Processo de defumação natural ajuda na conservação e enaltece sabor de alimentos

Técnica utilizada pela Alegra também instiga consumidor e promove um sabor exclusivo

[flgallery id=2381 /]

Com diferentes técnicas, que vão além da tradicional brasa, o processo de defumação consiste na exposição de alguns alimentos à fumaça, com o intuito de conservar e refinar o sabor. O procedimento é feito, principalmente, em carnes suínas, bovinas, pescados e embutidos, mas também vale para queijos, frutas, vegetais e até leites e líquidos. Mesmo sendo realizado de maneira simplificada, assim como outros processos, é preciso inovação para aprimorar a técnica. 

Antigamente, os produtos eram dependurados sobre o fogão à lenha, expostos à fumaça e, a partir desse procedimento, desenvolviam uma casca ao redor, que tinha como objetivo principal proteger o alimento de microorganismos. Hoje, a finalidade vai além. Acoordenadora de produção da Alegra – uma das principais indústrias de alimentos à base de carne suína do País – Marina Manfroi Maschio Kiefer, explica que a defumação agrega valor ao produto, além de conservar e aumentar a vida útil do alimento. “Com esse processo podemos oferecer um produto com características sensoriais atrativas e exclusivas para o consumidor”, diz a coordenadora. 

A defumação natural da Alegra é realizada com a queima lenta da serragem umedecida e dura cerca de uma hora. “Ao passar por um processo de defumação, os produtos cárneos reagem com os compostos da fumaça, que acentuam o sabor e o aroma do alimento, dando o gosto desejado e característico de um defumado”, explica Marina. A serragem utilizada segue um padrão para que todos os produtos tenham o mesmo sabor, e as madeiras mais recomendadas para esse processo são as duras e não resinosas.

Além das variações no tipo de madeira utilizado, o tempo da queima, a proporção de ar da câmara de defumação, o período de exposição e a densidade da fumaça também são requisitos necessários para garantia de uma defumação eficiente. Quando bem realizado, o método é capaz de modificar e transformar o sabor dos alimentos. “Até os paladares mais refinados se encantam e saboreiam de forma diferente os pratos preparados com produtos defumados”, destaca a coordenadora. 

Sobre a Alegra

A fabricante de alimentos Alegra é a união das cooperativas de origem holandesa, Frísia, Castrolanda e Capal, que constituem o grupo Unium. Uma empresa que combina condições de trabalho ideais aliando tecnologia, equipamentos de última geração, preocupação com o bem-estar dos animais e sustentabilidade em seu parque industrial, sempre primando pela excelência em seu produto final, que utiliza as melhores carnes suínas.

Em 2017, a marca conquistou o reconhecimento internacional quanto às Práticas de Bem-estar Animal no abate, tornando-se a primeira planta brasileira a receber essa certificação em bem-estar suíno, pela WQS. Mais informações em www.alegrafoods.com.br.

Share:

Latest posts

3767C-20221022-0059 (1)
Adegas residenciais ganham mais espaço unindo funcionalidade e design
BRU18815 (1)
Valmet Agreements: soluções personalizadas para atender indústria de Celulose e Papel
AYOSHII-SOLAIA-aereaB-rev03 - 1-
Arquitetura adaptativa: construções verdes residenciais crescem 40%

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

3767C-20221022-0059 (1)
Adegas residenciais ganham mais espaço unindo funcionalidade e design
Com diferentes tamanhos e materiais, os espaços para coleção de vinhos se tornam aliados na hora de compor...
Saiba mais >
BRU18815 (1)
Valmet Agreements: soluções personalizadas para atender indústria de Celulose e Papel
Com atendimento personalizado, multinacional finlandesa propõe novo modelo de gerenciamento de contrato...
Saiba mais >
AYOSHII-SOLAIA-aereaB-rev03 - 1-
Arquitetura adaptativa: construções verdes residenciais crescem 40%
Dentre as tendências para um futuro mais sustentável, a construção civil explora soluções inovadoras...
Saiba mais >
DJI-0017 (1)
Dor no bolso: conheça as principais despesas para empresas com frota própria de veículos
Com 20% das companhias privadas optando por frotas terceirizadas, setor vê crescimento. No começo do...
Saiba mais >