Biotecnologia aliada à saúde

Antibióticos, vacinas e insulina para tratamento da diabetes. Esses são alguns exemplos de onde a Biotecnologia pode ser aplicada na área da Saúde. De acordo com a  coordenadora do Programa de Doutorado Profissional em Biotecnologia Industrial da Universidade Positivo, professora Leila Teresinha Maranho, apesar de contemplar atividades produtivas praticadas há mais de seis mil anos para o desenvolvimento de produtos alimentícios, a biotecnologia ganhou notoriedade somente nas últimas décadas. “Hoje em dia é considerada uma das áreas do conhecimento com maior potencial de trazer benefícios significativos à humanidade neste século, já que tem impacto direto no tratamento de doenças”, explica.
Segundo a professora, os anticorpos monoclonais, por exemplo, são um grande avanço, já que podem ser utilizados, inclusive, no tratamento de alguns tipos de câncer. “Em laboratório, produzimos os anticorpos monoclonais específicos para um tipo de antígeno”, conta.
A Universidade Positivo está com inscrições abertas para o Doutorado Profissional em Biotecnologia Industrial. São quatro áreas de concentração: Agroindustrial e Agroalimentar, Biocombustíveis, Meio Ambiente e Saúde. O programa foi recomendado com conceito máximo pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Por ser um Doutorado Profissional, o curso tem foco no mercado de trabalho e, como principal propósito, qualificar profissionais, estreitando a relação entre a universidade e o setor produtivo.
Com início em 14 de março de 2019, o Doutorado Profissional tem duração de quatro anos e as inscrições seguem até 1° de março. Mais informações e o edital podem ser acessados pelo site www.up.edu.br/mestrado-e-doutorado/biotecnologia-industrial.
 
Serviço
Programa de Doutorado Profissional em Biotecnologia Industrial
Inscrições: até 1° de março
Início das aulas: 14 de março
Mais informações: www.up.edu.br/mestrado-e-doutorado/biotecnologia-industrial
 
Sobre a Universidade Positivo
A Universidade Positivo concentra, na Educação Superior, a experiência educacional de mais de quatro décadas do Grupo Positivo. A instituição teve origem em 1988 com as Faculdades Positivo, que, dez anos depois, foram transformadas no Centro Universitário Positivo (UnicenP). Em 2008, foi autorizada pelo Ministério da Educação a ser transformada em Universidade. Atualmente, oferece mais de 50 cursos de Graduação presenciais, quatro cursos de Doutorado, sete cursos de Mestrado, mais de 190 programas de Especialização e MBA, sete cursos de idiomas e dezenas de programas de Extensão. A Universidade Positivo conta com sete unidades em Curitiba, uma unidade em Londrina (PR), uma unidade em Joinville (SC), além de polos de Educação a Distância (EAD) em mais de 50 cidades espalhadas pelo Brasil. Em 2018, a Universidade Positivo foi classificada entre as 100 instituições mais bem colocadas no ranking mundial de sustentabilidade da UI GreenMetric.

Share:

Latest posts

Créditos: Freepik
Universidade Positivo recebe feira de adoção de cães nesta quarta-feira (12)
Crédito: Marcos Vinícius
Às vésperas do Dia dos Namorados, shopping promove encontro para solteiros
Foto: divulgação
Caminhada melhora saúde, fortalece vínculos sociais e promove solidariedade

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

Créditos: Freepik
Universidade Positivo recebe feira de adoção de cães nesta quarta-feira (12)
Evento tem animais do Complexo Penitenciário de Piraquara disponíveis para adoção A Universidade Positivo...
Saiba mais >
Crédito: Marcos Vinícius
Às vésperas do Dia dos Namorados, shopping promove encontro para solteiros
Com música, cardápio especial de bebidas e comidas, cinema e decoração romântica, a 9.ª edição da Sessão...
Saiba mais >
Foto: divulgação
Caminhada melhora saúde, fortalece vínculos sociais e promove solidariedade
Exercício é capaz de combater doenças, melhorar a saúde mental e até contribuir com a economia A caminhada...
Saiba mais >
mice
Revista MICE Curitiba chega à terceira edição
Publicação bilíngue destaca conquistas da cidade mais inteligente do mundo e o crescimento do turismo...
Saiba mais >