+55 41 3026.2610

Notícias Central Press

Atletas do Pentatlo Moderno treinam em Curitiba

Postado no dia: 12 de agosto de 2016
Atletas do Pentatlo Moderno treinam em Curitiba
  1. Yane Marques, única detentora de medalha olímpica no Pentatlo Moderno em todo o Hemisfério Sul(Divulgação)
  2. Yane Marques cativa alunos do Ensino Fundamental(Divulgação)

Yane Marques, Lena Schonebarn, Claudia Cesarini, Valentin Belaud, Elodie Clouvel e Charles Rodrigues disputam medalha na Rio 2016

Atletas do Brasil, Alemanha, Itália, França e Guatemala, que disputam o Pentatlo Moderno nos Jogos Olímpicos Rio 2016, estão treinando na Universidade Positivo (UP), em Curitiba, até este sábado, 13 de agosto. O Pentatlo Moderno é um esporte olímpico que reúne cinco modalidades no mesmo dia: Atletismo, Natação, Esgrima, Hipismo e Tiro Esportivo. O esporte, que estreou nos Jogos Olímpicos em Estocolmo, 1912, conta com disputas individuais no masculino e no feminino. No Rio de Janeiro, as provas começam no dia 18, com a esgrima.

Uma das maiores atletas da modalidade é a pernambucana Yane Marques, que carregou a bandeira do Brasil na entrada da delegação na cerimônia de abertura dos Jogos. “Foi uma experiência muito válida, fiquei muito feliz com a indicação, pois são pouquíssimos atletas que têm essa oportunidade. Eu fui ao Rio de Janeiro só para isso, voltei rápido para Curitiba e voltei para os treinos”, comenta. Ela é a única detentora de medalha olímpica no Pentatlo Moderno em todo o Hemisfério Sul. Yane Marques tem no seu currículo diversos títulos, como as medalhas do Sul-Americano de 2004, 2005, 2006, 2007, 2008, 2009 e 2012 e as medalhas do Pan-Americano de 2007, 2009, 2010, 2011, 2012 e 2014.

Yane comentou sobre sua apresentação animada na abertura no Maracanã e diz que até arriscou uns passos de frevo. “Eu não pensei muito sobre o que iria fazer no momento, apenas segui meu coração e senti a energia do momento. Apesar de estar representando todos os brasileiros, não podia deixar de caracterizar minha origem, pois em Pernambuco dançamos muito o frevo”, explica a atleta.

Outros atletas de outros países também estão treinando na UP:

 

Lena Schonebarn – Alemanha

  • Campeã olímpica em Pequim 2008
  • Campeã mundial 2016

 

Claudia Cesarini – Itália

  • Campeã da Copa do Mundo RJ 2016

 

Valentin Belaud – França

  • Campeão mundial 2016

 

Elodie Clouvel – França

  • Vice-campeã mundial 2016

 

Charles Rodrigues – Guatemala

  • Campeão pan-americano em Toronto 2015

 

 

Sobre a Universidade Positivo –A Universidade Positivo (UP) concentra, na Educação Superior, a experiência educacional de mais de quatro décadas do Grupo Positivo. A instituição teve origem em 1988 com as Faculdades Positivo, que, dez anos depois, foram transformadas no Centro Universitário Positivo (UnicenP). Em 2008, foi autorizada pelo Ministério da Educação a ser transformada em Universidade. Atualmente, oferece 59 cursos de Graduação (33 cursos de Bacharelado e Licenciatura e 26 Cursos Superiores de Tecnologia), três programas de Doutorado, quatro programas de Mestrado, centenas de programas de Especialização e MBA e dezenas de programas de Extensão. Em Curitiba, a UP conta com três campus: Ecoville, que ocupa uma área de 424,8 mil metros quadrados, Praça Osório, no centro da cidade, e Mercês – Catarina Labouré. Lançou, em 2013, seu programa de Educação à Distância, com dezenas de polos em todo o país. É considerada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) a melhor universidade privada do Paraná, pelo quarto ano consecutivo.

 

Todas as notícias