Empregabilidade de jovens com deficiência cognitiva é tema de live

Evento on-line promovido pelo CIEE/PR,  Instituto Buko Kaesemodel e Fórum Permanente da Pessoa com Deficiência tem como objetivo refletir sobre inclusão no mercado de trabalho

No próximo dia 29 de junho, às 19h, o Centro de Integração Empresa-Escola do Paraná (CIEE/PR), juntamente com o Instituto Buko Kaesemodel e o Fórum Permanente da Pessoa com Deficiência realizam uma live para debater as dificuldades e oportunidades de empregabilidade de jovens com deficiência cognitiva. A ação faz parte do convênio assinado entre as instituições, com o objetivo de abrir oportunidades no mercado de trabalho para jovens com Síndrome do X Frágil.

A Síndrome do X Frágil é uma condição genética que determina o atraso no desenvolvimento, com características variáveis de comprometimento intelectual, distúrbios de comportamento, problemas de aprendizado e na capacidade de comunicação. 

“Muitos dos jovens, hoje cadastrados no Programa Eu Digo X, por conta própria e das famílias, já procuraram recolocação no mercado de trabalho, mas sem sucesso. Alguns já trabalharam em grandes empresas, mas pelo desconhecimento do comportamento do X Frágil, foram demitidos por não se adequarem aos parâmetros sociais, gerando conflitos desnecessários”, explica Luz María Romero, gestora do Instituto Buko Kaesemodel.

Segundo Luz María, a pessoa acometida pela Síndrome do X Frágil, se diagnosticada precocemente, e com isso tenha o atendimento adequado, com tratamentos corretos, se desenvolve de modo que pode sim realizar atividades profissionais. “Muitos dos nossos jovens, hoje em idade ativa, possuem independência de locomoção e de decisões, faltando apenas a independência financeira”, reforça. 

Para que um jovem X Frágil possa atuar no mercado de trabalho e alcance desempenho profissional, o empregador precisa ter conhecimento a respeito das limitações do contratado, criando um ambiente propício, adaptado para concentração e com suporte. “As empresas precisam aprender a delegar tarefas às pessoas com deficiência cognitiva, como, por exemplo, ao jovem X Frágil, respeitando a capacidade e seu tempo de produção”, alerta Luz María. 

Com o projeto desenvolvido junto ao CIEE/PR, os jovens com Síndrome do X Frágil passarão por entrevista de seleção, buscando traçar limites, condições e aptidões. “A parceria com o Instituto reforça o papel social que o CIEE/PR vem desempenhando em todo o estado. São iniciativas que ajudam a fomentar a inclusão e o acesso mais amplo dos jovens ao mercado de trabalho, por meio de capacitações e de um olhar humanizado”, destaca o  presidente do CIEE/PR, Domingos Murta.

Sobre o CIEE/PR

Há mais de 53 anos, o Centro de Integração Empresa-Escola do Paraná (CIEE/PR) atua para promover a integração dos jovens ao mercado de trabalho. Por meio de programas de estágios e aprendizagem, cursos de capacitação e cidadania e programas sociais, a instituição contribui para o desenvolvimento econômico e social do Estado. Com 37 unidades operacionais distribuídas em todas as regiões do Paraná, o CIEE/PR tem uma média mensal de 22,5 mil estagiários e 4,5 mil aprendizes, e já recebeu cerca de 30 títulos de Utilidade Pública. Está registrado nos Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente em mais de 112 municípios e tem como um de seus propósitos trabalhar para fortalecer o desenvolvimento humano e social.

Share:

Latest posts

Créditos: Rutenio Júnior
Shopping promove tributo à banda RBD
Crédito: Envato
Por que empresas de sucesso apostam na diversidade?
mice
MICE promove primeiro encontro para setor de Turismo de Negócios

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

Créditos: Rutenio Júnior
Shopping promove tributo à banda RBD
O Ventura Shopping realiza, nesta sexta-feira, 19 de julho, às 19h30, um tributo ao RBD como parte da...
Saiba mais >
Crédito: Envato
Por que empresas de sucesso apostam na diversidade?
Companhias que promovem a diversidade colhem benefícios como inovação, criatividade e um ambiente de...
Saiba mais >
mice
MICE promove primeiro encontro para setor de Turismo de Negócios
Evento vai reunir profissionais do setor no dia 22 de julho, às 19h, na Fazenda Churrascada Ampliar...
Saiba mais >
Comum entre crianças e adolescentes, desalinhamento dental causa dificuldades na mastigação e fala, distúrbios no sono e pode ocasionar perda de dentes Créditos: Envato
Mais de 35% dos adolescentes brasileiros possuem condição de saúde bucal que pode afetar a qualidade de vida; saiba qual
Impactos, além da estética, incluem função mastigatória e saúde das articulações A má oclusão, conhecida...
Saiba mais >