Patrocínios impulsionam sonhos olímpicos

Mesmo com muita garra e persistência, apoio de empresas é fator determinante para diversos atletas brasileiros

É a cada quatro anos que o mundo se transforma e se prepara para o ponto alto de diversas modalidades esportivas: as Olimpíadas. No entanto, para estarem aptos e preparados para os jogos olímpicos, os esportistas dedicam muitos anos de suas vidas, frequentemente desde a infância. A preparação abrange aspectos como condicionamento físico, competições, escolha de um treinador qualificado, cuidados com a saúde e a desafiadora busca por um patrocínio.

Muito além de um apoio financeiro, o patrocínio representa um elo que conecta os atletas aos seus sonhos. Em um cenário em que dedicação, treinamento intenso e habilidades são requisitos básicos para o sucesso, o apoio de empresas surge como um catalisador e traz uma leveza emocional aos atletas. “Entendemos que é nesse ponto que o patrocínio desempenha um papel transformador. Ao garantir recursos e apoio logístico, os patrocinadores capacitam os atletas, permitindo que se concentrem em seus treinos”, explica o CEO da Neodent, Matthias Schupp.

A surfista paranaense, Luara Mandelli, é um exemplo de atleta que, com o apoio de empresas, tem conseguido participar de competições nacionais e internacionais que ajudam a desenvolver o seu potencial e conquistar títulos. “Desde que comecei a representar algumas marcas, como a ClearCorrect, tenho conseguido ir mais longe. Agora, em 2024, realizei mais uma meta e estou no Peru buscando qualificação técnica e evolução. Neste caso, quando a viagem é para fora do país, os patrocínios são grandes aliados”, conta a surfista.

Outra vantagem dos patrocínios em competições é a visibilidade e o reconhecimento dos atletas, contribuindo para o compartilhamento de histórias inspiradoras. “Investir nesses sonhos não é apenas uma demonstração de apoio, mas também um compromisso com o fortalecimento do espírito olímpico mundial. Além disso, é importante destacar que o esporte vai além das competições, ele é ponto chave para a formação de bons cidadãos, tendo a responsabilidade e a disciplina como questões fundamentais”, define Matthias.

Apoio contínuo a diversas modalidades

As marcas do Grupo Straumann no Brasil apoiam cinco atletas e patrocinam os times de futebol de Curitiba (PR), além da Confederação Brasileira de Hipismo, da Federação Paranaense de Hipismo e da Sociedade Hípica Paranaense. No time ClearCorrect, estão a surfista paranaense Luara Mandelli, o piloto de Kart Gustavo Bonk, as atletas de canoagem Sue Wicks e Lara França, e o ex-atleta de jiu-jitsu Carlos Eduardo Campos. “Já patrocinamos atletas que participaram de competições olímpicas, proporcionando um sentimento gratificante ao saber que contribuímos para a realização de seus sonhos. Atualmente, também investimos em atletas juniores, que estão dando os primeiros passos em direção ao topo, graças aos seus esforços e, é claro, nosso apoio”, explica o diretor de Marketing e Educação da ClearCorrect, Alexandre Giglio.

A estratégia dos patrocínios também é vista como uma oportunidade de conscientizar a população sobre saúde bucal. “Como empresas de odontologia, quanto mais somos vistos nos uniformes dos times e dos esportistas, maiores são as chances das pessoas buscarem atendimentos e tratamentos que precisam”, analisa Matthias.

Sobre a ClearCorrect

Presente em mais de 40 países, a ClearCorrect é a segunda maior marca de alinhadores transparentes para tratamentos ortodônticos do mundo. Desde 2018, a marca está presente no Brasil – trazida pelo Grupo Straumann -, se consolidando no primeiro mercado fora dos Estados Unidos, com produção concentrada em fábrica própria em Curitiba (PR). O sistema da ClearCorrect promove a movimentação dentária por meio de pressões exercidas em determinadas regiões da arcada, resultando na remodelação óssea, além de levar à correção da má-oclusão com a elaboração de um planejamento ortodôntico virtual. Mais informações em www.clearcorrect.com.br.

Share:

Latest posts

volta2
Projeto da rede pública de Mariópolis vence concurso nacional de Educação
Aposentada Anete Langaro retomou atividades dias após realizar artroplastia total de joelho Créditos: Arquivo pessoal
Técnicas avançadas favorecem cirurgias menos invasivas em idosos
Tatielle Alyne, atleta de futebol feminino de 19 anos, tem difícil missão de lidar com uma lesão enquanto corre atrás de seus sonhos no esporte Créditos: Arquivo pessoal
Mulheres enfrentam maior risco de lesões em joelhos na prática de esporte

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

volta2
Projeto da rede pública de Mariópolis vence concurso nacional de Educação
Trabalho sobre diferentes culturas foi feito com turma da Educação Infantil O projeto “Vamos dar a...
Saiba mais >
Aposentada Anete Langaro retomou atividades dias após realizar artroplastia total de joelho Créditos: Arquivo pessoal
Técnicas avançadas favorecem cirurgias menos invasivas em idosos
Hospitais registram crescimento superior a 40% em procedimentos para pacientes acima de 70 anos; avanços...
Saiba mais >
Tatielle Alyne, atleta de futebol feminino de 19 anos, tem difícil missão de lidar com uma lesão enquanto corre atrás de seus sonhos no esporte Créditos: Arquivo pessoal
Mulheres enfrentam maior risco de lesões em joelhos na prática de esporte
Estudos indicam que chance é até oito vezes maior entre as jogadoras e o futebol é campeão nesse tipo...
Saiba mais >
Espaços para prática da fé em hospitais são demonstração de respeito às necessidades de pacientes e familiares Créditos: Divulgação
Espaços para prática da fé e espiritualidade são aliados no tratamento e internações médicas
Acolhimento se estende a pacientes, familiares e profissionais da saúde, com iniciativas perto de centros...
Saiba mais >