Indústria alimentícia opera com 90% de energia solar limpa na fabricação de produtos

O impacto ao meio ambiente é uma preocupação permanente das grandes fábricas, visto que o alto consumo de energia afeta diretamente os custos de produção. Em outras palavras, buscar soluções para ocasionar cada vez mais sustentabilidade se tornou uma necessidade não só ambiental, como também econômica. Uma alternativa para reduzir os gastos e diminuir o impacto ambiental tem sido a energia solar que, segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), evitou a emissão de 27,8 milhões de toneladas de CO2 na geração de eletricidade. A fonte solar é a terceira maior geradora de energia no país, atrás apenas da hidrelétrica e eólica. De janeiro a setembro de 2022, houve aumento de 46,1%, com crescimento médio de 1 GW por mês nos últimos 120 dias.

Em janeiro de 2022, todas as instalações e centros de distribuição da Caldo Bom, empresa paranaense do mercado de alimentação, passaram a utilizar fontes renováveis para o abastecimento de energia. Por meio de uma parceria com uma usina localizada em Campo Largo (PR), a indústria alimentícia utiliza cerca de 90% de energia solar nos processos de fabricação. Como a Caldo Bom não possui um sistema de energia solar próprio, ela adquire a energia produzida por terceiros, o que garante que seu parque fabril seja abastecido em quantidade equivalente ao consumo da indústria. “Nos últimos anos, temos como pilar estratégico da marca a sustentabilidade e estamos realizando ações em prol desse compromisso”, conta o CEO do Grupo Caldo Bom, Alexandre Stival.

Práticas sustentáveis

Segundo pesquisa realizada pela agência norte-americana Union + Webster, 87% da população brasileira prefere adquirir produtos e serviços de empresas sustentáveis. Além dos benefícios para o planeta, a prática sustentável minimiza os custos, melhora a retenção de funcionários e aumenta a produtividade. Outro estudo, feito pela Opinion Box, aponta que 67% dos consumidores têm o hábito de pesquisar as práticas de ESG das empresas antes de realizar compras. Entre os respondentes, questões de sustentabilidade e ambientais são algumas das principais buscas feitas antes de fechar negócio.

Novamente, a Caldo Bom, é um exemplo de empresa que zela e adota práticas sustentáveis. Desde 2018, é parceira do Instituto de Logística Reversa (ILOG) e possui o Selo “Nós Reciclamos”, conferido às empresas que se responsabilizam pela logística reversa de suas embalagens – uma garantia para quem cumpre todos os requisitos referentes à destinação de materiais recicláveis.

O novo empreendimento da marca não fica de fora das iniciativas sustentáveis. Recentemente lançada em Curitiba, a rede de franquias de fast food Bean Go! oferece pratos à base de feijão, sem conservantes e aditivos químicos, servidos em embalagens exclusivas, que contam com ingredientes de alto teor nutritivo. Os copos utilizados são de papel, com um material específico para contato com alimentos e, por possuir dupla camada, mantém a temperatura do produto por mais tempo e não transfere o calor. Além disso, os recipientes de cocção são feitos com materiais inteiramente recicláveis. As embalagens atendem às mais rigorosas regras de logística reversa e de controle de uso. De acordo com Alexandre, este conceito está embutido nos preceitos da empresa. “Compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos e da logística reversa, é uma solução que envolve procedimentos de pós-venda ou pós-consumo, garantindo o reaproveitamento ou o descarte das embalagens.”

O percentual de resíduos encaminhados para reciclagem pela empresa é de aproximadamente 70%, a separação é feita internamente. A companhia possui um plano de separação de resíduos, em que cada tipo de material é colocado separadamente. A conscientização dos colaboradores é feita diariamente, reforçando a importância dessa atividade, bem como em frequentes eventos de BPF (Boas Práticas de Fabricação). Após a separação, semanalmente uma empresa terceirizada faz o recolhimento dos resíduos e os leva para locais específicos, conforme as exigências sanitárias de cada um.

A Caldo Bom também promove ações internas de reaproveitamento, reprocessamento e produção consciente, com gestão de todos os resíduos gerados pela empresa, treinamentos e workshops.

Desperdício zero

Uma pesquisa da Ticket, em parceria com a Comida Invisível, indica que 61,5% dos restaurantes, bares e lanchonetes geram sobras e restos de comida diariamente. A Bean Go! é um modelo de empresa que zela pelo desperdício zero de alimentos, garantindo que não nada seja jogado fora, pois os ingredientes nos pratos são porcionados, evitando ir para o lixo. “Em um país onde a insegurança alimentar cresce cada vez mais, é necessário destacar a importância de não jogar comida fora. Como a porção foi bem estudada, a possibilidade é próxima do zero que, por ventura, sobre algum resquício no copo”, conta o CEO.

Alexandre explica que o arroz, o macarrão e o torresmo, por exemplo, são feitos aos poucos, conforme a demanda, para manter a qualidade e a segurança dos produtos. “Se levarmos em conta a média de desperdício em restaurantes tradicionais e fast foods estamos economizando entre 10% e 12%. A  Bean Go! sai na frente de uma forma inteligente, sustentável e socialmente correta”, ressalta.

A franquia possibilita que os clientes acompanhem todo o processo de preparo dos pratos, uma vez que a unidade é aberta e envidraçada. A unidade física está localizada na Praça Gen. Osório, 145, no centro de Curitiba, e também atende via iFood e Rappi.

 

SERVIÇO: 

Bean Go! unidade Curitiba

Endereço: Praça Gen. Osório, 145 – Centro

Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 9h às 21h; sábado, das 11h às 17h

Instagram: @beangobrasil

Site: www.beangobrasil.com.br

 

Sobre a Bean Go!:

A  Bean Go!, uma rede de franquias de foods to go que disponibiliza refeições prontas à base de feijão, sem conservantes e aditivos químicos, com o característico sabor e know-how da indústria paranaense Caldo Bom Alimentos. O restaurante oferece 14 combinações de pratos à base de feijão, servidos em copos com ingredientes de alto teor nutritivo. Os pratos são produzidos e cozidos a vapor, mantendo a qualidade, a saudabilidade e a segurança alimentar. Para mais informações, acesse www.beangobrasil.com.br

Share:

Latest posts

WhatsApp-Image-2024-02-20-at-17.48
Exposição Traços do Cotidiano explora a beleza das coisas simples
NoahMGA - 1-
Hall de entrada: boas-vindas e impressão marcante à primeira vista
Selective focus shot of basil leaves
5 plantas que afastam o mosquito da dengue

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

WhatsApp-Image-2024-02-20-at-17.48
Exposição Traços do Cotidiano explora a beleza das coisas simples
“Tudo pode ser transformado em arte”, afirma a artista plástica Magali Tieppo Robaina, responsável pela...
Saiba mais >
NoahMGA - 1-
Hall de entrada: boas-vindas e impressão marcante à primeira vista
Ambientes destacam-se em projetos arquitetônicos, refletindo o luxo e a sofisticação dos edifícios Não...
Saiba mais >
Selective focus shot of basil leaves
5 plantas que afastam o mosquito da dengue
Com um aumento de mais de 445% nos casos da doença em comparação ao mesmo período do ano passado, a adoção...
Saiba mais >
_- 65 - 2-
Arte da sustentabilidade: exposição gratuita apresenta itens decorativos inovadores feitos com resíduos da construção civil
Até 1.º de março, Instituto A.Yoshii destaca mais de 40 obras únicas criados nos projetos Obra&Arte...
Saiba mais >