Prática esportiva na infância pode contribuir para vida profissional no futuro

Nas quadras, piscinas e campinhos, enquanto brincam e se exercitam, crianças e adolescentes estão, também, desenvolvendo uma série de habilidades que, no futuro, podem contribuir fortemente para que eles sejam profissionais melhores e mais desejados pelo mercado de trabalho. As almejadas soft skills, tão comentadas nos últimos anos, são facilmente trabalhadas durante a prática esportiva.

Para a professora de Educação Física e diretora do Colégio Passo Certo, Lorena Paoloni, qualidades como comprometimento, desenvoltura, capacidade de trabalhar em equipe, agilidade e honestidade estão todas contidas nos esportes. “Hoje em dia, as empresas buscam incansavelmente profissionais que unam esse conjunto de habilidades. Elas são, muitas vezes, tão ou mais importantes que a formação e a experiência desses profissionais”, destaca. Segundo ela, embora haja muitas maneiras de trabalhar essas competências, o esporte é, provavelmente, a mais divertida e saudável.

Ao se envolver nas atividades físicas, os estudantes têm a oportunidade de exercitar também a inteligência emocional, o senso de coletividade e a autoconfiança, características fundamentais para quem deseja ter uma carreira de sucesso, seja qual for a área de atuação profissional. “Mesmo que o ponto de partida da prática esportiva seja a competitividade, as crianças estão, na verdade, exercitando a competição saudável, o que também precisa ser feito na carreira profissional”, lembra.

Mexer o corpo para sacudir a mente

É claro que colocar o corpo em movimento é importante para as funções cardiovasculares, a respiração e a oxigenação dos tecidos, por exemplo, mas permite também uma espécie de “limpeza” mental. Lorena explica que, além de regular as funções vitais, a atividade física permite que qualquer pessoa entre em contato com questões internas. “Praticando esportes, aprendemos a lidar com a vitória e a derrota, descobrimos nossos próprios limites e podemos até mesmo ter revelações importantes de autoconhecimento”, afirma.

Todos esses benefícios têm reflexo direto nas relações humanas. Um bom atleta sabe ter empatia e respeitar seus adversários, é solidário e aprende a conviver melhor com as diferenças. Essas habilidades serão importantes também no mundo do trabalho. Assim também funciona com o trabalho em equipe, indispensável nos esportes e na carreira. Um profissional que sabe lidar com seus colegas, subordinados e superiores tem muito mais chances de sucesso.

Competir é importante, mas o espírito de competição não deve atropelar outras competências, ressalta Lorena. “Simplesmente querer ser melhor do que os outros não traz resultados nem para o profissional, nem para o negócio. O essencial, no trabalho e no esporte, é colocar em campo os próprios talentos, mas não ofuscar os companheiros de equipe”, compara. Aliás, os melhores integrantes das equipes são aqueles que  criam condições para que cada um possa se expressar e brilhar também. O mesmo serve para adversários de negócios ou de outros times. “É difícil pensar a favor do oponente – ou da concorrência –, mas esse pode ser um excelente exercício de empatia. No fim, o que mais importa ao público é o jogo em si, e não os resultados”, finaliza.

 

Colégio Passo Certo

Com 20 anos de história, o Colégio Passo Certo, localizado em Cascavel (PR), tem turmas de Educação Infantil (Bilíngue e Trilíngue) e Ensino Fundamental e Médio (Bilíngue). A proposta Trilíngue alia aulas de Inglês e Espanhol com o objetivo de desenvolver habilidades de interpretação, fala e escrita em três idiomas. A partir de 2019, o colégio passou a fazer parte do Grupo Positivo. 

Share:

Latest posts

helper-640x904 - 2- (2)
Novas tecnologias em segurança, saúde e educação apoiam cidades inteligentes na prestação de serviços públicos
Cassio (3)
Artigo - Segurança de dados: não há tecnologia que sobreviva sem conscientização
Crédito: Divulgação
Regulação da IA no Brasil e a escolha de Ulisses

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

helper-640x904 - 2- (2)
Novas tecnologias em segurança, saúde e educação apoiam cidades inteligentes na prestação de serviços públicos
Principais desafios incluem a busca e implementação de soluções inovadoras para o planejamento urbano...
Saiba mais >
Cassio (3)
Artigo - Segurança de dados: não há tecnologia que sobreviva sem conscientização
*Cássio Ricardo de Araújo Bastante citada no mercado de ciência de dados, a frase do matemático Clive...
Saiba mais >
Crédito: Divulgação
Regulação da IA no Brasil e a escolha de Ulisses
Renata Herani* A “Odisseia” é uma obra atribuída ao poeta épico grego Homero, por volta...
Saiba mais >
disney
Disney Magic Run Curitiba já passa de 5 mil inscritos
Número foi atingido nas primeiras 8 horas de venda, restando poucas vagas para o evento marcado para...
Saiba mais >