Série sobre cooperação pela Educação conta trajetória do primeiro ADE do Piauí

Para inspirar a realização de trabalhos colaborativos, uma série com 13 e-books conta as histórias de Arranjos de Desenvolvimento da Educação (ADEs) brasileiros. A sexta publicação traz a trajetória do ADE GE5, que começou em 2014, a partir da motivação de Antônio Silva, então secretário municipal de Educação de Tanque do Piauí. Convidado para participar do Seminário de Educação do Noroeste Paulista, evento organizado pelo ADE Noroeste Paulista, em Votuporanga (SP), o secretário conheceu mais sobre os Arranjos e percebeu o quanto o Regime de Colaboração contribui para a construção de políticas educacionais efetivas. Antônio Silva apresentou a ideia aos Dirigentes Municipais de Educação de Barra D’Alcântara, Elesbão Veloso, Francinópolis e Várzea Grande, e, em 2015, implantaram o GE5, ou seja, Grupo Educacional de 5 municípios. 

Para dar início às ações do ADE, Antônio Silva conduziu o desenvolvimento de um diagnóstico do cenário educacional nos cinco municípios. A partir dele, ficou definido o principal propósito do Arranjo que é a melhoria da educação pública com qualidade social e equidade, e a meta é melhorar os indicadores do Índice de Desenvolvimento da Educação (Ideb), nos anos iniciais e finais, para 6 pontos, alinhada ao Plano Nacional de Educação e aos Planos Municipais de Educação. A meta ainda não foi alcançada, mas o ADE GE5 já colhe resultados relevantes, como o avanço do Ideb, que passou de 3,7 em 2015 para 4,7 em 2019.

Uma estratégia pioneira do ADE foi criar os Jogos Estudantis, que se tornaram a maior competição esportiva estudantil dos territórios do Vale do Sambito e do Vale do Rio Canindé. Além de reforçar a função pedagógica do esporte, promove o bem-estar social, eleva a autoestima dos alunos, democratiza algumas práticas esportivas, engaja, dá visibilidade e impacto na sociedade local. De caráter esportivo-educacional, com a participação de todos os alunos entre 9 e 17 anos das redes municipais, as disputas por medalhas acontecem nas modalidades de atletismo: revezamento 4 x 100; 100 metros rasos; salto em distância; arremesso de peso; e futsal. A primeira fase é no âmbito escolar; a segunda, municipal; e a terceira, entre os municípios que compõem o ADE GE5. A cada ano, percebe-se o aumento do nível de preparação dos jovens para participar dos jogos, demonstrando que tem sido uma iniciativa importante, pois incentiva o desenvolvimento de valores individuais e sociais, contribui para revelar talentos para o esporte no estado e, também, auxilia na  diminuição da evasão escolar.

Outro importante objetivo do ADE GE5 é a formação continuada de professores, fundamental para fortalecer e melhorar os indicadores internos das redes e os resultados nas avaliações do governo federal. Os municípios que compõem o ADE GE5 estão entre os mais pobres do Brasil, e os alunos, em sua maioria, vivem em condições de alta vulnerabilidade social, o que aumenta ainda mais a responsabilidade das secretarias municipais de Educação em promover ensino com qualidade social, sem deixar ninguém para trás.

Vale destacar ainda a Prova GE5 implementada no Arranjo. Ela serve como ferramenta de diagnóstico da qualidade do ensino e da aprendizagem, e também, como instrumento de gestão. Além de avaliar o conhecimento dos alunos em Língua Portuguesa e Matemática, e preparar os de 3.º, 5.º e 9.º anos para as avaliações externas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), a prova possibilita implementar políticas de valorização da qualidade da educação de acordo com a particularidade de cada unidade escolar.

Os municípios participantes contam com suas equipes das secretarias de Educação para viabilizar a realização das ações, com o apoio de Antônio Silva (ex-secretário de Educação de Tanque do Piauí), que desempenha funções de coordenação, mobilização e articulação do ADE. Já o papel de liderança é compartilhado entre secretários municipais de Educação dos quatro municípios que permanecem hoje integrando o Arranjo, já que devido à mudança de gestão municipal, ocorrida em 2021, o município de Tanque do Piauí não faz mais parte do ADE GE5.

Cenário

Atualmente, 225 municípios brasileiros trabalham em 13 diferentes Arranjos, alcançando resultados importantes como diminuição da evasão, correção de distorção idade/série escolar, elevação do Índice de Desenvolvimento da Educação (Ideb), formação continuada e aprimoramento da grade curricular. 

“Queremos apresentar o trabalho, os desafios e as conquistas dos municípios que atuam em Regime de Colaboração por meio do ADE. Esses e-books podem servir de inspiração para outras regiões implantarem o Arranjo e avançar na qualidade da educação nos municípios envolvidos. Temos histórias de sucesso para mostrar e é o que faremos”, explica a coordenadora de Produção e Disseminação de Conhecimento e Comunicação no Instituto Positivo, Maria Paula Mansur Mäder.

O e-book ADE GE5 está disponível no site conteudo.instituto.positivo.com.br/ade-ge5. As publicações vêm sendo lançadas seguindo a ordem cronológica de implantação dos Arranjos. Já foram publicados os que falam sobre o ADE Chapada Diamantina e Regiões, Noroeste Paulista, dos Guarás, Agreste Litoral Norte e Granfpolis, que podem ser acessados no site do Instituto Positivo.  A próxima publicação será do ADE CoGemfri, em Santa Catarina.

Instituto Positivo

O Instituto Positivo (IP) foi criado em 2012 para fazer a gestão do investimento social de todo o Grupo Positivo em favor da comunidade. A missão do Instituto Positivo é contribuir para a melhoria da qualidade da Educação Pública do Brasil por meio do incentivo ao Regime de Colaboração. Para tornar isso possível, o IP incentiva e apoia a implantação de Arranjos de Desenvolvimento da Educação (ADE) em todo o país, desenvolve pesquisas e publicações sobre o tema e participa de discussões em instâncias como MEC, CNE, Senado e Câmara de Deputados a fim de contribuir em propostas de lei e resoluções que favoreçam esse modelo de Regime de Colaboração. O Instituto também é responsável pela gestão do Centro de Educação Infantil Maria Amélia, em Curitiba, que atende gratuitamente cerca de 100 crianças em situação de vulnerabilidade social. Para ter mais informações, acesse o site do Instituto Positivo: instituto.positivo.com.br.

 A sexta publicação traz a trajetória do ADE GE5

 Créditos: divulgação/Instituto Positivo

Share:

Latest posts

Large-DSC3539-Edit-1-1
Shopping celebra Dia Mundial do Rock com programação para crianças
Instituto Positivo
Gestores da Educação do litoral paranaense recebem formação
Palladium
Palladium lança campanha de inverno com conchas exclusivas de brinde

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

Large-DSC3539-Edit-1-1
Shopping celebra Dia Mundial do Rock com programação para crianças
Palladium Curitiba promove diversas atrações musicais ao longo do dia Para comemorar o Dia Mundial...
Saiba mais >
Instituto Positivo
Gestores da Educação do litoral paranaense recebem formação
Projeto reúne coordenadores para melhorar a qualidade educacional No litoral paranaense, a Educação...
Saiba mais >
Palladium
Palladium lança campanha de inverno com conchas exclusivas de brinde
Conjunto de talheres faz parte da campanha colecionável O Palladium Curitiba celebra a chegada do inverno...
Saiba mais >
4031C-20240608-0228-2 - 1-
Zona leste de Londrina ganha novo empreendimento residencial
Sunny Downtown, da Construtora Yticon, conta com duas torres e fica ao lado do Boulevard Shopping A...
Saiba mais >