Dia Mundial do Meio Ambiente: Curitiba abriga um dos campi mais sustentáveis do mundo

Saiba quais as práticas adotadas no dia a dia da Universidade Positivo

A poucos quilômetros do maior parque de Curitiba, o Barigui, uma outra área verde se destaca em meio a um dos bairros que mais crescem na capital, o Ecoville. O campus da Universidade Positivo (UP), com fragmentos florestais, aves e um lago repleto de peixes é um convite a relaxar e admirar a natureza entre uma aula e outra, mas está longe de ser o único fator que leva esse campus a ser um verdadeiro parque a céu aberto. Ao longo de seus 25 anos, a universidade vem investindo em sustentabilidade como um dos pilares de funcionamento da instituição – o que levou o campus sede da UP a ser reconhecido com o título de um dos 100 mais sustentáveis do mundo, de acordo com o ranking de sustentabilidade da UI GreenMetric de 2019, criado pela Universidade da Indonésia. O GreenMetric é o primeiro e, atualmente, único ranking no mundo a mensurar a questão ambiental em ambientes universitários. 

Com 428 mil m², o campus do Ecoville é um microcosmos de experimentos sustentáveis que poderiam ser implementados em cidades de todo o mundo. E, em muitos casos, as ideias vieram justamente da observação de soluções de grandes centros urbanos. O objetivo final é reduzir o impacto ambiental que as atividades da universidade poderiam representar. As iniciativas passam pela destinação correta de resíduos, utilização consciente da água e consumo controlado de energia. “A sustentabilidade não pode ser um conceito fechado, ela precisa ser um exercício. Precisamos pensar todo o tempo em novas formas de minimizar os prejuízos para o meio ambiente e a sociedade”, afirma a gerente Administrativa da Universidade Positivo, Eunice Alcantara. 

Ela explica que, atualmente, há uma série de projetos em execução, além de características intrínsecas ao campus, que têm contribuído com esse objetivo. O mesmo lago que chama a atenção de visitantes por sua beleza cênica tem, também, uma grande finalidade prática por servir de uma bacia de contenção de água da chuva. Isto significa que ele ajuda a evitar que o excesso de água das chuvas cause enchentes nas comunidades vizinhas ao campus. Além disso, a água do lago também contribui na irrigação do campo de futebol de que os alunos dispõem, no reuso de água para parte dos vasos sanitários espalhados pela instituição e até mesmo no funcionamento da bomba de troca de calor necessária para manter o aquecimento das piscinas da academia UPX Sports. 

Em termos do bom uso de recursos naturais, o consumo de energia elétrica também é observado pelo Sistema de Gestão Ambiental do campus. A instalação de uma usina fotovoltaica no próprio campus permitiu que várias das construções existentes passassem a utilizar energia solar em seu funcionamento, o que também trouxe economia financeira. Por fim, a UP realiza a coleta seletiva de resíduos e todo o lixo gerado por estudantes, professores, funcionários e lanchonetes ali localizadas é recolhido com carrinhos elétricos e, posteriormente, repassado a empresas parceiras, que dão a destinação final correta a cada um deles. Somente em 2022, a média mensal gerenciada pelo campus foi de 363,78 toneladas. 

Educação e sustentabilidade 

O próprio campus serve como um grande laboratório para que vários cursos, tanto em nível de graduação quanto em nível de mestrado e doutorado, possam implantar os conceitos aprendidos. O Programa de Mestrado e Doutorado em Gestão Ambiental, bem como o curso de Arquitetura e Urbanismo, por exemplo, têm se envolvido ativamente na otimização de fluxos de energia e resíduos, ou mesmo no desenvolvimento de outras soluções inovadoras para os espaços da universidade. Estas e outras ações realizadas pelos cursos da UP alinham-se ao plano de desenvolvimento institucional (PDI), que tem como compromisso-chave a educação para o desenvolvimento sustentável, alinhada aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU). 

De acordo com a coordenadora do curso de Arquitetura e Urbanismo, Fernanda Bertoli Stival, essa é uma maneira de aplicar, na prática, ideias com as quais, de outra forma, os estudantes teriam contato apenas na teoria. “Estimulamos todas as turmas a buscar boas práticas em cidades ao redor de todo o mundo e adaptar essas práticas à realidade de Curitiba e da própria universidade. Para nós, é muito importante valorizar as soluções que nascem aqui dentro mesmo, afinal, o ensino e a sociedade não podem estar dissociados”, finaliza. 

Sobre a Universidade Positivo

A Universidade Positivo é referência em Ensino Superior entre as IES do Estado do Paraná e é uma marca de reconhecimento nacional. Com salas de aula modernas, laboratórios com tecnologia de ponta e mais de 400 mil metros quadrados de área verde no campus sede, a Universidade Positivo é reconhecida pela experiência educacional de mais de três décadas. A Instituição conta com três unidades em Curitiba (PR) e uma em Londrina (PR), e mais de 70 polos de EAD no Brasil. Atualmente, oferece mais de 60 cursos de graduação, centenas de programas de especialização e MBA, cinco programas de mestrado e doutorado, além de cursos de educação continuada, programas de extensão e parcerias internacionais para intercâmbios, cursos e visitas. Além disso, tem sete clínicas de atendimento gratuito à comunidade, que totalizam cerca de 3.500 metros quadrados. Em 2019, a Universidade Positivo foi classificada entre as 100 instituições mais bem colocadas no ranking mundial de sustentabilidade da UI GreenMetric. Desde março de 2020 integra o Grupo Cruzeiro do Sul Educacional. Mais informações em up.edu.br/

Share:

Latest posts

_- 65 - 2-
Arte da sustentabilidade: exposição gratuita apresenta itens decorativos inovadores feitos com resíduos da construção civil
diadecampo-2024 (1)
Ford Slaviero participa da 19.ª edição do Dia de Campo 2024 da Cooperativa Bom Jesus
Programa de estágio do Grupo Marista contempla áreas como medicina, enfermagem, farmácia, administração, gestão de pessoas, marketing, entre outras Créditos: Divulgação
Estágio dentro de hospitais-escola transforma olhar de estudantes de várias áreas

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

_- 65 - 2-
Arte da sustentabilidade: exposição gratuita apresenta itens decorativos inovadores feitos com resíduos da construção civil
Até 1.º de março, Instituto A.Yoshii destaca mais de 40 obras únicas criados nos projetos Obra&Arte...
Saiba mais >
diadecampo-2024 (1)
Ford Slaviero participa da 19.ª edição do Dia de Campo 2024 da Cooperativa Bom Jesus
Realizado na Lapa (PR), evento destaca inovações em tecnologia para produção agrícola e pecuária Marcada...
Saiba mais >
Programa de estágio do Grupo Marista contempla áreas como medicina, enfermagem, farmácia, administração, gestão de pessoas, marketing, entre outras Créditos: Divulgação
Estágio dentro de hospitais-escola transforma olhar de estudantes de várias áreas
Experiência aproxima academia e assistência, unindo formação, atendimento à população e pesquisa Com...
Saiba mais >
Inscrições abertas para programa de estágio em hospitais
Até o dia 8 de março, os hospitais São Marcelino Champagnat e Universitário Cajuru estão com inscrições...
Saiba mais >