Sicredi concede R$ 34,2 bilhões à economia verde em 2022  

O Sicredi, instituição financeira cooperativa com mais de 6,5 milhões de associados e presença em todas as regiões do Brasil, lança seu Relatório de Sustentabilidade 2022, em que apresenta as principais ações e resultados obtidos ao longo do ano com base nos aspectos ESG (ambientais, sociais e de governança, na sigla em inglês). Conforme a publicação, a instituição destinou R$ 34,2 bilhões em 2022 em linhas de crédito alinhadas à Economia Verde – relacionadas à melhoria do bem-estar das pessoas, à igualdade social e à redução dos riscos ambientais e escassez ecológica. O montante representa um crescimento aproximado de 24% em comparação com 2021.

Entre os destaques dos produtos alinhados à Economia Verde está a liberação de R$ 12,5 bilhões para a Produção Rural Familiar. Também foram concedidos cerca de R$ 8,3 bilhões para a Agricultura de Baixo Carbono e R$ 6,1 bilhões para linhas voltadas à Energia Renovável e Sustentabilidade Ambiental. Vale destacar que o Sicredi utiliza como base a metodologia de taxonomia verde da Febraban, a qual considera critérios setoriais, de linhas e programas de financiamento com benefícios ambientais e sociais, permitindo maior padronização nas mensurações do sistema financeiro nacional. 

“O Relatório de Sustentabilidade apresenta as nossas iniciativas referentes a questões ESG de forma transparente, evidenciando o quanto evoluímos em diversos aspectos ao longo de 2022, mesmo período em que comemoramos 120 anos de cooperativismo de crédito no Brasil. O balanço da nossa trajetória e principais ações realizadas demostra que impactamos positivamente não apenas na vida dos nossos mais de 6,5 milhões de associados, mas nas comunidades onde estamos presentes e, consequentemente, na sociedade como um todo, promovendo um ciclo virtuoso de prosperidade”, comenta César Bochi, diretor presidente do Banco Cooperativo Sicredi. 

Captações sustentáveis  

Em 2022, o Sicredi buscou intensificar a captação de recursos para crédito alinhado a sua Estratégia de Sustentabilidade, por meio de emissão de títulos atrelados aos aspectos sociais e ambientais. No período, realizou a primeira emissão de Green Bond junto ao BID Invest, no valor de US$ 100 milhões, com 100% dos recursos destinados ao financiamento de novos projetos de energia fotovoltaica e eficiência energética. Também foi emitida a primeira Letra Financeira Sustentável do mercado brasileiro, com uma captação de US$ 151,4 milhões e recursos convertidos em crédito para projetos alinhados à sustentabilidade.  

Outra iniciativa de importante relevância social foi a captação de US$ 100 milhões voltados para o financiamento de micro, pequenas e médias empresas brasileiras lideradas por mulheres, com recursos mobilizados pela International Finance Corporation (IFC), membro do Grupo Banco Mundial, e com participação do BNP Paribas e Sumitomo Mitsui Banking Corporation (SMBC). O financiamento é destinado para aquelas empresas com faturamento anual de até R$ 6 milhões e que tenham mulheres como donas ou sócias detendo mais de 50% do capital social. 

Gestão de emissões 

Ao mesmo tempo em que incentiva e financia projetos sustentáveis de seus associados, o Sicredi atua proativamente para uma gestão ecoeficiente, otimizando o uso de recurso materiais e naturais e com o mínimo de impacto adverso ao meio ambiente. Desde 2020 a instituição tem como premissa a compensação anual de todas as emissões de gases de efeito estufa, mensuradas no Inventário Sistêmico, através da compra de créditos de carbono. 

Por meio do apoio a seis projetos de créditos de carbono localizados em diferentes regiões do Brasil, a instituição neutralizou mais de 45 mil toneladas de carbono relativas às emissões calculadas em seu inventário de 2021 e projetadas para todo o ano de 2022. O Sicredi também atuou na redução de emissões, com autogeração de energia fotovoltaica em mais de 500 unidades, evitando 574 toneladas de carbono.  Além disso, a partir da liberação de recursos a seus associados em financiamentos de projetos de geração de energia fotovoltaica, foram evitadas as emissões de mais de 35 mil toneladas de carbono.

Desenvolvimento das comunidades

Além de gerar valor a seus associados, o Sicredi tem como missão contribuir para a melhoria da qualidade de vida da sociedade. Nesse sentido, desenvolve a estratégia de investimento social alinhada aos princípios do cooperativismo. Em 2022, foram destinados R$ 301,3 milhões em investimento social para iniciativas sociais, ambientais, culturais e educacionais, representando um crescimento aproximado de 90% em comparação a 2021. Deste total, R$ 246,4 milhões foram investidos por meio do Fundo de Assistência Técnica, Educacional e Social (FATES). Já por meio do Fundo Social, programa em que as cooperativas destinam um percentual do resultado do exercício anterior para apoiar projetos sociais locais, foram investidos R$ 40,3 milhões em 5.171 projetos sociais de interesse coletivo, impactando mais de 5,4 milhões de pessoas. 

A instituição também seguiu fortalecendo seus programas de educação, como parte das iniciativas de responsabilidade social da Fundação Sicredi, que apoiam o desenvolvimento local das comunidades, por meio das práticas de educação cooperativa. O Programa A União Faz a Vida, por exemplo, impactou mais de 500 mil alunos de 575 municípios, tendo o envolvimento de mais de 42 mil educadores. O Programa contribui com as escolas no desafio de inovar nos modelos de educação e potencializar os princípios e valores de cooperação e cidadania entre crianças e adolescentes. 

Com o propósito de cooperar para uma vida financeira sustentável, foram realizadas mais de 10 mil ações de educação financeira, entre elas, a Semana Nacional de Educação Financeira (Semana ENEF). As iniciativas impactaram mais de 20 milhões de pessoas dentre os diversos públicos contemplados pelo Programa Cooperação na Ponta do Lápis, programa de educação financeira, em 1.404 municípios.  

Além dos benefícios sociais e ambientais, o Sicredi contribuiu com a geração de valor econômico para os associados, colaboradores, fornecedores, parceiros e comunidades onde está inserido. Em 2022, a instituição teve um total de R$ 40,9 bilhões em valor agregado para a sociedade. Esse monte é composto pelo valor econômico direto gerado de R$ 32,6 bilhões – receita que é utilizada para o pagamento de custos operacionais, salários e benefícios dos colaboradores, pagamentos a provedores de capital e ao governo e investimentos comunitários – somado à economia gerada pela utilização dos produtos de crédito do Sicredi em relação aos produtos de outras instituições, com valor aproximado de R$ 8,3 bilhões. 

Valor para os associados 

No Sicredi, os associados são os donos do negócio e exercem papel ativo nas assembleias, onde podem acompanhar a prestação de contas, avaliar as ações e iniciativas desenvolvidas, contribuir com sugestões e esclarecer dúvidas. Em 2022, mais de 120 mil pessoas foram capacitadas pelo Programa Crescer, voltado à formação educacional para que as pessoas – associados e não associados – conheçam mais sobre o Sicredi, sua governança, benefícios e diferenciais em relação a outras instituições financeiras. Também foram capacitados mais de 10 mil colaboradores sobre cooperativismo e mais de 7 mil sobre sustentabilidade.  

“Nosso balanço não traz apenas números, mas evidencia o impacto gerado na vida das pessoas e de suas regiões, tanto pelo acesso a nossos serviços financeiros quanto por meio de nossos programas e iniciativas. Também demonstra que desenvolvimento econômico e cuidado com os aspectos ESG podem e devem andar juntos. Queremos levar nosso modelo cooperativo a ainda mais pessoas, contribuindo para a construção de uma sociedade mais próspera e gerando desenvolvimento socioambiental para as comunidades”, afirma Romeo Balzan, superintendente de Cooperativismo e Sustentabilidade da Fundação Sicredi.

O Relatório de Sustentabilidade 2022 do Sicredi está disponível em sicredifazadiferenca.com.br/impactopositivo. O documento adota as normas da GRI (Global Reporting Initiative) e SASB (Sustainability Accounting Standards Board) para reportar todo o desempenho em sustentabilidade realizado pela instituição. 

 

Sobre o Sicredi  

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento de seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. Possui um modelo de gestão que valoriza a participação dos mais de 6,5 milhões de associados, que exercem o papel de donos do negócio. Com mais de 2.400 agências, o Sicredi está presente fisicamente em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal, disponibilizando mais de 300 produtos e serviços financeiros.  

Site do Sicredi: Clique aqui  

Redes Sociais: Facebook |Instagram | Twitter | LinkedIn | YouTube

 

Legenda: Sicredi destinou R$ 6,1 bilhões para linhas voltadas à Energia Renovável e Sustentabilidade Ambiental
Créditos: divulgação

Share:

Latest posts

Créditos: Freepik
Festa junina com entrada gratuita agita campus de universidade em Londrina
4K0A6299-2 (1)
30.ª CASACOR Paraná: Five Lounge é repaginado com espaços instagramáveis inspirados no tema "De volta a uma casa, no coração do Batel"
4502-IMG-FACHADA-AEREA-CAM-02-B-8K-R05 (1)
A.Yoshii Urbanismo: construtora paranaense expande linha de negócios com condomínios horizontais

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

Créditos: Freepik
Festa junina com entrada gratuita agita campus de universidade em Londrina
Evento tem comidas típicas, brindes, quadrilhas e brincadeiras A Universidade Positivo (UP) –...
Saiba mais >
4K0A6299-2 (1)
4502-IMG-FACHADA-AEREA-CAM-02-B-8K-R05 (1)
A.Yoshii Urbanismo: construtora paranaense expande linha de negócios com condomínios horizontais
Grupo paranaense anuncia novo projeto no mercado imobiliário de alto padrão, com projeção de VGV superior...
Saiba mais >
IMG-2736 (1)
Startup de mobilidade urbana do Grupo Águia Branca fortalece atuação no ecossistema de inovação de Curitiba
Executivos do V1 conhecem principais players do setor com o intuito de firmar parcerias A capital paranaense...
Saiba mais >