Caso Americanas: entenda o que aconteceu e como evitar rombos no caixa da sua empresa

Uma notícia bombástica surpreendeu todo o Brasil neste início de ano: as Lojas Americanas, gigante varejista brasileira, revelou inconsistências contábeis nos números, reportando um rombo financeiro de R$ 20 bilhões. O fato levantou muitas questões, principalmente no meio empresarial: por quais motivos uma empresa tão grande deixou passar despercebido um número dessa magnitude? Se isso aconteceu com uma gigante do mercado, quais as chances de acontecer com organizações menores? 

Para o professor Marco Aurélio Pitta, coordenador de programas de MBA nas áreas Tributária, Contábil e de Controladoria da Universidade Positivo (UP), o procedimento financeiro e contábil que a Americanas adotou nos últimos anos estava relacionado à operação chamada de risco sacado – que é quando o varejista tem uma dívida com um fornecedor e faz a venda dessa dívida para uma instituição financeira. “Com essa operação, a empresa ganha prazo de pagamento e o fornecedor recebe do banco. O problema é que nessas transações há juros e, nesse caso, os juros não foram contabilizados da forma adequada. Em vez do valor correspondente aos juros ser incluído no resultado, foi abatido da conta de fornecedores, por isso eles acabaram inflando os lucros acumulados e, consequentemente, maquiando o balanço da empresa”, ressalta.

“Agora, a investigação está em andamento para descobrir quem são os responsáveis pelo rombo. Provavelmente, os contadores serão os primeiros a serem ouvidos para que esclareçam se foi erro deles ou se foi cometido por ordem da diretoria. Essa questão está em aberto, mas além dos contadores, os membros da alta administração e os auditores externos também devem ser investigados”, destaca. A empresa entrou em recuperação judicial, com dívida de R$43 milhões, e criou um comitê interno para investigar o rombo. 

Como evitar rombos?

De acordo com Pitta, para evitar rombos nas finanças, as empresas precisam ter uma equipe de contabilidade bem preparada, e não agir como coadjuvante. “Essa tem que ser uma área com protagonismo, com profissionais experientes e que saibam o que estão fazendo. Além disso, é importante ter uma estrutura interna de compliance, que possa verificar os principais ativos e passivos, e também ter um plano de ação para cada uma das contas, para que seja investigado e acompanhado”, explica Pitta. 

Outro ponto fundamental é fazer uma auditoria externa para prestar esclarecimentos aos acionistas e à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), autarquia vinculada ao Ministério da Economia que desenvolve, regulamenta e fiscaliza o mercado de valores mobiliários, como instrumento de captação de recursos para as empresas, protegendo o interesse dos investidores e assegurando ampla divulgação das informações sobre os emissores e seus valores mobiliários. “Além disso, ter uma auditoria interna e estrutura interna confiável, a fim de evitar inconsistências contábeis nas finanças da empresa”, finaliza.

 

Sobre a Universidade Positivo

A Universidade Positivo é referência em Ensino Superior entre as IES do Estado do Paraná e é uma marca de reconhecimento nacional. Com salas de aula modernas, laboratórios com tecnologia de ponta e mais de 400 mil metros quadrados de área verde no campus sede, a Universidade Positivo é reconhecida pela experiência educacional de mais de três décadas. A Instituição conta com três unidades em Curitiba (PR), uma em Londrina (PR), uma em Ponta Grossa (PR) e mais de 70 polos de EAD no Brasil. Atualmente, oferece mais de 60 cursos de graduação, centenas de programas de especialização e MBA, cinco programas de mestrado e doutorado, além de cursos de educação continuada, programas de extensão e parcerias internacionais para intercâmbios, cursos e visitas. Além disso, tem sete clínicas de atendimento gratuito à comunidade, que totalizam cerca de 3.500 metros quadrados. Em 2019, a Universidade Positivo foi classificada entre as 100 instituições mais bem colocadas no ranking mundial de sustentabilidade da UI GreenMetric. Desde março de 2020 integra o Grupo Cruzeiro do Sul Educacional. Mais informações em up.edu.br/

Share:

Latest posts

WhatsApp-Image-2024-02-20-at-17.48
Exposição Traços do Cotidiano explora a beleza das coisas simples
NoahMGA - 1-
Hall de entrada: boas-vindas e impressão marcante à primeira vista
Selective focus shot of basil leaves
5 plantas que afastam o mosquito da dengue

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

WhatsApp-Image-2024-02-20-at-17.48
Exposição Traços do Cotidiano explora a beleza das coisas simples
“Tudo pode ser transformado em arte”, afirma a artista plástica Magali Tieppo Robaina, responsável pela...
Saiba mais >
NoahMGA - 1-
Hall de entrada: boas-vindas e impressão marcante à primeira vista
Ambientes destacam-se em projetos arquitetônicos, refletindo o luxo e a sofisticação dos edifícios Não...
Saiba mais >
Selective focus shot of basil leaves
5 plantas que afastam o mosquito da dengue
Com um aumento de mais de 445% nos casos da doença em comparação ao mesmo período do ano passado, a adoção...
Saiba mais >
_- 65 - 2-
Arte da sustentabilidade: exposição gratuita apresenta itens decorativos inovadores feitos com resíduos da construção civil
Até 1.º de março, Instituto A.Yoshii destaca mais de 40 obras únicas criados nos projetos Obra&Arte...
Saiba mais >