Pandemia no prato: cresce número de famílias que passam fome no Brasil e campanhas buscam ajudar

“Devastador”. Assim foi classificado o relatório da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação que mostra que a fome atingiu 10% da população mundial durante a pandemia. No Brasil, a estimativa é que mais de 49 milhões de pessoas vivam em situação de insegurança alimentar moderada ou severa, o que significa que elas deixaram de se alimentar por falta de comida ou que a qualidade da alimentação piorou nos últimos anos.

No mês de junho, o preço médio da cesta básica no Brasil foi de R$ 573, segundo dados do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Enquanto isso, milhares de famílias pertencentes ao grupo de extrema pobreza, sobrevivem com menos de R$ 10 por dia, que precisa ser utilizado para cobrir gastos de luz, água, gás e comida de pelo menos quatro pessoas. De acordo com um estudo recente da Unicef, desde o início da crise da covid-19, 27 milhões de brasileiros deixaram de comer em algum momento porque não havia dinheiro para comprar comida.

Na avaliação de especialistas, a pandemia teve um impacto ainda incalculável no estado nutricional de milhões de pessoas, incluindo crianças. Nas 19 escolas sociais mantidas pelo Grupo Marista nos estados do Paraná, São Paulo e Santa Catarina, muitos estudantes estão nessa triste estatística. São 977 crianças e adolescentes que vivem na linha mais baixa da faixa econômica e 1027 em situação de pobreza moderada, tendo na merenda escolar uma das principais fontes de alimentação. “Nós sabemos que não tem como se concentrar nos estudos quando a fome fala mais alto. E precisamos pensar também nas famílias dessas crianças que foram ainda mais impactadas pela pandemia, com a perda de emprego e renda, e também considerando a dificuldade do Estado em garantir todos os direitos básicos, como o da alimentação”, explica o gerente de captação de recursos do Grupo Marista, Rodolfo Schneider.

Quando o amor resiste, a fome desiste

Desde o início da pandemia, o Grupo Marista faz campanhas de arrecadação de mantimentos para as famílias atendidas. Com as ações realizadas, foram distribuídas mais de 16 toneladas de alimentos e produtos de limpeza e higiene para 2.100 famílias que vivem nas comunidades mais vulneráveis. 

No entanto, os desafios permanecem e com o objetivo de ajudar as famílias das crianças atendidas pelas escolas sociais por um período mais longo, o Grupo Marista inicia em agosto uma campanha de arrecadação para aquisição de cestas básicas e material de higiene pessoal. “Nosso objetivo é arrecadar pelo menos R$ 360 mil para ajudar as famílias mais vulneráveis com cestas mensais até o início de 2022. E, se conseguirmos superar essa meta, vamos ampliar a doação para todas as crianças atendidas”, ressalta Schneider. Em média, cada família é composta por quatro integrantes, mas o número é variável e algumas são bem mais numerosas.

Presente em comunidades vulneráveis de 16 cidades, as escolas sociais oferecem desde o ensino básico (Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio), incluindo atividades no contraturno escolar, transformando os espaços em um ambiente seguro e de educação para as comunidades. As equipes buscam a formação solidária e ética das crianças e adolescentes atendidos, incentivando o protagonismo dos jovens dentro e fora do ambiente escolar, com o objetivo de impactar positivamente a sociedade.

Ações multiplicadas

Com o mote “Quando o amor resiste, a fome desiste”, a campanha de arrecadação segue até o dia 20 de setembro, com doações feitas pela plataforma: www.solidariedadematafome.com.br . Dentro do site é possível indicar qualquer valor como parte da vaquinha virtual. O objetivo é mobilizar, além dos colaboradores e fornecedores do Grupo Marista, a população em geral em uma grande corrente de solidariedade. 

Ao longo do mês de agosto, outras ações com o mesmo propósito também serão realizadas pela Província Marista Brasil Centro-Sul. Por meio da iniciativa “Solidariedade que Aquece”, que reúne ações solidárias e exemplos positivos, no dia 14 de agosto, em comemoração ao Dia Marista, está programado um Drive Solidário da PUCPR, em Curitiba (PR), para doações de alimentos e produtos de higiene. As doações serão destinadas às famílias em situação de vulnerabilidade social do projeto SOS Vila Torres, que apoia sete comunidades da capital paranaense. Além disso, a partir do dia 16 de agosto, outros 40 pontos de arrecadação vão funcionar no Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Goiás e Distrito Federal. 

“Acreditamos que, para cada dificuldade da vida, existe uma oportunidade de promover o bem. A pandemia trouxe inúmeras dificuldades e muitas famílias em situação de vulnerabilidade social foram ainda mais impactadas. Nosso intuito é levar um pouco de conforto e tranquilidade para elas.”, explica o diretor executivo da Província Marista Brasil Centro-Sul, June Cruz. Para saber mais acesse: https://solidariedadequeaquece.marista.org.br/dia-do-marista/ 

Sobre o Grupo Marista

Idealizado há mais de 200 anos por Marcelino Champagnat, o Grupo Marista faz parte da Província Marista Brasil Centro-Sul e está presente nas regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e no Distrito Federal. A empresa atua em diversos setores, como na área de educação básica, com Escolas Sociais, Colégios Maristas e Escola Champagnat, na educação superior, com a Pontifícia Universidade Católica do Paraná, e ainda com a FTD Educação, que leva material didático com excelência para mais 8 milhões de alunos em todo país. Já na saúde, administra o Hospital Marcelino Champagnat e o Hospital Universitário Cajuru, ambos em Curitiba. O Grupo Marista também atua na defesa de crianças, jovens e adolescentes em situação de vulnerabilidade. Com o apoio dos mais de 11 mil colaboradores espalhados pelo Brasil, o Grupo tem o objetivo de transformar o mundo por meio da educação e a missão de promover os valores humanos, assim como defender e proteger os direitos das crianças e dos adolescentes. Mais informações: https://grupomarista.org.br/.

Share:

Latest posts

Créditos: Rutenio Júnior
Shopping promove tributo à banda RBD
Crédito: Envato
Por que empresas de sucesso apostam na diversidade?
mice
MICE promove primeiro encontro para setor de Turismo de Negócios

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

Créditos: Rutenio Júnior
Shopping promove tributo à banda RBD
O Ventura Shopping realiza, nesta sexta-feira, 19 de julho, às 19h30, um tributo ao RBD como parte da...
Saiba mais >
Crédito: Envato
Por que empresas de sucesso apostam na diversidade?
Companhias que promovem a diversidade colhem benefícios como inovação, criatividade e um ambiente de...
Saiba mais >
mice
MICE promove primeiro encontro para setor de Turismo de Negócios
Evento vai reunir profissionais do setor no dia 22 de julho, às 19h, na Fazenda Churrascada Ampliar...
Saiba mais >
Comum entre crianças e adolescentes, desalinhamento dental causa dificuldades na mastigação e fala, distúrbios no sono e pode ocasionar perda de dentes Créditos: Envato
Mais de 35% dos adolescentes brasileiros possuem condição de saúde bucal que pode afetar a qualidade de vida; saiba qual
Impactos, além da estética, incluem função mastigatória e saúde das articulações A má oclusão, conhecida...
Saiba mais >