Purificação do metanol aumenta potencial ambiental e econômico em fábricas de celulose

Eficiência energética e sustentabilidade deixaram de ser apenas uma escolha para a indústria e passaram a ser “obrigações” dentro da cadeia produtiva de pequenas e grandes empresas. A expansão da geração de energia por meio de fontes renováveis tem aberto novas possibilidades para que a emissão de gases do efeito estufa seja reduzida, mas também tem criado oportunidades para a economia de recursos e até aberto novos mercados a serem desbravados pelas companhias.

Segundo recente levantamento do Ministério de Minas e Energia, o Brasil conta com cerca de 83% de sua matriz energética oriunda de fontes renováveis, como os sistemas hidrelétrico (63,8%), de biomassa e biogás (8,9%), eólico (9,3%) e solar (1,4%), fazendo do Brasil um dos países com a matriz energética mais sustentável do mundo.

Ciente da importância de criar alternativas neste segmento, a Valmet, líder mundial no desenvolvimento e fornecimento de tecnologias, automação e serviços para os setores de celulose, papel e energia, desenvolveu uma solução inovadora para a purificação do metanol oriundo da fábrica de celulose.

A nova tecnologia

De acordo com o engenheiro de processos da Valmet na América do Sul, Filipe Centenaro, a solução garante uma qualidade superior, comparada com a já tradicional planta de metanol.

A partir do novo método, este subproduto da indústria se transforma em um eficiente combustível, que pode substituir os fósseis, como óleo e gás natural. Devido ao reduzido impacto ambiental, flexibiliza sua aplicação dentro da fábrica de celulose. Além da economia de recursos, o processo de purificação também abre caminhos para potenciais novas aplicações, seja para consumidores externos ou na própria fábrica de celulose.

A nova tecnologia pode ser aplicada como upgrade das plantas de liquefação de metanol, seja para redução do impacto ambiental ou do seu uso como matéria-prima. “Os benefícios potenciais da purificação do metanol vão desde o uso como combustível na fábrica, como insumo na planta química ou até a venda do produto purificado. Uma fábrica de celulose com uma produção de 1 milhão de toneladas de celulose por ano produz mais de 35 toneladas de metanol por dia. Só na substituição direta ao óleo combustível, a economia chega a alguns milhões de dólares ao ano”, estima Centenaro.

O engenheiro explica que o potencial de aplicação deste composto químico é vasto, porém o seu uso mais provável está dentro da própria fábrica de celulose. “Para ser vendido no mercado externo como commodity a pureza deve em geral atingir o grau IMPCA, que é um padrão internacional de qualidade. Porém, nem toda aplicação precisa desta pureza, o que tende a melhorar muito o custo de implementação e payback. Muitas fábricas de celulose compram metanol fóssil para produção do dióxido de cloro na planta química, portanto, a substituição deste pelo de base florestal traria economia anual também na casa dos milhões de dólares”, analisa o engenheiro.

Produtividade

Outra vantagem potencial do metanol purificado se relaciona com o aumento da produção de polpa de celulose quando o lado do combustível na caldeira de recuperação é o gargalo da planta.

A melhor qualidade do metanol pode permitir o seu uso em outra aplicação, sem impactar em aumento de emissões. Deste modo, uma simples mudança de ponto de incineração para o forno de cal, por exemplo, permite que mais licor preto seja queimado na caldeira. “Cada tonelada de metanol substituída por licor preto pode gerar a produção de praticamente uma tonelada de polpa de celulose”, finaliza o engenheiro.

Sobre a Valmet

A Valmet é a principal desenvolvedora e fornecedora global de tecnologias de processo, automação e serviços para as indústrias de celulose, papel e energia. Sua atuação de tecnologia inclui fábricas de celulose, linhas de produção de papel, cartão e papel, além de usinas de energia para produção de bioenergia. Seus serviços e soluções de automação melhoram a confiabilidade, o desempenho dos processos, e aprimoram a utilização de matérias-primas e energia.

As vendas líquidas da Valmet em 2019 foram de aproximadamente 3,5 bilhões de euros. A empresa possui mais de 13.000 profissionais em todo o mundo, com sede em Espoo, Finlândia e suas ações estão listadas na Nasdaq Helsinki. Na América do Sul, possui unidades em Araucária (PR), Sorocaba (SP), Belo Horizonte (MG), Imperatriz (MA) e Concepción, no Chile. www.valmet.com.br.

Share:

Latest posts

Large-DSC3539-Edit-1-1
Shopping celebra Dia Mundial do Rock com programação para crianças
Instituto Positivo
Gestores da Educação do litoral paranaense recebem formação
Palladium
Palladium lança campanha de inverno com conchas exclusivas de brinde

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

Large-DSC3539-Edit-1-1
Shopping celebra Dia Mundial do Rock com programação para crianças
Palladium Curitiba promove diversas atrações musicais ao longo do dia Para comemorar o Dia Mundial...
Saiba mais >
Instituto Positivo
Gestores da Educação do litoral paranaense recebem formação
Projeto reúne coordenadores para melhorar a qualidade educacional No litoral paranaense, a Educação...
Saiba mais >
Palladium
Palladium lança campanha de inverno com conchas exclusivas de brinde
Conjunto de talheres faz parte da campanha colecionável O Palladium Curitiba celebra a chegada do inverno...
Saiba mais >
4031C-20240608-0228-2 - 1-
Zona leste de Londrina ganha novo empreendimento residencial
Sunny Downtown, da Construtora Yticon, conta com duas torres e fica ao lado do Boulevard Shopping A...
Saiba mais >