+55 41 3026.2610

Notícias Central Press

Iniciativa paranaense é apresentada na COP25, em Madri

Postado no dia: 13 de dezembro de 2019
Iniciativa paranaense é apresentada na COP25, em Madri
  1. Iniciativa paranaense foi apresentada por André Ferretti, que participa da COP pela 15ª vez Créditos: Caetano Scannavino

O Movimento Viva Água, que busca fortalecer a segurança hídrica a partir da restauração e conservação da natureza, do incentivo à agricultura sustentável, da promoção do turismo em áreas naturais e do fomento ao empreendedorismo de impacto positivo na bacia do Rio Miringuava, em São José dos Pinhais (PR), foi destaque em um dos debates promovidos no espaço Brazil Climate Action Hub, que integra a programação paralela da 25ª Conferência do Clima da ONU (COP25), que acontece em Madri até 13 de dezembro.

A COP25 conta com a presença de milhares de pessoas de mais de 200 nacionalidades para discutir estratégias de controle e redução da emissão de gases do efeito estufa, limitando o aumento da temperatura global. Entre os participantes estão diplomatas, técnicos, ministros e chefes de Estado – que representam seus países nas negociações –, além de cientistas e representantes de governos locais, empresas, universidades e ONGs.

A iniciativa paranaense foi apresentada pelo gerente de Economia da Biodiversidade da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, André Ferretti, que participa da COP pela 15ª vez. Durante o evento, ele explicou detalhes do movimento que está mobilizando atores de diferentes segmentos da sociedade para contribuir com a segurança hídrica da Grande Curitiba e promover o desenvolvimento socioeconômico e ambiental da região. Fazem parte do movimento empresas, órgãos públicos, cooperativas de produtores rurais, universidades, ONGs e empresas públicas. A previsão é de que ao menos R$ 6 milhões sejam direcionados ao Viva Água nos próximos cinco anos para alavancar as estratégias de conservação, restauração e fomento.

Sobre a Fundação Grupo Boticário

A Fundação Grupo Boticário é fruto da inspiração de Miguel Krigsner, fundador de O Boticário e atual presidente do Conselho de Administração do Grupo Boticário. A instituição foi criada em 1990, dois anos antes da Rio-92 ou Cúpula da Terra, evento que foi um marco para a conservação ambiental mundial. A Fundação Grupo Boticário apoia ações de conservação da natureza em todo o Brasil, totalizando mais de 1.500 iniciativas apoiadas financeiramente. Protege 11 mil hectares de Mata Atlântica e Cerrado, por meio da criação e manutenção de duas reservas naturais. Atua para que a conservação da biodiversidade seja priorizada nos negócios e nas políticas públicas, além de contribuir para que a natureza sirva de inspiração ou seja parte da solução para diversos problemas da sociedade. A instituição defende que o patrimônio natural bem conservado é a base para o desenvolvimento econômico e bem-estar social. Também promove ações de engajamento e sensibilização, que aproximam a natureza do cotidiano das pessoas.

Todas as notícias