SUMMIT 2016 debate tecnologias que revolucionam a sociedade

[flgallery id=430 /]

Evento reúne 400 pessoas na Universidade Positivo, em Curitiba

O Centro de Tecnologia da Informação (CTI) da Universidade Positivo (UP) promove, entre os dias 26 e 30 de setembro, seu ponto mais alto de interação entre alunos, professores e representantes do mercado da Tecnologia da Informação. Ciclos de palestras e competições acadêmicas vão marcar o CTI SUMMIT 2016 para analisar e apontar caminhos diante das tendências mais recentes da área de TI, como as que estão mudando o funcionamento das cidades por meio de aplicativos. Cerca de 400 pessoas são esperadas no câmpus Ecoville da Universidade Positivo, em Curitiba.
Com o tema “Inovação Disruptiva e Economia Compartilhada”, a palestra de abertura, no dia 26, ficará a cargo do consultor técnico e economista Arthur Schuler da Igreja, professor da FGV, no Rio de Janeiro. “As tecnologias disruptivas são uma tendência forte no mercado. Um exemplo é o aplicativo UBER, que chega para travar forte concorrência com o ambiente convencional no transporte de passageiros, oferecer alternativas viáveis no dia a dia e facilitar a vida das pessoas”, explica Marcelo Szostak, professor adjunto da UP e organizador de eventos do CTI.
Durante o evento, também será lançado o prêmio que vai escolher, até novembro, o melhor TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) do CTI. “A ideia é recompensar o esforço dos alunos que fazem o melhor. Com o prêmio, a concorrência entre eles se eleva e a qualidade dos projetos aumenta junto”, afirma o Szostak. Os alunos também passarão por uma maratona de programação, para estimular os estudantes a desenvolver suas habilidades na criação de softwares, além de outras atividades que estão programadas.
Startups e Big Data
O desenvolvimento de startups e a exploração do Big Data são outros temas incluídos na programação do SUMMIT 2016. Debates vão colocar frente a frente donos de startups bem sucedidas e autores de boas ideias que aguardam investidores anjos para suas startups. A professora Fabíola Paes, coordenadora do Laboratório de Varejo da Escola de Comunicação Negócios da UP, e Leandro Souza, coordenador geral da Pós-Graduação da UP, vão palestrar sobre o tema. Eles estiveram no Vale do Silício, a Meca das startups no Estados Unidos, para saber qual que é a visão dos empreendedores para incentivar e iniciar um novo negócio na área de TI.
O Big Data será abordado como um grande manancial de informações que pode ser usado para identificar tendências de consumo ou ideias e projetos de inovação tecnológica. “Ter hoje uma nova ideia está cada vez mais difícil. Mas disponibilizar uma ferramenta que extrai informações além do conhecimento normal, como é o caso do Big Data, pode ajudar a transformar informações úteis em projetos inovadores”, ressalta Szostak. O evento é gratuito e aberto ao público. Mais informações pelo telefone (41) 3317-3000.
 
CTI da UP integra cursos de informática e vira referência para o mercado
Todos os cursos da área de informática da Universidade Positivo estão agrupados no CTI (Centro de Tecnologia da Informação). Essa união visa dar mais efetividade ao ensino, com a meta, já alcançada hoje, de estabelecer um diálogo mais próximo para a troca de experiências entre os cursos, uma característica importante na área de TI e que vem trazendo resultados não só para a instituição, mas gerando uma aproximação com as empresas e o mercado de trabalho.
O CTI da Universidade Positivo é o maior agrupamento de cursos integrados a uma instituição de ensino superior na área de informática no Paraná. Essa filosofia de trabalho de aglutinar os cursos deu força para fomentar ações de aproximação com o mercado, e com isso, ampliar as chances de absorção dos alunos formados nos cursos de informática. O CTI reúne 32 cursos, mais de 150 professores e cerca de 1.900 alunos. “É um guarda chuva que unifica os cursos e beneficia os alunos, desde o bacharelado, tecnólogo à pós-graduação na área de informática”, afirma o coordenador do CTI da UP, Kristian Capeline.
O Centro tem um conselho de 60 empresas para definir a grade de ensino dos cursos. Pelo CTI, foi possível abrir canais de contato nos níveis municipal e estadual junto a autoridades do setor e com as empresas da área de software. Há reuniões periódicas com empresas da área de informática no âmbito municipal para troca de experiências. O CTI também tem cadeira na rede estadual de APLs (Arranjos Produtivos Locais) de softwares.
 
Serviço:
CTI SUMMIT 2016
26/09/2016 a 30/09/2016
Palestra de abertura “Inovação Disruptiva & Economia Compartilhada, às 19h50, com Arthur Schuler da Igreja
Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300, câmpus Ecoville da Universidade Positivo
Local: Auditório e Hall do Bloco Bege
 
Sobre a Universidade Positivo -A Universidade Positivo (UP) concentra, na Educação Superior, a experiência educacional de mais de quatro décadas do Grupo Positivo. A instituição teve origem em 1988 com as Faculdades Positivo, que, dez anos depois, foram transformadas no Centro Universitário Positivo (UnicenP). Em 2008, foi autorizada pelo Ministério da Educação a ser transformada em Universidade. Atualmente, oferece 59 cursos de Graduação (31 cursos de Bacharelado e Licenciatura e 26 Cursos Superiores de Tecnologia), três programas de Doutorado, quatro programas de Mestrado, centenas de programas de Especialização e MBA e dezenas de programas de Extensão. Em Curitiba, a UP conta com três campus: Ecoville, que ocupa uma área de 424,8 mil metros quadrados, Praça Osório, no centro da cidade, e Mercês – Catarina Labouré. Lançou, em 2013, seu programa de Educação à Distância, com dezenas de polos em todo o país. É considerada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) a melhor universidade privada do Paraná, pelo quarto ano consecutivo.

Share:

Latest posts

Aposentada Anete Langaro retomou atividades dias após realizar artroplastia total de joelho Créditos: Arquivo pessoal
Técnicas avançadas favorecem cirurgias menos invasivas em idosos
Tatielle Alyne, atleta de futebol feminino de 19 anos, tem difícil missão de lidar com uma lesão enquanto corre atrás de seus sonhos no esporte Créditos: Arquivo pessoal
Mulheres enfrentam maior risco de lesões em joelhos na prática de esporte
Espaços para prática da fé em hospitais são demonstração de respeito às necessidades de pacientes e familiares Créditos: Divulgação
Espaços para prática da fé e espiritualidade são aliados no tratamento e internações médicas

Sign up for our newsletter

Acompanhe nossas redes

related articles

Aposentada Anete Langaro retomou atividades dias após realizar artroplastia total de joelho Créditos: Arquivo pessoal
Técnicas avançadas favorecem cirurgias menos invasivas em idosos
Hospitais registram crescimento superior a 40% em procedimentos para pacientes acima de 70 anos; avanços...
Saiba mais >
Tatielle Alyne, atleta de futebol feminino de 19 anos, tem difícil missão de lidar com uma lesão enquanto corre atrás de seus sonhos no esporte Créditos: Arquivo pessoal
Mulheres enfrentam maior risco de lesões em joelhos na prática de esporte
Estudos indicam que chance é até oito vezes maior entre as jogadoras e o futebol é campeão nesse tipo...
Saiba mais >
Espaços para prática da fé em hospitais são demonstração de respeito às necessidades de pacientes e familiares Créditos: Divulgação
Espaços para prática da fé e espiritualidade são aliados no tratamento e internações médicas
Acolhimento se estende a pacientes, familiares e profissionais da saúde, com iniciativas perto de centros...
Saiba mais >
Grupo Marista
Presidente do Grupo Marista é nomeado chefe provincial da Província Marista do Brasil Centro-Sul
Nesta segunda-feira (25/03), o Irmão Vanderlei Siqueira dos Santos foi nomeado Superior Provincial da...
Saiba mais >