Redação do Enem: nove dicas para garantir uma boa nota

Produzir uma redação adequada no Enem é fundamental para garantir uma boa nota no exame, o que representa justamente o maior desafio para muitos estudantes. Na visão da maioria dos candidatos, essa parte da prova é considerada complicada e trabalhosa. No entanto, com a aplicação de algumas técnicas e o uso de métodos eficientes na produção de texto, essa missão pode se tornar mais fácil e bem-sucedida.

Kalen Franciele Piano, professora de Redação do Colégio Passo Certo, de Cascavel (PR), explica que o formato de redação do Enem é a dissertação-argumentativa, um gênero textual em que o estudante deve elaborar duas teses e defendê-las com base no tema proposto, utilizando repertórios e argumentação ao longo da produção. “Ao escrever, o candidato precisa ter em mente que o texto deve seguir uma estrutura bem definida, compreendendo os seguintes elementos: uma introdução que contextualiza o tema, um desenvolvimento sequencial com os pontos de vista de quem escreve, uma proposta de intervenção relacionada às teses defendidas e uma conclusão”, explica Kalen.

Denize Juliana Reis Cardoso, professora de Redação do Colégio Semeador, de Foz do Iguaçu (PR), acrescenta que o primeiro passo é refletir sobre o tema antes de começar a escrever. “No momento da prova, após conhecer o tema proposto, é crucial ponderar sobre ele. Faça uma lista de tudo o que você consegue recordar relacionado ao assunto, utilizando seu repertório pessoal, como músicas, filmes, livros, frases de pensadores, opiniões de autoridades e dados relevantes. Registre todas essas ideias para, posteriormente, com base nessas anotações e um projeto de texto, iniciar o rascunho da redação”, orienta a professora.

As duas professoras separaram outras dicas importantes para que os estudantes possam se preparar e alcançar um bom desempenho na redação.

  • Posicionamento

Para Denize, antes de começar a pensar na argumentação, é preciso definir a tese a ser defendida. “É a partir dela que o candidato fará toda sua argumentação. Logo, não faz sentido pensar nos argumentos sem antes estabelecer um posicionamento”, ressalta.

  • Coerência

A professora do Colégio Semeador orienta os candidatos a elaborar uma proposta de intervenção que esteja alinhada com a problemática abordada no texto. “Não adianta trazer uma solução genial se não for ao encontro daquilo que está sendo escrito”, pondera.

  • Tempo para revisão e passar o texto a limpo

Denize alerta para que os estudantes lembrem de reservar um tempo para ler o que escreveram, realizar uma revisão cuidadosa e transcrever a redação para a folha de versão definitiva. Ela ressalta que, embora uma letra feia não desconte pontos, a legibilidade pode impactar a avaliação. “Portanto, apressar-se ao passar o texto para a folha final aumenta o risco de tornar a letra ilegível.”

  • Respeito à diversidade e aos Direitos Humanos

Para Denize, este é um ponto que deve ser observado com cuidado pelo candidato: o Enem costuma abordar problemáticas sociais brasileiras. “É preciso lembrar que o Brasil é um país com enorme diversidade de povos, culturas e costumes. Portanto, é fundamental evitar generalizações e sempre respeitar os Direitos Humanos”, destaca.

  • Evitar nota zero por fuga total do tema

A professora Kalen explica que a banca examinadora do Enem considera que uma redação tenha fugido ao tema quando nem o assunto mais amplo, nem o tema específico proposto são desenvolvidos no texto. Para evitar isso, é fundamental desenvolver uma discussão dentro dos limites do tema definido pela proposta. Mencioná-lo apenas no título, por exemplo, ou deixá-lo subentendido, supondo que a banca vai entender sobre o que se está falando, não é suficiente. Portanto, é necessário prestar muita atenção à abordagem do tema, que deve ser clara e explícita.

  • Desenvolvimento

O desenvolvimento do texto é a etapa em que o autor fundamenta e explica os argumentos apresentados na redação. É importante relacionar o desenvolvimento ao ponto de vista escolhido, utilizando exemplos, comparações e outras estratégias. Kalen salienta a importância de selecionar cuidadosamente as informações, considerando o limite de linhas, e realizar os desdobramentos necessários para evitar lacunas de sentido. Um bom desenvolvimento fortalece a argumentação e contribui para a consistência do texto, segundo ela.

  • Tamanho da Redação

A professora Kalen adverte que existe um limite de linhas estabelecido para a redação do Enem. Portanto, o texto deve consistir apenas em informações, fatos, opiniões e argumentos relevantes para a defesa do ponto de vista apresentado. “Evite desperdiçar linhas da redação com informações irrelevantes, repetitivas ou excessivas”, aconselha.

  • Intervenção

Ao propor uma intervenção, Kalen enfatiza a importância de explorar a abordagem que melhor se adequa ao tema e ao projeto de texto. No entanto, é essencial garantir que a proposta esteja claramente explicitada. Apenas mencionar a falta de ação ou de um projeto não é suficiente para configurar uma proposta de intervenção. É importante evitar propostas vagas, genéricas ou que não sejam compatíveis com a discussão em questão. A professora reforça que é necessário apresentar uma estrutura que torne a proposta de intervenção concreta e que aborde efetivamente a situação problematizada no texto.

  • Esteja preparado para o tema, seja ele qual for

Por último, a professora Kalen destaca que o mais importante não é acertar o tema que será proposto na redação, mas, sim, estar preparado com base nos eixos temáticos. Se o aluno leu, treinou e se preparou para discutir temas como saúde, tecnologia, educação, ou qualquer outro eixo temático de forma mais ampla, estará preparado para qualquer tema. É essencial conscientizar os estudantes de que eles precisam dominar o maior número possível de eixos temáticos, em vez de tentar adivinhar o tema da redação.

 

Colégio Passo Certo

Com 20 anos de história, o Colégio Passo Certo, localizado em Cascavel (PR), tem turmas de Educação Infantil (Bilíngue e Trilíngue) e Ensino Fundamental e Médio (Bilíngue). A proposta Trilíngue alia aulas de Inglês e Espanhol com o objetivo de desenvolver habilidades de interpretação, fala e escrita em três idiomas. A partir de 2019, o colégio passou a fazer parte do Grupo Positivo.

 

Colégio Semeador

Com 25 anos de história, o Colégio Semeador tem uma infraestrutura robusta, moderna e funcional, inserida em um amplo espaço verde de 161 mil metros quadrados, onde os alunos estudam e convivem com plantas e animais. Localizado em Foz do Iguaçu (PR), o Colégio Semeador tem turmas de Educação Infantil (Regular e Bilíngue), Ensino Fundamental – Anos Iniciais (Regular e Bilíngue), Ensino Fundamental – Anos Finais e Ensino Médio. Em 2019, passou a fazer parte do Grupo Positivo.

Share:

Latest posts

Créditos: Freepik
Festa junina com entrada gratuita agita campus de universidade em Londrina
4K0A6299-2 (1)
30.ª CASACOR Paraná: Five Lounge é repaginado com espaços instagramáveis inspirados no tema "De volta a uma casa, no coração do Batel"
4502-IMG-FACHADA-AEREA-CAM-02-B-8K-R05 (1)
A.Yoshii Urbanismo: construtora paranaense expande linha de negócios com condomínios horizontais

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

Créditos: Freepik
Festa junina com entrada gratuita agita campus de universidade em Londrina
Evento tem comidas típicas, brindes, quadrilhas e brincadeiras A Universidade Positivo (UP) –...
Saiba mais >
4K0A6299-2 (1)
4502-IMG-FACHADA-AEREA-CAM-02-B-8K-R05 (1)
A.Yoshii Urbanismo: construtora paranaense expande linha de negócios com condomínios horizontais
Grupo paranaense anuncia novo projeto no mercado imobiliário de alto padrão, com projeção de VGV superior...
Saiba mais >
IMG-2736 (1)
Startup de mobilidade urbana do Grupo Águia Branca fortalece atuação no ecossistema de inovação de Curitiba
Executivos do V1 conhecem principais players do setor com o intuito de firmar parcerias A capital paranaense...
Saiba mais >