Água, café, suco ou refrigerante: como você toma medicamentos pode interferir na eficácia

Horário, combinação entre medicamentos diferentes e até o líquido escolhido devem ser levados em conta e analisados em conjunto com profissionais de saúde

Acompanhamento médico, escolha da medicação mais adequada, atenção minuciosa aos horários. Todo esse protocolo de cuidados pode ir por água abaixo se o paciente não se preocupar com um detalhe: a escolha do líquido para engolir o comprimido ou a cápsula. Com muitos medicamentos sendo receitados para os horários do café da manhã ou almoço, a dúvida de muitas pessoas é se o café, o suco ou o refrigerante podem ser uma opção nessa rotina. 

Considerando que dentro de cada medicamento há agentes químicos pensados para percorrer o corpo e solucionar o problema, ao ser misturado com outra substância – que não seja a água -, seu objetivo principal pode ser alterado. “Quando o comprimido ou a cápsula é ingerido com leite, suco, refrigerante ou café pode ocorrer interação medicamentosa, alterando o tempo de absorção, a resposta e a ação do medicamento”, explica a farmacêutica e supervisora da garantia da qualidade da Prati-Donaduzzi, Heveline Martinelli. 

O recomendado, segundo a especialista, é tomar com água, na quantia de aproximadamente um copo. “Deve sempre atentar-se às particularidades constantes em bula e na prescrição”. Outro cuidado é com comprimidos pequenos, como o anticoncepcional, que não podem ser ingeridos à seco, com a saliva. Ao entrar no corpo, o comprimido se dissolve e segue pela corrente sanguínea até chegar ao local que vai metabolizar sua composição, e é esse caminho que pode sofrer atraso e alteração. 

Horário e combinação

Porém não é apenas o líquido que pode impactar nesse processo, até mesmo os demais comprimidos tomados no mesmo horário, interferem na eficácia e ação de cada medicamento. “Pode haver interação medicamentosa, alterando absorção/efeito, aumentando o risco de toxicidade ou causando efeitos colaterais inesperados. O ideal é solicitar orientação de um farmacêutico para distribuir, conforme a prescrição médica, os melhores horários de administração”, complementa Heveline, explicando que cada medicamento tem sua função e o recomendado é entender as particularidades do que está tomando. 

É importante sempre atentar para aquilo que o corpo precisa. Tomar apenas medicamentos receitados e indicados pelo médico de confiança, além de buscar saber sobre eles e a melhor forma de ingerir as cápsulas ou comprimidos. No decorrer da consulta, lembre-se de conversar com o profissional sobre o que já está tomando, se o novo produto pode ser somado com o anterior, procurando conciliar os melhores horários e bebidas.

Sobre a Prati-Donaduzzi

A Prati-Donaduzzi, indústria farmacêutica 100% nacional, é especializada no desenvolvimento e produção de medicamentos. Com sede em Toledo, Oeste do Paraná, produz aproximadamente 13 bilhões de doses terapêuticas por ano e gera mais de 5 mil empregos. A indústria possui um dos maiores portfólios de medicamentos genéricos do Brasil e desde 2019 vem atuando na área de Prescrição Médica, sendo a primeira farmacêutica a produzir e comercializar o Canabidiol no Brasil.

Share:

Latest posts

volta2
Projeto da rede pública de Mariópolis vence concurso nacional de Educação
Aposentada Anete Langaro retomou atividades dias após realizar artroplastia total de joelho Créditos: Arquivo pessoal
Técnicas avançadas favorecem cirurgias menos invasivas em idosos
Tatielle Alyne, atleta de futebol feminino de 19 anos, tem difícil missão de lidar com uma lesão enquanto corre atrás de seus sonhos no esporte Créditos: Arquivo pessoal
Mulheres enfrentam maior risco de lesões em joelhos na prática de esporte

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

volta2
Projeto da rede pública de Mariópolis vence concurso nacional de Educação
Trabalho sobre diferentes culturas foi feito com turma da Educação Infantil O projeto “Vamos dar a...
Saiba mais >
Aposentada Anete Langaro retomou atividades dias após realizar artroplastia total de joelho Créditos: Arquivo pessoal
Técnicas avançadas favorecem cirurgias menos invasivas em idosos
Hospitais registram crescimento superior a 40% em procedimentos para pacientes acima de 70 anos; avanços...
Saiba mais >
Tatielle Alyne, atleta de futebol feminino de 19 anos, tem difícil missão de lidar com uma lesão enquanto corre atrás de seus sonhos no esporte Créditos: Arquivo pessoal
Mulheres enfrentam maior risco de lesões em joelhos na prática de esporte
Estudos indicam que chance é até oito vezes maior entre as jogadoras e o futebol é campeão nesse tipo...
Saiba mais >
Espaços para prática da fé em hospitais são demonstração de respeito às necessidades de pacientes e familiares Créditos: Divulgação
Espaços para prática da fé e espiritualidade são aliados no tratamento e internações médicas
Acolhimento se estende a pacientes, familiares e profissionais da saúde, com iniciativas perto de centros...
Saiba mais >