Projetos de proteção do meio ambiente em Minas Gerais receberão apoio de R$ 574 mil

[flgallery id=1201 /]

Dentre as 17 propostas selecionadas no Brasil por meio de edital público da Fundação Grupo Boticário, três delas são focadas na conservação da natureza mineira

A partir da metade de agosto, a Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza apoiará financeiramente 17 novos projetos de conservação da natureza em todo o Brasil – que foram selecionados por meio de editais públicos lançados no início de 2017. No total, serão doados R$ 2,3 milhões para iniciativas a serem realizadas em todos os biomas brasileiros e nos ecossistemas costeiro e marinho. No estado de Minas Gerais são três os projetos que receberão apoio financeiro e que, juntos, somam R$ 574 mil.

O projeto “RPPN Sossego do Muriqui: ampliando a área protegida dentro do Corredor Ecológico Sossego-Caratinga” é realizado pelo Muriqui Instituto de Biodiversidade e propõe a criação de mais uma Reserva Particular do Patrimônio Natural no Corredor Ecológico Sossego-Caratinga (CESC). Esse corredor compreende, atualmente, as RPPNs Mata do Sossego, em Simonésia, e Feliciano Miguel Abdala, em Caratinga (MG), as quais representam dois dos últimos refúgios do muriqui-do-norte (Brachyteles hypoxanthus).  A nova RPPN Sossego do Muriqui protegerá remanescentes florestais entre as duas reservas já existentes, contribuindo para a conservação desse primata que é uma das cem espécies mais ameaçadas do planeta.

Também em Minas Gerais, a iniciativa “Conservação do Discocactus horstii: uma espécie de Cactaceae ‘Criticamente Em Perigo de extinção’ do Norte de Minas Gerais”, realizada pela Fundação Flora de Apoio à Botânica, tem como objetivo promover a conservação dessa espécie de cactácea e disseminar o conhecimento sobre as demais espécies ameaçadas de extinção na região de Grão Mogol e  Francisco Sá. O Discocactus horstii é uma espécie considerada “criticamente em perigo de extinção” e ocorre exclusivamente no município de Grão Mogol – a qual é símbolo também do Parque Estadual de Grão Mogol – e já foi alvo de intenso extrativismo por colecionadores. Suas populações também são impactadas pela contínua modificação de habitat devido à extração de quartzo.

O programa “Papagaios do Brasil: Integração e articulação das ações do PAN Papagaios” tem o propósito de proteger cinco espécies de papagaios, a partir do combate a suas principais ameaças, como o comércio ilegal dessas aves e a destruição de hábitat – ações essas previstas no Plano de Ação Nacional (PAN) para a Conservação dos Papagaios da Mata Atlântica. O programa articula esforços de instituições que atuam há duas décadas na conservação de papagaios, como a paranaense Instituto de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental (SPVS), a mato-grossense Fundação Neotrópica e a gaúcha Associação Amigos do Meio Ambiente, além do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Aves Silvestres (CEMAVE) que é uma unidade descentralizada do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Além de Minas Gerais, a iniciativa é realizada no Distrito Federal e nos estados do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina, Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo,  Espírito Santo, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, onde as espécies estudadas ocorrem.

Para conferir a lista completa dos projetos selecionados no primeiro semestre deste ano, acesse o link.

26 anos de apoio

Em 26 anos de atuação, 1.528 iniciativas e 501 instituições já foram apoiadas em todo o território brasileiro, o que fez a Fundação Grupo Boticário se firmar como uma das principais financiadoras de iniciativas de conservação da natureza no Brasil.

De acordo com a diretora executiva da instituição, Malu Nunes, ao apoiar projetos, a Fundação contribui para ampliar o conhecimento sobre a biodiversidade brasileira e para promover a sua conservação. “Conservar espécies e ecossistemas é essencial à economia e à qualidade de vida humana, pois é essa biodiversidade que fornece os serviços ambientais essenciais à nossa sobrevivência, como a produção de água, regulação do clima e a manutenção da qualidade do ar e do solo”, ressalta.

 Sobre a Fundação Grupo Boticário

A Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza é uma organização sem fins lucrativos cuja missão é promover e realizar ações de conservação da natureza. Criada em 1990 por iniciativa do fundador de O Boticário, Miguel Krigsner, a atuação da Fundação Grupo Boticário é nacional e suas ações incluem proteção de áreas naturais, apoio a projetos de outras instituições e disseminação de conhecimento. Desde a sua criação, a Fundação Grupo Boticário já apoiou 1.528 projetos de 501 instituições em todo o Brasil. A instituição mantém duas reservas naturais, a Reserva Natural Salto Morato, na Mata Atlântica; e a Reserva Natural Serra do Tombador, no Cerrado, os dois biomas mais ameaçados do país.  Outra iniciativa é um projeto pioneiro de pagamento por serviços ambientais em regiões de manancial, o Oásis. Na internet: www.fundacaogrupoboticario.org.brwww.twitter.com/fund_boticario e www.facebook.com/fundacaogrupoboticario.

Share:

Latest posts

Sicredi
Associados com cartões Sicredi têm acesso exclusivo à pré-venda da turnê PaGGodin, de Léo Santana
 Prati-Donaduzzi
Apoio e acolhimento: imigrantes e refugiados conquistam oportunidade de crescimento em empresas brasileiras
Estudo clínico realizado pela farmacêutica em parceria com a USP de Ribeirão Preto é o único em andamento no país Créditos: Prati-Donaduzzi
Canabidiol ganha mercado e chega a 4 anos de comercialização em farmácias, desde que foi lançado por farmacêutica que abriu setor no Brasil

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

Sicredi
Associados com cartões Sicredi têm acesso exclusivo à pré-venda da turnê PaGGodin, de Léo Santana
Além da compra antecipada, usuários do cartão contam com desconto especial de 20% na aquisição dos ingressos...
Saiba mais >
 Prati-Donaduzzi
Apoio e acolhimento: imigrantes e refugiados conquistam oportunidade de crescimento em empresas brasileiras
Número de trabalhadores estrangeiros no país saltou de 62 mil para 181 mil em uma década; jovem do Senegal...
Saiba mais >
Estudo clínico realizado pela farmacêutica em parceria com a USP de Ribeirão Preto é o único em andamento no país Créditos: Prati-Donaduzzi
Canabidiol ganha mercado e chega a 4 anos de comercialização em farmácias, desde que foi lançado por farmacêutica que abriu setor no Brasil
Incorporação no SUS deve ampliar acesso do medicamento à população; Prati-Donaduzzi investe em pesquisas...
Saiba mais >
Créditos: divulgação
Inscrições para Cursinho Solidário vão até o dia 25
Projeto oferece aulas gratuitas para vestibulandos As inscrições para o semiextensivo do Cursinho Solidário,...
Saiba mais >