+55 41 3026.2610

Notícias Central Press

Instituto Positivo disponibiliza e-books gratuitos para ajudar na implantação do Regime de Colaboração nos municípios

Postado no dia: 16 de setembro de 2020
Instituto Positivo disponibiliza e-books gratuitos para ajudar na implantação do Regime de Colaboração nos municípios

Depois de lançar o maior guia sobre Arranjos de Desenvolvimento da Educação (ADEs), o Instituto Positivo vem disponibilizando gratuitamente uma série de e-books que orientam os dirigentes municipais de Educação de todo o país interessados no tema. As publicações são mensais e trazem, de forma didática, a história do Regime de Colaboração e as legislações que normatizam o mecanismo como forma de alcançar melhorias na qualidade da Educação pública; as principais vantagens de implantar um Arranjo e alguns caminhos para sensibilizar e mobilizar o território em prol de uma causa comum; e o passo a passo na implantação do trabalho em Arranjo, com direcionamentos sobre a governança, a comunicação, as relações interpessoais e as possibilidades de parcerias. São oito e-books no total, dos quais três já estão disponíveis para download no site do Instituto Positivo

Os ADEs são um modelo de trabalho em rede, no qual um grupo de municípios com proximidade geográfica e características sociais e educacionais semelhantes buscam trocar experiências, planejar e trabalhar em conjunto – e não mais isoladamente, somando esforços, recursos e competências para solucionar conjuntamente as dificuldades na área da educação. A proposta dos Arranjos foi homologada pelo MEC em 2011, e incluída como uma opção para o alcance das metas e das estratégias previstas no Plano Nacional de Educação, aprovado em 2014 (artigo 7º, parágrafo 7º). Atualmente, existem 14 ADEs em todo o Brasil que, juntos, reúnem 243 municípios.

De acordo com Maria Paula Mansur Mäder, doutora em Educação e coordenadora de produção e disseminação de conhecimento do Instituto Positivo, a publicação dos e-books faz parte da missão do Instituto, que é pesquisar e difundir a metodologia dos ADEs no Brasil. “Acreditamos que o Regime de Colaboração é o caminho para superar os desafios da oferta de qualidade da Educação pública e da redução das desigualdades de aprendizagem, além de contribuir para fortalecer e qualificar as capacidades da gestão administrativa e pedagógica da Educação pública”, ressalta.

A área de produção e disseminação de conhecimento do Instituto Positivo foi criada em 2017, a partir da experiência adquirida com o apoio à implantação do ADE Granfpolis e do conhecimento sobre os demais Arranjos ativos no Brasil. “Essa área atua no desenvolvimento de estudos e pesquisas e na disseminação de conteúdos relevantes sobre o tema para todo o país, a fim de promover mais reflexões e, com isso, aperfeiçoar a política pública nacional brasileira”, explica a coordenadora. 

O Instituto Positivo atua nacionalmente na disseminação de conhecimentos sobre Regime de Colaboração; participa de discussões em âmbito nacional, em instâncias como o Ministério da Educação, Conselho Nacional de Educação, Senado e Câmara dos Deputados, para contribuir com propostas de lei e resoluções que favoreçam o Regime de Colaboração; é membro do Movimento Colabora Educação e principal articulador da rede nacional de Arranjos de Desenvolvimento da Educação; desenvolve um trabalho de articulação de uma rede formada por todos os Arranjos implantados no país, promovendo constantes trocas de informações e experiências; atua com advocacy, contribuindo nos âmbitos Executivo e Legislativo para fortalecer as políticas públicas de Educação e ampliar ainda mais a legitimidade dos Arranjos de Desenvolvimento da Educação; e participa ativamente como membro fundador do Movimento Colabora Educação.

Todas as publicações do Instituto Positivo podem ser acessadas gratuitamente no link http://institutopositivo.org.br/publicacoes/ .

Todas as notícias