Sicredi lança programa nacional para ampliar a participação das mulheres no cooperativismo de crédito

[flgallery id=3429 /]

Cooperativas do Sicredi em 22 estados e no Distrito Federal contam agora com estratégia nacional para formação do Comitê Mulher, iniciativa que tem sido desenvolvida com sucesso nos estados do Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro

Para potencializar a pauta da inclusão e diversidade em toda sua estrutura, o Sicredi lançou neste mês o programa Comitê Mulher Sicredi em nível nacional. Indo além da formação de grupos de discussão sobre estes temas, a iniciativa engloba um conjunto de ações que buscam promover a equidade de gênero, o empoderamento e a capacitação de mulheres para que elas possam participar da gestão em todos os níveis da organização e aumentar sua representatividade no cooperativismo de crédito. O lançamento nacional do programa coloca as questões de equidade de gênero no centro das discussões estratégicas da instituição e cria diretrizes para que todas as mais de 100 cooperativas de crédito integrantes do Sistema possam desenvolver a iniciativa localmente.

O programa tem como causa o desenvolvimento pessoal e profissional, assim como o crescimento e fortalecimento das participantes, por meio de capacitações e encontros periódicos. Os comitês podem ser formados em todas as cooperativas do Sicredi, sendo compostos por mulheres associadas à instituição, de forma voluntária. Nos estados do Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro, o Comitê Mulher já está implementado em 24 de 31 cooperativas que integram a Central Sicredi PR/SP/RJ. A iniciativa já reúne 675 participantes ativas (números de dezembro de 2019). O processo resultou em 62 integrantes eleitas coordenadores de núcleo e 15 nomeadas como conselheiras nas eleições do ano passado.

“Buscamos ser uma instituição financeira cooperativa cada vez mais comprometida com o desenvolvimento econômico e social dos associados e das comunidades. Para que isso seja alcançado de maneira sustentável e coerente, entendemos ser imprescindível reforçar o debate sobre inclusão e diversidade em toda a organização. Nesse sentido, um dos nossos objetivos é proporcionar espaços para que as mulheres sejam ainda mais atuantes em nossas cooperativas de crédito, participando ativamente dos comitês e do quadro social das entidades.”, afirma Manfred Alfonso Dasenbrock, presidente da SicrediPar, da Central Sicredi PR/SP/RJ e conselheiro do Woccu (sigla em inglês para Conselho Mundial de Cooperativas de Crédito).

Cada Comitê Mulher tem como abrangência a área de atuação de sua cooperativa, possui um plano de ação claro e objetivo, que será acompanhado pelo Conselho de Administração da própria cooperativa. Esse plano tem por base os direcionadores de sustentabilidade do Sicredi: relacionamento e cooperativismo, desenvolvimento local e soluções responsáveis. Ao longo do ano, as membras cumprem uma agenda de interações entre si, com encontros locais, regionais e nacionais para troca de experiências.

“Queremos ampliar a participação feminina no cooperativismo de crédito, buscando aumentar a presença de mulheres em cargos de liderança. Iniciamos esse movimento no Sicredi em 2016, quando cada cooperativa criava suas iniciativas. Agora, com o programa Comitê Mulher institucionalizado, a nossa estratégia certamente será potencializada. Somos pioneiros no setor por termos introduzido o nosso modelo de negócio no país, e também passaremos a ser reconhecidos por abrir as portas do cooperativismo à maior participação feminina nele”, explica João Tavares, diretor presidente da Fundação Sicredi.

Integração global

Inclusão e diversidade são temas debatidos em empresas de diversos perfis no mundo todo e vêm tendo sua implementação impulsionada por meio da agenda 2030 do Pacto Global da ONU e seus 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. 

O programa Comitê Mulher Sicredi atende a três deles: “Educação de Qualidade” (ODS 4), que visa assegurar a educação inclusiva e equitativa de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos; “Igualdade de Gênero” (ODS 5), alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas; “Trabalho Decente e Crescimento Econômico” (ODS 8), promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, o emprego pleno e produtivo e o trabalho decente para todos.

A iniciativa também está alinhada à criação da Rede Global de Mulheres Líderes, criada em 2009 pelo Conselho Mundial de Cooperativas de Crédito (WOCCU, na sigla em inglês) para oferecer às mulheres oportunidade e recursos de desenvolvimento de carreira nas cooperativas de crédito em que trabalham. 

“Com o programa Comitê Mulher Sicredi queremos dar as ferramentas para aumentar a equidade de gênero em todos os níveis de gestão das cooperativas, empoderando as mulheres para que possam liderar, empreender e promover o desenvolvimento sustentável do cooperativismo de crédito no Brasil e no mundo”, reforça Gisele Gomes, associada do Sicredi e embaixadora da Rede Global de Mulheres Líderes, iniciativa apoiada pelo Sicredi no Brasil.

Sobre o Sicredi

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão do Sicredi valoriza a participação dos mais de 4,5 milhões de associados, os quais exercem papel de donos do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados* e no Distrito Federal, com mais de 1.900 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros (www.sicredi.com.br).

*Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

Facebook | Twitter | LinkedIn | YouTube

Share:

Latest posts

Parintins (1)
Do sertanejo à comédia, Teatro Positivo divulga programação de março
3670c-20210320-0112 (1)
Iluminação de interiores: conforto visual e sofisticação em cada detalhe
©2021 Ebraim Martini
Em busca de um carro por assinatura? Confira dicas para não errar na escolha do plano

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

Parintins (1)
Do sertanejo à comédia, Teatro Positivo divulga programação de março
Além dos shows e peças teatrais, Teatro recebe espetáculos do tradicional Festival de Curitiba espetáculos...
Saiba mais >
3670c-20210320-0112 (1)
Iluminação de interiores: conforto visual e sofisticação em cada detalhe
Arquiteta da A.Yoshii dá dicas sobre o uso da iluminação para transformar ambientes e criar verdadeiras...
Saiba mais >
©2021 Ebraim Martini
Em busca de um carro por assinatura? Confira dicas para não errar na escolha do plano
Com opções contratuais de 12, 18 e 24 meses e franquias de 500 a 2 mil quilômetros por mês, especialista...
Saiba mais >
Hard Rock Café Curitiba
Hard Rock Cafe Curitiba: programação pós-carnaval conta com atrações de blues, pop rock e soul
Confira programação completa do final do mês no restaurante Durante a segunda quinzena de fevereiro,...
Saiba mais >