Artigo: A Psicologia das Olimpíadas

Por Gilberto Gaertner, psicólogo da seleção olímpica de vôlei masculino e professor da Universidade Positivo

A importância da psicologia para atletas é conhecida há bastante tempo, mas só recentemente a eficácia das intervenções está sendo reconhecida. Nesse tipo de intervenção psicológica, muitos aspectos do esporte devem ser considerados, desde a cultura específica da modalidade até as influências socioculturais imersas na atividade. O principal objetivo é a otimização do rendimento do atleta, com estratégias que conduzem à plenitude física, técnica e psicológica, visando à melhora da performance.
A preparação do jogador é a soma de quatro pilares: físico, técnico, tático e psicológico. Todos devem estar em equilíbrio para que o atleta possa render o máximo possível. É um grande desafio, pois todos sonham em ganhar uma medalha olímpica no seu próprio país. Então, a tensão e a emoção estarão à flor da pele. O trabalho é multidisciplinar e, na Seleção, todos integrantes da comissão técnica são de altíssimo nível. Sendo assim, a técnica apenas não basta para o atleta ter um rendimento alto. O treinamento mental é fundamental. Afinal, a exigência emocional está incluída em todos os movimentos. Como a carga psíquica é muito forte nessas competições, existe também o treinamento cognitivo e sistêmico, integrado com a área técnica.
A psicologia do esporte trabalha preventivamente. Os atletas são treinados para antecipar pensamentos, situações e possibilidades que podem vir a acontecer durante a competição. Treina-se controle de respiração e meditação para lidar com emoções intensas, como medo, estresse e ansiedade. O esporte de alto rendimento é terreno fértil para a preocupação com o psicológico dos atletas, uma vez que as condições de trabalho são extremas e sempre se trabalha nos limites das emoções humanas. Com isso, também são envolvidas as particularidades de cada personalidade.
Para cada membro da equipe, existe uma especificidade para gerir ansiedade, agressividade e impulsividade. Mas existe uma regra geral: sempre colocar as emoções a favor deles. A interação positiva, a confiança e a ajuda mútua são temas fundamentais para o grupo ter bom entrosamento. O psicólogo soma esforços com a comissão técnica para que o comprometimento, o trabalho e o aperfeiçoamento continuado de todos os integrantes da equipe possam fazer a diferença no rendimento da seleção. É importante destacar que, na Seleção, todos os atletas são de excelência e estão entre os melhores do mundo em suas posições, o trabalho da psicologia do esporte visa contribuir para aperfeiçoar ainda mais suas habilidades e capacidades.
Nas Olimpíadas, um dos fatores primordiais é o foco. Por isso, tentamos manter distância de todas as fontes de distração externa. A blindagem da equipe é necessária para que não haja muita exposição e que isso não afete a concentração no momento da competição. Como a concentração e atenção são exigidas ao máximo dos jogadores, essas acabam sendo as prioridades no treinamento psicológico. A busca pela excelência em todos os pontos, a otimização das questões técnicas aliadas às emocionais, a coesão do grupo e a consciência de que cada um tem a sua importância para o resultado final são os pilares para alcançarem o objetivo final: uma medalha olímpica.

Share:

Latest posts

Aposentada Anete Langaro retomou atividades dias após realizar artroplastia total de joelho Créditos: Arquivo pessoal
Técnicas avançadas favorecem cirurgias menos invasivas em idosos
Tatielle Alyne, atleta de futebol feminino de 19 anos, tem difícil missão de lidar com uma lesão enquanto corre atrás de seus sonhos no esporte Créditos: Arquivo pessoal
Mulheres enfrentam maior risco de lesões em joelhos na prática de esporte
Espaços para prática da fé em hospitais são demonstração de respeito às necessidades de pacientes e familiares Créditos: Divulgação
Espaços para prática da fé e espiritualidade são aliados no tratamento e internações médicas

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

Aposentada Anete Langaro retomou atividades dias após realizar artroplastia total de joelho Créditos: Arquivo pessoal
Técnicas avançadas favorecem cirurgias menos invasivas em idosos
Hospitais registram crescimento superior a 40% em procedimentos para pacientes acima de 70 anos; avanços...
Saiba mais >
Tatielle Alyne, atleta de futebol feminino de 19 anos, tem difícil missão de lidar com uma lesão enquanto corre atrás de seus sonhos no esporte Créditos: Arquivo pessoal
Mulheres enfrentam maior risco de lesões em joelhos na prática de esporte
Estudos indicam que chance é até oito vezes maior entre as jogadoras e o futebol é campeão nesse tipo...
Saiba mais >
Espaços para prática da fé em hospitais são demonstração de respeito às necessidades de pacientes e familiares Créditos: Divulgação
Espaços para prática da fé e espiritualidade são aliados no tratamento e internações médicas
Acolhimento se estende a pacientes, familiares e profissionais da saúde, com iniciativas perto de centros...
Saiba mais >
Grupo Marista
Presidente do Grupo Marista é nomeado chefe provincial da Província Marista do Brasil Centro-Sul
Nesta segunda-feira (25/03), o Irmão Vanderlei Siqueira dos Santos foi nomeado Superior Provincial da...
Saiba mais >