Iniciativa une empresa e comunidade do entorno na geração de renda e destinação correta de recicláveis

A melhora na vida de pessoas que vivem em comunidades mais vulneráveis pode vir de empresas que atuam nas proximidades e que investem em projetos de impacto social positivo. São iniciativas que buscam garantir oportunidades no mercado de trabalho e um futuro melhor para as famílias vizinhas. É o caso da Vila Torres, comunidade localizada no bairro Rebouças, em Curitiba, e que tem se beneficiado de parcerias firmadas com o Grupo Marista, por meio da PUCPR, que fica ao lado da vila.

Uma das iniciativas em andamento é ligada à sustentabilidade e teve início em maio. Criado de forma experimental como piloto, o projeto vem trazendo vantagens tanto para as famílias envolvidas quanto para a instituição e, com isso, teve contrato assinado com uma das cooperativas do local, a Recicapanema, em setembro. Até outubro, foram 35 toneladas de resíduos entregues para a cooperativa, que recebe todo o material reciclado da PUCPR, Hospital Nossa Senhora da Luz, Clínica Veterinária Escola e Colégio Marista Paranaense. “Com o que já entregamos de material, ajudamos a fomentar a receita das pessoas que trabalham no barracão e das famílias que dependem dessa renda. Desta forma, estamos indo além do descarte correto do lixo reciclável, pois a ação ambiental é também uma ação social”, conta a analista de Sustentabilidade Sênior do Grupo Marista, Elãine Cristina de Souza Kurscheidt.

Ao todo, são 15 famílias que ampliam suas possibilidades de renda graças ao material que o projeto destina a elas. “Cada família aqui tem de dois a três filhos. As pessoas não fazem ideia do quanto essa fonte de renda ajuda diversas famílias da Vila Torres e de outras comunidades. Quanto mais resíduos a gente coleta, mais renda é gerada, e ter empresas aqui ao nosso lado e que pensam na gente, é muito gratificante. É bom para quem doa e também para quem recebe”, enfatiza a presidente da Recicapanema, Claudete Napoleão de Almeida.

As coletas são realizadas três vezes por semana. São cerca de duas toneladas arrecadadas por dia. Segundo Elãine, a ideia é ampliar a ação para outras duas cooperativas da comunidade e também para outras frentes do Grupo, como os hospitais Marcelino Champagnat e Universitário Cajuru. “Queremos envolver o maior número de áreas do Grupo nesse projeto, pois está dando muito certo e sabemos que esse é um caminho para continuar seguindo”, comemora.

Share:

Latest posts

mice
Revista MICE Curitiba chega à terceira edição
Real estate agent Sales manager holding filing keys to customer
Redução da Selic e reforço na confiança do comprador: construtora paranaense atinge mais de R$ 4,8 bilhões de VGV em lançamentos
3713C-20220225-0157
Jardim compacto: dicas para trazer mais vida aos apartamentos com plantas

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

mice
Revista MICE Curitiba chega à terceira edição
Publicação bilíngue destaca conquistas da cidade mais inteligente do mundo e o crescimento do turismo...
Saiba mais >
Real estate agent Sales manager holding filing keys to customer
Redução da Selic e reforço na confiança do comprador: construtora paranaense atinge mais de R$ 4,8 bilhões de VGV em lançamentos
A.Yoshii registrou crescimento superior a 70% nas vendas de imóveis residenciais de alto padrão no período...
Saiba mais >
3713C-20220225-0157
Jardim compacto: dicas para trazer mais vida aos apartamentos com plantas
Em vasos no chão, estantes e prateleiras ou suspensas, elas deixam o ambiente mais “vivo”...
Saiba mais >
FK1435-1025--1---1-
Wine & cocktail bar do NH Hotel renova programação com novidades em vinhos, cervejas e cardápio
Five Lounge se consolida como destino enogastronômico com novos sabores de tapas e pratos quentes do...
Saiba mais >