Ecossistemas de inovação permitem crescimento de empresas mesmo distantes de grandes centros urbanos

Inovação. Esse é o conceito-chave que norteia o crescimento e desenvolvimento de empresas. Em tempos de transformação digital, o diferencial competitivo, a atualização de processos e a modernização das gestões organizacionais ganham maior importância. Mas as estratégias precisam ir muito além de questões estruturais, já que fatores como a cultura e o ambiente da empresa têm se mostrado elementos primordiais para o estímulo à criação de novas ideias. Para redirecionar os esforços, inovar tem sido a resposta de empresas que buscam superar métodos antigos e estabelecer novas ações.

Ecossistemas de inovação de sucesso criam negócios e cadeias produtivas que crescem rapidamente”, afirma Márcio Viana, diretor-executivo da TOTVS Curitiba. Segundo o especialista, mesmo que empresas de determinada localidade não sejam altamente disruptivas, basta a atração de um volume expressivo de startupsscale-ups ou empresas de base tecnológica de sucesso para criar-se um círculo virtuoso de desenvolvimento sustentável. “Empresas inovadoras costumam investir em empreendimentos inovadores para manter sua posição competitiva no mercado, criando um efeito multiplicador que dá maior robustez ao ecossistema”, reforça.

Apostar na capacitação profissional e desenvolvimento do capital humano é um importante passo rumo à inovação. Para Otto Ferreira Neto, diretor de indústria na Associação Comercial e Industrial de Ponta Grossa (ACIPG), além dos benefícios da qualificação de competências e habilidades dos profissionais, oferecer oportunidades de aprendizado contribui para a atração e retenção de talentos. “É preciso que as empresas caminhem na direção de um planejamento estratégico que destine parte do faturamento para a inovação“, explica o empresário que também é coordenador do Núcleo das Indústrias da cidade.

Para além de grandes capitais

Embora as capitais e as regiões metropolitanas tenham se consolidado com melhor infraestrutura e acesso a fornecedores, o interior tem mostrado grande potencial para os negócios. Cidades paranaenses como Ponta Grossa, situada na região dos Campos Gerais, não ficam para trás nesses aspectos e estão se tornando hub de inovação. “O projeto Vale dos Trilhos e outros centros possibilitam fomentar um ambiente propício a novidades, para que assim possamos construir uma cidade cada vez mais inteligente”, diz Otto Ferreira Neto.

Empresas que apostam na força do interior contribuem para que negócios distantes de grandes centros urbanos ganhem espaço com soluções inovadoras. Segundo o diretor-executivo da TOTVS Curitiba, tal investimento permite benefícios que não se limitam à economia local e vão ao encontro do desenvolvimento da sociedade como um todo. “É um desafio estar no interior, mas a pandemia trouxe mudanças significativas em relação às distâncias geográficas e mostrou que a inovação não tem fronteiras”, constata Márcio Viana.

Próximos passos

“Ter um bom entendimento dos processos internos, das necessidades do público e do contexto de mercado em que determinada empresa está inserida”. Márcio Viana afirma que essa é a receita para escalonar os negócios e captar os sinais de tendências que vão influenciar as mudanças que ainda estão por vir. “Um futuro próspero depende de pessoas e, também, de projetos continuados. Só é possível que negócios sejam impulsionados a partir da soma de vários fatores: cultura, capacitação, recursos, estratégias e fundamentos voltados para a inovação“, complementa Ferreira Neto.

Apesar de o Brasil não aparecer em posição de destaque no ranking mundial de inovação, estados como Paraná e São Paulo, além do Distrito Federal estão em evidência no Índice FIEC de Inovação. Somado a isso, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), sete em cada dez indústrias brasileiras de médio ou grande porte realizam algum tipo de movimento nesse sentido. “Ainda temos um caminho longo para alcançar o patamar dos países mais avançados nessa área. Mas a partir do desenvolvimento da ciência, tecnologia e inovação poderemos atingir maturidade e competir com empresas globais”, conclui Márcio Viana.

Sobre a TOTVS  
Líder absoluta em sistemas e plataformas para gestão de empresas, a TOTVS entrega produtividade para 70 mil clientes por meio da digitalização dos negócios. Indo muito além do ERP, oferece serviços financeiros e soluções de business performance, investindo R$ 2 bilhões em pesquisa e desenvolvimento nos últimos cinco anos para atender as exigências de 12 setores da economia. Como uma empresa originalmente brasileira, a TOTVS acredita no “Brasil que Faz” e apoia o crescimento e a sustentabilidade de milhares de negócios e empreendedores, de norte a sul do país, por meio de sua tecnologia. Para mais informações, acesse o site.  

Share:

Latest posts

Luara Mandelli é um exemplo de atleta que tem conseguido participar de campeonatos graças aos seus patrocínios, como o da ClearCorrect Créditos: Lorenzo Bazo
Patrocínios impulsionam sonhos olímpicos
Parintins (1)
Do sertanejo à comédia, Teatro Positivo divulga programação de março
3670c-20210320-0112 (1)
Iluminação de interiores: conforto visual e sofisticação em cada detalhe

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

Luara Mandelli é um exemplo de atleta que tem conseguido participar de campeonatos graças aos seus patrocínios, como o da ClearCorrect Créditos: Lorenzo Bazo
Patrocínios impulsionam sonhos olímpicos
Mesmo com muita garra e persistência, apoio de empresas é fator determinante para diversos atletas brasileiros É...
Saiba mais >
Parintins (1)
Do sertanejo à comédia, Teatro Positivo divulga programação de março
Além dos shows e peças teatrais, Teatro recebe espetáculos do tradicional Festival de Curitiba espetáculos...
Saiba mais >
3670c-20210320-0112 (1)
Iluminação de interiores: conforto visual e sofisticação em cada detalhe
Arquiteta da A.Yoshii dá dicas sobre o uso da iluminação para transformar ambientes e criar verdadeiras...
Saiba mais >
©2021 Ebraim Martini
Em busca de um carro por assinatura? Confira dicas para não errar na escolha do plano
Com opções contratuais de 12, 18 e 24 meses e franquias de 500 a 2 mil quilômetros por mês, especialista...
Saiba mais >