Volta às aulas: como ajudar os filhos no início do ano letivo?

O início de fevereiro sempre indica a chegada do novo ano letivo. Nesse período, para muitas famílias, surge o desafio de garantir uma transição suave para seus filhos após as férias. Nesse contexto, o papel dos pais é crucial para que o início das aulas ocorra da forma mais tranquila possível. Sendo assim, é fundamental que escola e família trabalhem em conjunto para que essa transição aconteça conforme o esperado.

Os pais e responsáveis desempenham um papel fundamental no processo de ensino-aprendizagem, complementando o trabalho da escola e criando um ambiente favorável ao desenvolvimento acadêmico e emocional dos alunos. “A família dispõe de vastos recursos para oferecer suporte afetivo, um elemento crucial no processo de aprendizagem”, aponta Anderson Leal, consultor pedagógico da Conquista Solução Educacional.

A família também tem um papel importante na estruturação de rotinas, fundamentais para o processo educacional, principalmente para os mais jovens. Estabelecer horários fixos para os estudos, intercalados com momentos de descanso e atividades de lazer, contribui para a formação de um ambiente organizado, favorecendo o aprendizado. “A principal ajuda que a família pode dar é o estabelecimento de uma rotina consistente. Ao criar essa estrutura e respeitar o período de adaptação, os adultos fornecem ao estudante um suporte emocional primordial durante a transição de retorno às aulas”, destaca o especialista.

Segundo ele, a participação ativa dos pais na vida escolar dos filhos é frequentemente negligenciada, especialmente à medida que eles crescem. “No Ensino Médio, o envolvimento da família na vida escolar do estudante torna-se menos evidente. O trabalho deve ser colaborativo; não é viável que escola ou pais atuem sem o apoio um do outro”, afirma. O especialista recomenda que os pais conversem com os filhos sobre os estudos pelo menos duas a três vezes por semana, uma prática que pode melhorar a eficácia do aprendizado.

Além disso, a presença positiva e ativa na jornada educacional dos filhos é essencial para criar um ambiente motivador que estimula o aprendizado. Esse envolvimento evidencia para as crianças que a educação é valorizada por toda a família, promovendo uma abordagem mais segura e séria em relação à escola. “Por meio do exemplo familiar, os filhos percebem o valor atribuído a diferentes atividades. Por exemplo, a presença dos pais em eventos escolares, como apresentações, faz com que a criança reconheça a importância desses momentos e se sinta encorajada a se empenhar. O mesmo princípio se aplica aos estudos”, detalha Leal.

O especialista salienta que a desvalorização do processo educacional pela família pode ser internalizada pela criança, levando a um desinteresse que afeta negativamente o aprendizado e é frequentemente relacionado a um baixo rendimento do estudante, refletindo, inclusive, nas notas. “A presença dos pais na vida escolar tem inúmeros benefícios. É fundamental que esse envolvimento comece desde o início do ano letivo, minimizando as adversidades que o aluno pode enfrentar”, finaliza.

Sobre a Conquista Solução Educacional

A Conquista é uma solução educacional que oferece aos alunos da Educação Infantil, do Ensino Fundamental e do Ensino Médio uma proposta de educação e futuro que integra a família, a escola e a comunidade. Com diversos recursos, material didático completo e livros de Empreendedorismo e Educação Financeira, o objetivo da solução é ajudar, de forma consistente, os alunos no processo de aprendizagem e estimular o desenvolvimento de suas capacidades. Atualmente, mais de 1.700 escolas de todo o Brasil utilizam a solução.

Share:

Latest posts

volta2
Projeto da rede pública de Mariópolis vence concurso nacional de Educação
Aposentada Anete Langaro retomou atividades dias após realizar artroplastia total de joelho Créditos: Arquivo pessoal
Técnicas avançadas favorecem cirurgias menos invasivas em idosos
Tatielle Alyne, atleta de futebol feminino de 19 anos, tem difícil missão de lidar com uma lesão enquanto corre atrás de seus sonhos no esporte Créditos: Arquivo pessoal
Mulheres enfrentam maior risco de lesões em joelhos na prática de esporte

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

volta2
Projeto da rede pública de Mariópolis vence concurso nacional de Educação
Trabalho sobre diferentes culturas foi feito com turma da Educação Infantil O projeto “Vamos dar a...
Saiba mais >
Aposentada Anete Langaro retomou atividades dias após realizar artroplastia total de joelho Créditos: Arquivo pessoal
Técnicas avançadas favorecem cirurgias menos invasivas em idosos
Hospitais registram crescimento superior a 40% em procedimentos para pacientes acima de 70 anos; avanços...
Saiba mais >
Tatielle Alyne, atleta de futebol feminino de 19 anos, tem difícil missão de lidar com uma lesão enquanto corre atrás de seus sonhos no esporte Créditos: Arquivo pessoal
Mulheres enfrentam maior risco de lesões em joelhos na prática de esporte
Estudos indicam que chance é até oito vezes maior entre as jogadoras e o futebol é campeão nesse tipo...
Saiba mais >
Espaços para prática da fé em hospitais são demonstração de respeito às necessidades de pacientes e familiares Créditos: Divulgação
Espaços para prática da fé e espiritualidade são aliados no tratamento e internações médicas
Acolhimento se estende a pacientes, familiares e profissionais da saúde, com iniciativas perto de centros...
Saiba mais >