela morou durante a infância em Curitiba, quando o interesse surgiu, e retornou à cidade na adolescência, para cursar Jornalismo na Universidade Positivo. Àquela altura, já tinha certeza de que queria produzir conteúdo sobre o Athletico. O trabalho foi feito em parceria com a colega Carol Portes, que não tinha nenhum contato com o esporte ou o time, mas foi convencida a participar da iniciativa.

Um dos objetivos do trabalho, além de servir de base para torcedores do time, foi subsidiar a imprensa com material sobre o clube para o centenário. Assim, as entrevistas em áudio e vídeo e as demais informações apuradas estão disponíveis para a reprodução por veículos jornalísticos, com os devidos créditos para o projeto CAP100. Kelly é também influenciadora digital, com 42 mil seguidores no TikTok, com conteúdos sobre o Athletico (https://www.tiktok.com/@llycwb).

Share:

Latest posts

volta2
Projeto da rede pública de Mariópolis vence concurso nacional de Educação
Aposentada Anete Langaro retomou atividades dias após realizar artroplastia total de joelho Créditos: Arquivo pessoal
Técnicas avançadas favorecem cirurgias menos invasivas em idosos
Tatielle Alyne, atleta de futebol feminino de 19 anos, tem difícil missão de lidar com uma lesão enquanto corre atrás de seus sonhos no esporte Créditos: Arquivo pessoal
Mulheres enfrentam maior risco de lesões em joelhos na prática de esporte

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

volta2
Projeto da rede pública de Mariópolis vence concurso nacional de Educação
Trabalho sobre diferentes culturas foi feito com turma da Educação Infantil O projeto “Vamos dar a...
Saiba mais >
Aposentada Anete Langaro retomou atividades dias após realizar artroplastia total de joelho Créditos: Arquivo pessoal
Técnicas avançadas favorecem cirurgias menos invasivas em idosos
Hospitais registram crescimento superior a 40% em procedimentos para pacientes acima de 70 anos; avanços...
Saiba mais >
Tatielle Alyne, atleta de futebol feminino de 19 anos, tem difícil missão de lidar com uma lesão enquanto corre atrás de seus sonhos no esporte Créditos: Arquivo pessoal
Mulheres enfrentam maior risco de lesões em joelhos na prática de esporte
Estudos indicam que chance é até oito vezes maior entre as jogadoras e o futebol é campeão nesse tipo...
Saiba mais >
Espaços para prática da fé em hospitais são demonstração de respeito às necessidades de pacientes e familiares Créditos: Divulgação
Espaços para prática da fé e espiritualidade são aliados no tratamento e internações médicas
Acolhimento se estende a pacientes, familiares e profissionais da saúde, com iniciativas perto de centros...
Saiba mais >