Mais de 40% dos profissionais consideram pedir demissão se obrigados a retornar ao escritório todos os dias

Especialista diz que flexibilidade é essencial para manter competitividade, atrair e reter talentos

Uma pesquisa realizada pela empresa Offerwise, a pedido do QuintoAndar e Imovelweb, revelou que 43% dos entrevistados afirmaram que deixariam os empregos atuais caso tivessem que ir à empresa todos os dias. O levantamento foi feito em todas as capitais do país e entrevistou pessoas com 18 anos ou mais.

Para o doutor em Administração e professor do mestrado e doutorado em Administração da Universidade Positivo (UP), Fábio Vizeu, o trabalho remoto é um caminho sem volta. “Apesar do desafio de se adaptar e ajustar a cultura organizacional após a pandemia, ficou claro que o trabalho remoto é uma maneira interessante de otimizar os recursos humanos das organizações”, afirma.

Ele enfatiza que, apesar de o trabalho remoto ser feito fora do ambiente tradicional, é preciso fazer algumas adaptações. “A principal mudança é encontrar um espaço adequado em casa, um cômodo que proporcione as condições ideais para o trabalho. Além disso, o colaborador precisa compreender a importância de manter em casa a mesma rotina e atitude que teria se estivesse nas dependências da empresa.”

Limites no trabalho remoto

Um dos desafios cruciais é estabelecer limites entre a vida profissional e pessoal. “Quando se trabalha em casa, é fácil ceder à tentação de trabalhar além do horário ou lidar com demandas domésticas durante as horas de trabalho. Isso pode levar a problemas de produtividade, estresse e até mesmo esgotamento profissional”, destaca o professor.

Para evitar tais problemas, é importante estabelecer limites claros com a família e colegas de trabalho. “Defina horários específicos para trabalhar e descansar, encontre um espaço dedicado ao trabalho em casa, comunique-se com a família e colegas sobre seus horários, e não hesite em dizer não quando solicitado a realizar tarefas durante os períodos de descanso. Ao estabelecer limites claros, você pode aproveitar os benefícios do trabalho remoto sem prejudicar a vida pessoal”, orienta o especialista. 

Flexibilidade no trabalho

O resultado da pesquisa que revela que os trabalhadores brasileiros preferem o trabalho remoto ao presencial já era esperado, segundo Vizeu, pois o trabalho remoto oferece uma série de benefícios, tanto para as empresas quanto para os funcionários. “Para as empresas, o trabalho remoto pode gerar economia de custos, aumento de produtividade e redução da rotatividade”, explica. “Já para os colaboradores, oferece flexibilidade, melhoria na qualidade de vida e redução de estresse”, enumera. “A liberdade para escolher os horários de trabalho, desde que as metas da empresa sejam cumpridas, assim como a liberdade para escolher o local de trabalho, contando que haja acesso à internet e a um computador, proporciona a liberdade de conciliar o trabalho com a vida pessoal. Essa autonomia pode resultar em maior satisfação profissional e mais qualidade de vida”, ressalta o especialista.

Trabalho híbrido como solução

O trabalho híbrido é uma modalidade que combina elementos do trabalho remoto e presencial. Essa abordagem visa atender às necessidades dos trabalhadores que buscam flexibilidade, mas também valorizam o contato pessoal. No modelo híbrido, os colaboradores dividem o tempo entre o remoto e o presencial, com a proporção variando de acordo com as demandas da empresa e as preferências individuais.

Empresas que adotam o trabalho híbrido podem colher benefícios como a redução de custos e o aumento da produtividade. Já para os trabalhadores, essa modalidade oferece vantagens como flexibilidade, melhoria na qualidade de vida e a oportunidade de manter o contato presencial. “O trabalho remoto é uma tendência que veio para ficar. As empresas que desejam permanecer competitivas precisam proporcionar flexibilidade aos funcionários”, enfatiza Vizeu.

Sobre a Universidade Positivo

A Universidade Positivo é referência em Ensino Superior entre as IES do Estado do Paraná e é uma marca de reconhecimento nacional. Com salas de aula modernas, laboratórios com tecnologia de ponta e mais de 400 mil metros quadrados de área verde no campus sede, a Universidade Positivo é reconhecida pela experiência educacional de mais de três décadas. A Instituição conta com três unidades em Curitiba (PR) e uma em Londrina (PR), e mais de 70 polos de EAD no Brasil. Atualmente, oferece mais de 60 cursos de graduação, centenas de programas de especialização e MBA, cinco programas de mestrado e doutorado, além de cursos de educação continuada, programas de extensão e parcerias internacionais para intercâmbios, cursos e visitas. Além disso, tem sete clínicas de atendimento gratuito à comunidade, que totalizam cerca de 3.500 metros quadrados. Em 2019, a Universidade Positivo foi classificada entre as 100 instituições mais bem colocadas no ranking mundial de sustentabilidade da UI GreenMetric. Desde março de 2020 integra o Grupo Cruzeiro do Sul Educacional. Mais informações em up.edu.br/

Share:

Latest posts

WhatsApp-Image-2024-02-20-at-17.48
Exposição Traços do Cotidiano explora a beleza das coisas simples
NoahMGA - 1-
Hall de entrada: boas-vindas e impressão marcante à primeira vista
Selective focus shot of basil leaves
5 plantas que afastam o mosquito da dengue

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

WhatsApp-Image-2024-02-20-at-17.48
Exposição Traços do Cotidiano explora a beleza das coisas simples
“Tudo pode ser transformado em arte”, afirma a artista plástica Magali Tieppo Robaina, responsável pela...
Saiba mais >
NoahMGA - 1-
Hall de entrada: boas-vindas e impressão marcante à primeira vista
Ambientes destacam-se em projetos arquitetônicos, refletindo o luxo e a sofisticação dos edifícios Não...
Saiba mais >
Selective focus shot of basil leaves
5 plantas que afastam o mosquito da dengue
Com um aumento de mais de 445% nos casos da doença em comparação ao mesmo período do ano passado, a adoção...
Saiba mais >
_- 65 - 2-
Arte da sustentabilidade: exposição gratuita apresenta itens decorativos inovadores feitos com resíduos da construção civil
Até 1.º de março, Instituto A.Yoshii destaca mais de 40 obras únicas criados nos projetos Obra&Arte...
Saiba mais >