Notícias Central Press

Última edição diária da Gazeta do Povo vira documentário

Postado no dia: 27 de maio de 2019
Última edição diária da Gazeta do Povo vira documentário

Projeto Virando a Página é lançado na próxima quarta-feira (29), no Cine Passeio

  1. Grupo de 20 alunos do curso de Jornalismo da Universidade Positivo documentou última edição da Gazeta do Povo Créditos: Divulgação

O dia 31 de maio de 2017 marcou a história do jornalismo paranaense. Durante a produção da última edição impressa diária do jornal Gazeta do Povo, um grupo de 20 alunos do curso de Jornalismo da Universidade Positivo acompanhou e documentou todo o processo. Coordenados pela professora e jornalista da Gazeta do Povo há 15 anos, Katia Brembatti, e pelo professor de Cinema Documentário, Felipe Harmata, os estudantes passaram 24h acompanhando a redação e a gráfica. O projeto estreia nesta quarta-feira (29), às 19h, no Cine Passeio, em Curitiba.

Para o professor Felipe Harmata, o mais importante do projeto foi poder registrar ao vivo uma grande mudança de paradigma na área da comunicação. “Naquele momento, documentamos uma grande guinada dentro do mercado do Jornalismo, em que a notícia “com hora marcada”, representada pelo jornal impresso, se torna o que vemos hoje: a notícia em tempo real, dinâmica e virtual”, comenta.

Além da mudança dentro do jornal, o documentário ainda marca algumas histórias. “Lembro da primeira vez em que vi uma rotativa funcionando e tive certeza de que era aquilo que eu queria para minha vida. Dentro da Gazeta do Povo, inúmeras vezes me vi observando a gráfica e vendo matérias especiais minhas rodando”, comenta Katia. Para a professora, o projeto reforça a importância do Jornalismo na sociedade. “Ainda que combalido e até apanhando muito – em alguns casos injustamente -, o jornalismo está vivíssimo e hoje alcança muito mais pessoas que no passado, quando era somente impresso”, ressalta.

Ana Clara Faria, egressa do curso de Jornalismo da Universidade Positivo e uma das produtoras do documentário, destaca a produção do roteiro como a mais marcante do processo. “Foi nesse momento em que sentamos e entendemos que precisávamos saber contar aquela história de uma forma fiel e humana. Exigiu habilidade e perspicácia de saber capturar o que era essencial e que deveria ficar marcado em um documentário”, conta.

O documentário Virando a Página é lançado em sessão única e gratuita, na próxima quarta-feira (29), às 19 horas, na sala Valêncio Xavier, no Cine Passeio. O evento conta com a presença de Leonardo Mendes Júnior, ex-diretor de redação do jornal Gazeta do Povo, e Marden Machado, crítico de cinema. O projeto é uma iniciativa da Escola de Comunicação e Design da Universidade Positivo.

 

Sobre a Universidade Positivo

A Universidade Positivo concentra, na Educação Superior, a experiência educacional de mais de quatro décadas do Grupo Positivo. A instituição teve origem em 1988 com as Faculdades Positivo, que, dez anos depois, foram transformadas no Centro Universitário Positivo (UnicenP). Em 2008, foi autorizada pelo Ministério da Educação a ser transformada em Universidade. Atualmente, oferece mais de 50 cursos de Graduação presenciais, quatro cursos de Doutorado, sete cursos de Mestrado, mais de 190 programas de Especialização e MBA, sete cursos de idiomas e dezenas de programas de Extensão. A Universidade Positivo conta com três unidades em Curitiba, uma unidade em Londrina (PR), uma unidade em Joinville (SC), além de polos de Educação a Distância (EAD) em mais de 50 cidades espalhadas pelo Brasil. Em 2018, a Universidade Positivo foi classificada entre as 100 instituições mais bem colocadas no ranking mundial de sustentabilidade da UI GreenMetric.

Todas as notícias