Iniciativa Oásis é discutida em São Bento do Sul

VI Encontro Oásis reúne, em dois dias de evento, parceiros para discutir formas de potencializar os esforços e avançar com a agenda de Pagamentos por Serviços Ambientais no Brasil

Nos próximos dias 23 e 24 de maio, será realizado o VI Encontro Oásis, em São Bento do Sul (SC). O evento reúne 37 representantes de 21 instituições de diversas regiões do Brasil, que são parceiros do Oásis. Essa iniciativa, promovida pela Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, estimula a proteção de áreas de vegetação nativa em propriedades particulares.

O VI Encontro Oásis terá um foco especial em mecanismos de colaboração, governança compartilhada e trabalho em rede. No dia 23, primeiro dia de encontro, o foco será a capacitação e troca de informações entre os parceiros do Oásis, incluindo organizações não governamentais, empresa de saneamento e representantes do poder público.

Na quarta-feira (24) pela manhã, a prefeitura de São Bento do Sul e Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (SAMAE) promovem visita de campo a duas das 17 propriedades que participam do projeto “Produtor de Água do Rio Vermelho”, realizado no município, com apoio da Fundação Grupo Boticário. “Essa é a primeira vez que a Fundação Grupo Boticário realiza o Encontro Oásis em uma das cidades-sede de projetos implementados. Assim, aproveitaremos que estaremos em São Bento do Sul para mostrar de perto aos parceiros como funciona esse projeto e quais os ganhos reais que os proprietários e a sociedade têm com ele”, observa Malu Nunes, diretora executiva da Fundação Grupo Boticário.

Natureza Conservada em São Bento do Sul

O Produtor de Água do Rio Vermelho tem como foco propriedades localizadas na bacia hidrográfica do Rio Vermelho. Ao conservarem suas áreas naturais e protegerem mananciais e nascentes, esses proprietários contribuem para a preservação do manancial que abastece a região.

Além do fornecimento de água, garantem o fornecimento de outros serviços ambientais, como a formação dos solos férteis que sustentam a agricultura e a preservação de belezas cênicas – como as cachoeiras – que atraem turistas. Como forma de reconhecimento a esses esforços, os proprietários são premiados anualmente, com valores que variam em função do tamanho e da qualidade da área natural conservada.

Presença nacional do Oásis

Criado em 2006 pela Fundação Grupo Boticário, o Oásis é uma iniciativa de pagamento por serviços ambientais (PSA) que promove a valorização dos ambientes naturais natureza, por meio da premiação financeira a proprietários que se comprometam com a conservação das áreas naturais e a adoção de práticas conservacionistas de uso do solo, garantindo assim a manutenção e melhoria dos serviços ambientais providos por suas propriedades.

Após 10 anos de atuação, o Oásis se expandiu em escala nacional, obtendo como resultados:

  • 7 projetos já implementados, sendo 5 vigentes: em Brumadinho-MG, Corredores Ecológicos Chapecó e Timbó-SC, São Bento do Sul-SC, São José dos Campos-SC e APA do Pratigi-BA;

  • 21 parcerias já formalizadas (11 vigentes);

  • 39 processos para construção de políticas públicas de PSA (9 estão em andamento);

  • 27 normas legais de PSA elaboradas e sancionadas;

  • Cerca de 6 milhões de reais destinados para ações de PSA;

  • Cerca de 10 mil hectares em áreas sob contrato de PSA, sendo metade de área natural.

  • 508 propriedades já contratadas;

  • Cerca de 8 milhões de pessoas beneficiadas indiretamente.

Sobre a Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza

A Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza é uma organização sem fins lucrativos cuja missão é promover e realizar ações de conservação da natureza. Criada em 1990 por iniciativa do fundador de O Boticário, Miguel Krigsner, a atuação da Fundação Grupo Boticário é nacional e suas ações incluem proteção de áreas naturais, apoio a projetos de outras instituições e disseminação de conhecimento. Desde a sua criação, a Fundação Grupo Boticário já apoiou 1.510 projetos de 496 instituições em todo o Brasil. A instituição mantém duas reservas naturais, a Reserva Natural Salto Morato, na Mata Atlântica; e a Reserva Natural Serra do Tombador, no Cerrado, os dois biomas mais ameaçados do país. Outra iniciativa é um projeto pioneiro de pagamento por serviços ambientais em regiões de manancial, o Oásis. Mais informações: http://www.fundacaogrupoboticario.org.br/

Share:

Latest posts

Foto: divulgação
Pesquisa revela impacto das redes sociais no desempenho escolar e no sono dos estudantes
Paulistão Feminino ganha em 2024 o sobrenome e apoio do Sicredi, mais longevo patrocinador da Federação Paulista de Futebol Créditos: Divulgação
Feito histórico: Paulistão Feminino ganha naming rights do Sicredi e tem premiação recorde em 2024
Sicredi
Sicredi dobra o valor arrecadado em movimento nacional para o Rio Grande do Sul e inicia nova mobilização

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

Foto: divulgação
Pesquisa revela impacto das redes sociais no desempenho escolar e no sono dos estudantes
Estudo elaborado por aluno do Ensino Médio e UFPR ouviu cerca de mil alunos Uma pesquisa iniciada como...
Saiba mais >
Paulistão Feminino ganha em 2024 o sobrenome e apoio do Sicredi, mais longevo patrocinador da Federação Paulista de Futebol Créditos: Divulgação
Feito histórico: Paulistão Feminino ganha naming rights do Sicredi e tem premiação recorde em 2024
Com patrocínio da instituição financeira cooperativa, campeonato inicia em 21 de maio com onze clubes...
Saiba mais >
Sicredi
Sicredi dobra o valor arrecadado em movimento nacional para o Rio Grande do Sul e inicia nova mobilização
Instituição financeira cooperativa também atua na linha de frente de centros de distribuição de donativos,...
Saiba mais >
Thiago Cassi Bobato é coordenador médico do Pronto Socorro e do Hospital Universitário Cajuru Créditos: Divulgação
Acidentes de trânsito, um problema de saúde pública
Thiago Cassi Bobato* A cada dia que passa, as manchetes dos jornais nos confrontam com uma realidade...
Saiba mais >