Projeto Vozes do Litoral inicia pesquisa com educadores

Coordenadores pedagógicos dos municípios de Antonina, Guaraqueçaba, Guaratuba, Matinhos, Morretes, Paranaguá e Pontal do Paraná, que integram o Arranjo de Desenvolvimento da Educação (ADE) Litoral Paranaense, se reuniram no Teatro Municipal Raquel Costa, em Paranaguá, para o lançamento do primeiro projeto do ADE: o “Vozes do Litoral”. Cerca de 160 profissionais da educação e autoridades da área estiveram presentes para conhecer o projeto, que, neste momento, busca orientar, formar e preparar os coordenadores para o trabalho de mobilização junto aos educadores.

A iniciativa consiste em uma pesquisa direcionada aos professores da Educação Infantil,  Anos Iniciais do Ensino Fundamental, e Educação Especial, além dos coordenadores pedagógicos. A ideia é mapear os principais desafios enfrentados em sala de aula nas disciplinas de Matemática e Língua Portuguesa para, a partir dos dados, construir os projetos a serem desenvolvidos pelo ADE Litoral Paranaense com foco na temática já definida pelos dirigentes municipais de Educação e suas equipes.

“O grande propósito da pesquisa e do movimento do ADE é, primeiramente, construir algo de forma colaborativa, dando espaço e voz aos profissionais da educação. Não vamos trazer um projeto pronto, e, sim, construir de acordo com a realidade e vivência de cada professor. É valorizando as opiniões dos educadores que conseguiremos propor projetos e ações que efetivamente farão a diferença na Educação da região. Este é um movimento coletivo de construção”, destaca a coordenadora de Implantação de Projetos Sociais do Instituto Positivo, Cristiane da Fonseca. A pesquisa será realizada na segunda quinzena de setembro. Em outubro, os dados serão compilados e analisados e, em seguida, serão definidos os projetos a serem implantados.

A diretora do Instituto Positivo, Eliziane Gorniak, apresentou o trabalho realizado pelo Instituto como mediador de planejamento, investidor social do processo e impulsionador do trabalho colaborativo dos Arranjos de Desenvolvimento da Educação. “Como forma de contribuir com a Educação pública do Paraná, trouxemos a metodologia do ADE ao estado. O ADE Litoral Paranaense é pioneiro e, juntamente com os dirigentes municipais de Educação, queremos colaborar com iniciativas que refletem a necessidade e farão a diferença no dia a dia das escolas da região, construindo projetos que fortaleçam ainda mais a aprendizagem de Matemática e Língua Portuguesa”, destaca.

O encontro contou com uma fala sobre colaboração, conduzida pela palestrante Daiane Zdradek, e apresentação do grupo de fandangueiros Fandanguara, de Guaraqueçaba, além do lançamento  do projeto Vozes do Litoral, pela secretária municipal de Educação de Paranaguá, Tenile Cibele do Rocio Xavier.

O evento teve, ainda, a presença do prefeito de Paranaguá e presidente da Associação dos Municípios do Litoral do Paraná (Amlipa), Marcelo Roque, do prefeito de Morretes, Sebastião Júnior, dos secretários municipais de Educação de Morretes, Adriana Assumpção, Guaraqueçaba, Sidney França, e de Guaratuba, Fernanda Monteiro.

Cenário

Atualmente, 238 municípios brasileiros trabalham em 15 diferentes Arranjos, alcançando resultados importantes como diminuição da evasão, correção de distorção idade/série escolar, elevação do Índice de Desenvolvimento da Educação (Ideb), formação continuada e aprimoramento da grade curricular. São cerca de 450 mil alunos beneficiados com as ações desenvolvidas pelos ADEs.

Instituto Positivo

OInstituto Positivo (IP) foi criado em 2012 para fazer a gestão do investimento social de todo o Grupo Positivo em favor da comunidade. A missão do Instituto Positivo é contribuir para a melhoria da qualidade da Educação Pública do Brasil por meio do incentivo ao Regime de Colaboração. Para tornar isso possível, o IP incentiva e apoia a implantação de Arranjos de Desenvolvimento da Educação (ADE) em todo o país, desenvolve pesquisas e publicações sobre o tema e participa de discussões em instâncias como MEC, CNE, Senado e Câmara de Deputados a fim de contribuir em propostas de lei e resoluções que favoreçam esse modelo de Regime de Colaboração. O Instituto também é responsável pela gestão do Centro de Educação Infantil Maria Amélia, em Curitiba, que atende gratuitamente cerca de 100 crianças em situação de vulnerabilidade social. Para ter mais informações, acesse o site do Instituto Positivo: instituto.positivo.com.br

Share:

Latest posts

Large-DSC3539-Edit-1-1
Shopping celebra Dia Mundial do Rock com programação para crianças
Instituto Positivo
Gestores da Educação do litoral paranaense recebem formação
Palladium
Palladium lança campanha de inverno com conchas exclusivas de brinde

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

Large-DSC3539-Edit-1-1
Shopping celebra Dia Mundial do Rock com programação para crianças
Palladium Curitiba promove diversas atrações musicais ao longo do dia Para comemorar o Dia Mundial...
Saiba mais >
Instituto Positivo
Gestores da Educação do litoral paranaense recebem formação
Projeto reúne coordenadores para melhorar a qualidade educacional No litoral paranaense, a Educação...
Saiba mais >
Palladium
Palladium lança campanha de inverno com conchas exclusivas de brinde
Conjunto de talheres faz parte da campanha colecionável O Palladium Curitiba celebra a chegada do inverno...
Saiba mais >
4031C-20240608-0228-2 - 1-
Zona leste de Londrina ganha novo empreendimento residencial
Sunny Downtown, da Construtora Yticon, conta com duas torres e fica ao lado do Boulevard Shopping A...
Saiba mais >