Gráfica de livros e revistas zera destinação de resíduo para aterros sanitários

Zerar a destinação dos resíduos para aterros sanitários até dezembro de 2022. Essa foi a meta estabelecida pela Posigraf – gráfica do Grupo Positivo – há quatro anos, e que foi atingida antes do prazo. A partir de outubro, o despacho para aterros foi retirado do processo de gerenciamento de resíduos da organização. Agora, a solução é a transformação dos resíduos em energia com o objetivo de agregar valor à economia circular da região.

O objetivo, em busca do desenvolvimento sustentável, vem sendo trabalhado ano a ano. Em 2021, a Posigraf enviou para reciclagem, reuso e compostagem 94,3% dos resíduos. O material classificado como perigoso foi destinado para coprocessamento, representando 5,27% do total de resíduos gerados em 2021; os aterrados, apenas 0,44%. De acordo com a analista de Meio Ambiente da Posigraf, Thaís Milena de Araújo, a coleta seletiva é trabalhada internamente com os colaboradores, além da busca pelas melhores práticas para a destinação final no mercado. Outra ação encontrada pela gráfica é a descaracterização e a destinação do uniforme dos colaboradores em estopa utilizado em linha automotiva.

Com o objetivo alcançado, a gráfica é a primeira do ramo na impressão de revistas e livros a ser Aterro Zero. Criado pela Zero Waste International Alliance (ZWIA) em 2002, o conceito Aterro Zero é uma meta ética, econômica e eficiente, que visa orientar pessoas e empresas a mudar práticas e costumes com o objetivo de igualar ciclos naturais sustentáveis, nos quais todos os materiais descartados tornem-se recursos para continuar sendo utilizados. “Atendemos a todos os requisitos legais para essa destinação e seguimos, ao mesmo tempo, os padrões idealizados pela ZWIA, que são o de garantir a conservação de recursos por meio da produção responsável, consumo, reutilização e recuperação de produtos e materiais sem queima e sem descargas – para a terra, água ou ar – que ameacem o meio ambiente ou a saúde humana.

“Com essa ação, também vamos reduzir as emissões de gases de efeito estufa do escopo 3 (inventário GHG Protocol), que contabiliza os resíduos gerados nas operações”, explica. “Todas as ações desenvolvidas estão alinhadas aos acordos globais estipulados pelo conceito ESG e, com o envolvimento e apoio de todas as áreas, conseguimos reduzir a geração de resíduos por meio de prevenção, reuso e reciclagem”, finaliza Thaís.

Cenário

De acordo com o relatório de 2021 do Panorama de Resíduos Sólidos no Brasil, realizado pela Associação Brasileira de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), a maior parte dos resíduos sólidos coletados no país é encaminhada para aterros sanitários. Somente no ano de 2020, foram 46 milhões de toneladas de lixo direcionadas aos aterros. Esse modelo linear gera um volume sem precedentes de resíduos inutilizados e potencialmente tóxicos.

Histórico voltado às práticas sustentáveis

A Posigraf foi a primeira gráfica brasileira a conquistar as certificações ISO 14001 e ISO 9001, além da certificação FSC, que atesta a origem controlada do papel utilizado no processo de impressão, além da certificação ISO 45001, que estabelece requisitos relacionados à Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional. Ainda, a partir de um compromisso voluntário e direto à conservação da biodiversidade, a Posigraf foi a primeira indústria a receber a Certificação LIFE – Lasting Initiative For Earth, metodologia que fornece orientações estratégicas às organizações para garantir a efetividade em ações de conservação à biodiversidade, possibilitando que quantifiquem e compensem de forma objetiva seus impactos aos recursos naturais.

Em parceria com a Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental (SPVS) desde o ano de 2003, a Posigraf garante recursos para a conservação da RPPN Mata do Uru, na região da Lapa (PR) e, em 2008, deu início ao Programa Selo Carbono Zero, estabelecido pela gráfica para compensar as emissões de seus produtos, a partir da metodologia de PSE – Carbono trabalhada pela SPVS.

Em 2017, em parceria com os colégios do Grupo Positivo, a Posigraf implantou o projeto de Logística Reversa que arrecada livros e materiais de papel para reciclagem. Em 2019, o projeto Logística Reversa foi um dos vencedores do 17.º Prêmio Paranaense de Excelência Gráfica Oscar Schrappe Sobrinho – o maior da indústria gráfica do estado – na categoria Sustentabilidade.

 

Sobre a Posigraf

Há 50 anos no mercado, a Posigraf, gráfica do Grupo Positivo, é uma das maiores gráficas da América Latina. Instalada em uma área de 52 mil metros quadrados, a companhia tem representações em todo o Brasil. Seu portfólio de serviços compreende a produção de livros didáticos e publicações especiais, tabloides e materiais promocionais, além de revistas e periódicos.

Share:

Latest posts

Créditos: Freepik
Universidade Positivo recebe feira de adoção de cães nesta quarta-feira (12)
Crédito: Marcos Vinícius
Às vésperas do Dia dos Namorados, shopping promove encontro para solteiros
Foto: divulgação
Caminhada melhora saúde, fortalece vínculos sociais e promove solidariedade

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

Créditos: Freepik
Universidade Positivo recebe feira de adoção de cães nesta quarta-feira (12)
Evento tem animais do Complexo Penitenciário de Piraquara disponíveis para adoção A Universidade Positivo...
Saiba mais >
Crédito: Marcos Vinícius
Às vésperas do Dia dos Namorados, shopping promove encontro para solteiros
Com música, cardápio especial de bebidas e comidas, cinema e decoração romântica, a 9.ª edição da Sessão...
Saiba mais >
Foto: divulgação
Caminhada melhora saúde, fortalece vínculos sociais e promove solidariedade
Exercício é capaz de combater doenças, melhorar a saúde mental e até contribuir com a economia A caminhada...
Saiba mais >
mice
Revista MICE Curitiba chega à terceira edição
Publicação bilíngue destaca conquistas da cidade mais inteligente do mundo e o crescimento do turismo...
Saiba mais >