Edital apoia projetos ambientais e de inovação no Paraná

Até 31 de agosto, o 8º Edital Biodiversidade do Paraná, das fundações Grupo Boticário e Araucária, recebe inscrições de propostas para conservar a natureza paranaense. Ao todo, serão destinados R$ 600 mil

[flgallery id=2357 /]

Pesquisadores com trabalhos voltados à conservação da natureza em território paranaense podem receber apoio financeiro para as suas iniciativas a partir do 8º Edital Biodiversidade do Paraná, uma iniciativa da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza em parceria com a Fundação Araucária. As inscrições estão abertas nos sites das fundações até o dia 31 de agosto. Os projetos selecionados terão, somados, o apoio de cerca de R$ 600 mil.
As iniciativas devem estar contemplar ao menos uma das áreas abaixo:
Unidades de conservação de proteção integral e Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs):propostas que contemplem a criação ou a ampliação de unidades de conservação em áreas continentais ou marinhas. Serão priorizados projetos que se tornem referência em gestão, uso público, pesquisa e que tragam benefícios para as comunidades do entorno.
Espécies ameaçadas: iniciativas que promovam a conservação de espécies nativas ameaçadas e que tenham impacto positivo em seu status de ameaça.
Ambientes marinhos: projetos que façam conexões entre diferentes atores-chave envolvidos em áreas marinhas protegidas, proteção de espécies ameaçadas e fortalecimento de instrumentos de proteção da biodiversidade marinha diante de pressões como sobrepesca, turismo predatório e exploração inadequada de recursos naturais.
Inovações e novas tecnologias para a conservação da natureza: serão selecionadas iniciativas que proponham novas formas de monitoramento da biodiversidade e o desenvolvimento de dispositivos que contribuam para a conservação de espécies e ecossistemas.
Segundo o coordenador de Ciência e Conservação da Fundação Grupo Boticário, Robson Capretz, um dos desafios do edital é encontrar projetos que aliem a conservação ao desenvolvimento econômico do estado. “Os principais remanescentes de Floresta com Araucária estão localizados no Paraná. Precisamos identificar esses trechos e preservá-los, assim como vem sendo feito com a Mata Atlântica, na Serra do Mar e no Litoral do estado. O ponto mais desafiador do nosso edital é conciliarmos o desenvolvimento econômico da região e a manutenção do patrimônio natural paranaense, o que é plenamente possível”, destaca.
Dúvidas sobre o edital podem ser encaminhadas por e-mail para edital@fundacaogrupoboticario.org.br.
Projetos já apoiados
Em 8 anos, o edital das fundações Grupo Boticário e Araucária, 52 projetos foram apoiados. Um deles, executado pela Mater Natura e pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), identificou ao menos 15 novas espécies de anfíbios na Mata Atlântica, além de fazer a caracterização detalhada da variabilidade genética dos animais.
Outro projeto, desenvolvido pela SPVS, avaliou o padrão de ocupação territorial de três grandes mamíferos ameaçados de extinção (anta, queixada e onça-pintada), considerados espécies-chave para avaliar e orientar ações estratégias de conservação da biodiversidade no corredor da Serra do Mar no Paraná.
Na mesma área, foi apoiado o projeto do Instituto de Tecnologia para o Desenvolvimento, que executou atividades propostas pelos Planos de Ação Nacional e Estadual para a conservação de espécies ameaçadas, com foco no muriqui-do-sul.
 
Sobre a Fundação Grupo Boticário
A Fundação Grupo Boticário é fruto da inspiração de Miguel Krigsner, fundador de O Boticário e atual presidente do Conselho de Administração do Grupo Boticário. A instituição foi criada em 1990, dois anos antes da Rio-92 ou Cúpula da Terra, evento que foi um marco para a conservação ambiental mundial. A Fundação Grupo Boticário apoia ações de conservação da natureza em todo o Brasil, totalizando mais de 1.500 iniciativas apoiadas financeiramente. Protege 11 mil hectares de Mata Atlântica e Cerrado, por meio da criação e manutenção de duas reservas naturais. Atua para que a conservação da biodiversidade seja priorizada nos negócios e nas políticas públicas, além de contribuir para que a natureza sirva de inspiração ou seja parte da solução para diversos problemas da sociedade. A instituição defende que o patrimônio natural bem conservado é a base para o desenvolvimento econômico e bem-estar social. Também promove ações de engajamento e sensibilização, que aproximam a natureza do cotidiano das pessoas.

Share:

Latest posts

volta2
Projeto da rede pública de Mariópolis vence concurso nacional de Educação
Aposentada Anete Langaro retomou atividades dias após realizar artroplastia total de joelho Créditos: Arquivo pessoal
Técnicas avançadas favorecem cirurgias menos invasivas em idosos
Tatielle Alyne, atleta de futebol feminino de 19 anos, tem difícil missão de lidar com uma lesão enquanto corre atrás de seus sonhos no esporte Créditos: Arquivo pessoal
Mulheres enfrentam maior risco de lesões em joelhos na prática de esporte

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

volta2
Projeto da rede pública de Mariópolis vence concurso nacional de Educação
Trabalho sobre diferentes culturas foi feito com turma da Educação Infantil O projeto “Vamos dar a...
Saiba mais >
Aposentada Anete Langaro retomou atividades dias após realizar artroplastia total de joelho Créditos: Arquivo pessoal
Técnicas avançadas favorecem cirurgias menos invasivas em idosos
Hospitais registram crescimento superior a 40% em procedimentos para pacientes acima de 70 anos; avanços...
Saiba mais >
Tatielle Alyne, atleta de futebol feminino de 19 anos, tem difícil missão de lidar com uma lesão enquanto corre atrás de seus sonhos no esporte Créditos: Arquivo pessoal
Mulheres enfrentam maior risco de lesões em joelhos na prática de esporte
Estudos indicam que chance é até oito vezes maior entre as jogadoras e o futebol é campeão nesse tipo...
Saiba mais >
Espaços para prática da fé em hospitais são demonstração de respeito às necessidades de pacientes e familiares Créditos: Divulgação
Espaços para prática da fé e espiritualidade são aliados no tratamento e internações médicas
Acolhimento se estende a pacientes, familiares e profissionais da saúde, com iniciativas perto de centros...
Saiba mais >