Mulheres no comando: pesquisa aponta crescimento de mulheres em cargos de chefia

[flgallery id=2963 /]

Recentemente, o Brasil entrou na lista dos dez países com mais empresas com mulheres em cargos de liderança. Segundo a última edição da International Business Report (IBR) – Women in Business 2019, o percentual de empresas com pelo menos uma mulher em cargo de liderança é de 93%. O número aponta um salto considerável em relação a 2018, em que a mesma pesquisa apontou 61% de mulheres em cargos de chefia.

Diversos estudos comprovam que mulheres no comando trazem melhores resultados para as empresas. Um exemplo disso é um relatório divulgado pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), órgão pertencente à ONU, que mostra que quanto maior o número de mulheres, sobretudo em cargos de liderança, melhores são os resultados de uma organização. Na pesquisa, realizada com mais de 70 mil organizações em 13 países, 57% dos entrevistados apontaram melhorias na reputação da empresa, além de ganhos em produtividade, rentabilidade, criatividade e inovação.

O Grupo Tacla, conglomerado do setor de varejo que administra shoppings centers nos estados do Paraná, Santa Catarina e São Paulo, divulgou que, entre mais de 1.550 funcionário em toda a empresa, pelo menos 40 mulheres ocupam cargos de liderança. A diretora de marketing do grupo, Cida Oliveira, está na empresa há 12 anos ocupando o cargo de chefia e viu muitas mudanças desde então. “Fazer parte do Grupo Tacla é um desafio profissional espetacular. Pude acompanhar o crescimento da empresa e aprimorar conhecimentos que me desenvolveram pessoal e profissionalmente nos últimos anos. O meu objetivo sempre foi estimular meu time a buscar os propósito e atingi-los em conjunto. Fui recebida no grupo como executiva , conquistei autonomia para desenvolver ações bem sucedidas, lidero homens ou mulheres, sem nenhuma distinção. Precisamos aprender que somos todos iguais”, conta.

Outro exemplo do Grupo Tacla em que o cargo de liderança é feminino, é a gerente jurídica, Dariele Paluch de Carvalho, que iniciou sua trajetória na empresa como estagiária do departamento jurídico e está no grupo há mais de 16 anos. “Além dos desafios decorrentes da evolução da indústria de shoppings centers, do crescimento do Grupo Tacla e da conciliação da maternidade com a vida profissional, temos o desafio de influenciar positivamente o meio corporativo, conquistar a confiança e saber escutar diferentes pontos de vista. Posso afirmar que as mulheres estão tendo cada vez mais espaço no meio corporativo e com muito esforço iremos transformar o cenário das organizações”, diz.

Sobre o Grupo Tacla Shopping
Conglomerado com mais de 80 anos de tradição, experiência no varejo e referência no setor em todo país, o Grupo Tacla possui oito empreendimentos nos estados do Paraná, Santa Catarina e São Paulo, sendo eles: Catuaí Palladium Foz do Iguaçu (PR), Jockey Plaza Curitiba (PR), Palladium Curitiba (PR), Palladium Ponta Grossa (PR), Ventura Shopping Curitiba (PR), Itajaí Shopping (SC), Porto Belo Outlet Premium (SC) e Shopping Cidade Sorocaba (SP). Outras duas operações estão em fase de construção no Paraná: Citycenter Outlet, em Campo Largo, e Palladium Umuarama. www.taclashopping.com.br

Share:

Latest posts

volta2
Projeto da rede pública de Mariópolis vence concurso nacional de Educação
Aposentada Anete Langaro retomou atividades dias após realizar artroplastia total de joelho Créditos: Arquivo pessoal
Técnicas avançadas favorecem cirurgias menos invasivas em idosos
Tatielle Alyne, atleta de futebol feminino de 19 anos, tem difícil missão de lidar com uma lesão enquanto corre atrás de seus sonhos no esporte Créditos: Arquivo pessoal
Mulheres enfrentam maior risco de lesões em joelhos na prática de esporte

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

volta2
Projeto da rede pública de Mariópolis vence concurso nacional de Educação
Trabalho sobre diferentes culturas foi feito com turma da Educação Infantil O projeto “Vamos dar a...
Saiba mais >
Aposentada Anete Langaro retomou atividades dias após realizar artroplastia total de joelho Créditos: Arquivo pessoal
Técnicas avançadas favorecem cirurgias menos invasivas em idosos
Hospitais registram crescimento superior a 40% em procedimentos para pacientes acima de 70 anos; avanços...
Saiba mais >
Tatielle Alyne, atleta de futebol feminino de 19 anos, tem difícil missão de lidar com uma lesão enquanto corre atrás de seus sonhos no esporte Créditos: Arquivo pessoal
Mulheres enfrentam maior risco de lesões em joelhos na prática de esporte
Estudos indicam que chance é até oito vezes maior entre as jogadoras e o futebol é campeão nesse tipo...
Saiba mais >
Espaços para prática da fé em hospitais são demonstração de respeito às necessidades de pacientes e familiares Créditos: Divulgação
Espaços para prática da fé e espiritualidade são aliados no tratamento e internações médicas
Acolhimento se estende a pacientes, familiares e profissionais da saúde, com iniciativas perto de centros...
Saiba mais >